Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso PC MT: destrinchando o edital!

Jackeline Alvarenga Jackeline Alvarenga comentários
06/01/2022, às 20:56 • 2 semanas atrás

Edital do concurso da PC MT publicado, pessoal. Agora não tem mais tempo a perder! Futuros policiais civis, conforme o Diário Oficial do Estado do Mato Grosso, o concurso será para formação de cadastro de reserva dos cargos de escrivão de polícia e investigador de Polícia da PC MT.

Para você ficar por dentro de tudo, leia esse artigo até o final e não perca nenhuma data! Vamos destrinchar o edital e ainda fazer algumas questões de direito penal.

Os interessados deveram efetuar a inscrição exclusivamente pela internet no endereço eletrônico. O valor da taxa é de R$ 120,00. Ainda, as inscrições devem ser realizadas no período de 12 a 24 de janeiro de 2022.

Vejam abaixo algumas informações relevantes:

Importante ressaltar que todas as vagas exigem curso superior em qualquer área de atuação. A lotação, segundo o edital da PC MT, será inicialmente no interior do Estado.

Banca organizadora: Fundação Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)

Aplicação da Prova Objetiva e Dissertativa da PC MT: 20 DE FEVEREIRO DE 2022. Ou seja, mês que vem!!! Agora é a hora de dar o gás total. Sem autopiedade, galera! Agora é sangue nos olhos!

REMUNERAÇÃO: R$ 5.657,47

CARGO: INVESTIGADOR DE POLÍCIA da PC MT

REQUISITOS BÁSICOS: Certificado de conclusão ou Diploma de curso superior de qualquer área de formação, devidamente registrado no Ministério da Educação e Carteira Nacional de Habilitação categoria B, C ou D.

CARGO: ESCRIVÃO DE POLÍCIA da PC MT

REQUISITOS BÁSICOS: Certificado de conclusão ou Diploma de curso superior de qualquer área de formação, devidamente registrado no Ministério da Educação

DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA NOS CARGOS

Os requisitos básicos para investidura nos cargos são, cumulativamente, os seguintes:

a) Não ter sido eliminado em nenhuma fase ou etapa deste Concurso Público;

b) ser brasileiro ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1°, artigo 12, da Constituição Federal;

c) estar quite com as obrigações eleitorais;

d) ser possuidor do Certificado de Dispensa de Incorporação ou Certificado de Reservista das Forças Armadas, ou outro documento oficial que comprove a quitação com o serviço militar obrigatório, para os candidatos do sexo masculino;

e) encontrar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis;

f) não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com nova investidura em cargo público;

g) comprovar por meio de diploma ou certificado de conclusão de curso superior, devidamente registrado, conforme requisito do cargo de inscrição, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação;

h) estar apto, física e mentalmente, não apresentando deficiência que o incapacite para o exercício das funções do cargo, fato apurado pela Perícia Médica Oficial a ser designada;

i) ter idade mínima de 21 (vinte e um) anos, na data da convocação para o curso de formação, e máxima de 45 (quarenta e cinco) anos até a data do encerramento das inscrições;

j) para o cargo de Investigador de Polícia, apresentar, por ocasião da posse, Carteira Nacional de Habilitação válida, na Categoria B, C ou D;

k) não acumular cargos, empregos ou funções públicas, salvo nos casos constitucionalmente admitidos;

l) apresentar declaração de bens e valores que compõem o patrimônio privado do candidato e, na hipótese de não possuir bens a declarar, o candidato deverá firmar declaração de que não possui patrimônio, sendo de sua inteira responsabilidade a veracidade das informações prestadas;

m) apresentar outros documentos que se fizerem necessários por ocasião da posse e matrícula no Curso de Formação;

Chamo a atenção para o limite de idade. Normalmente, concursos de polícias civis não trazem essa exigência, mas, no concurso da PC MT, esse requisito deverá ser observado.

Outra informação relevante são as disciplinas a serem cobradas. Vejam abaixo. Uma característica bastante positiva é que o edital da PC MT já delimitou a quantidade de questões de cada matéria. Isso é ótimo, pois te ajuda a direcionar seu estudo. No caso específico da prova da PC MT, português e informática são as matérias com maior peso; então, já sabem, né? Elas devem ter prioridades, ok?

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Noções de Informática – 10 questões
  • Raciocínio Lógico – 5 questões
  • Noções de Direito Administrativo – 5 questões
  • Noções de Direito Constitucional – 5 questões
  • Noções de Direito Penal – 5 questões
  • Noções de Direito Processual Penal – 5 questões
  • Legislação Penal Especial – 5 questões
  • Organização e Estatuto da PJCMT – 5 questões
  • História de Mato Grosso/Geografia de Mato Grosso/Atualidades – 3 questões
  • Princípios de Ética e Filosofia – 2 questões

TESTE DE AVALIAÇÃO FÍSICA PARA OS CANDIDATOS da PC MT:

O Teste de Avaliação Física será constituído dos seguintes exercícios: Flexão na Barra Fixa (masculino), Flexão Isométrica na Barra Fixa (feminino), Abdominal Remador (masculino e feminino), Teste de Meio Sugado (masculino e feminino), Corrida de 2.400 metros (masculino) e 2.000 metros (feminino).

Aqui vai uma dica de uma aprovada na Polícia Federal e PCDF: Não menosprezem a avaliação física. Comecem o treinamento antes da prova objetiva, até porque atividade física faz bem para nossa saúde e ainda melhora nossa capacidade de absorção do conteúdo estudado.

DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

A Avaliação Psicológica, para os cargos deste edital, será de caráter eliminatório e realizada com os candidatos não eliminados na 4ª Fase – Teste de Aptidão Física.

DA INVESTIGAÇÃO SOCIAL

A Investigação Social, de caráter unicamente eliminatório, será realizada somente com os candidatos não eliminados na Avaliação Psicológica.

Estilo da banca: A Prova Objetiva da PC MT será composta de questões objetivas do tipo múltipla escolha. Cada questão conterá cinco alternativas (A, B, C, D e E) e somente uma responderá acertadamente ao comando da questão. Minha dica para concursos de múltipla escolha é que, na maioria das vezes, você já consegue eliminar umas duas alternativas. Assim, sua probabilidade de acertar aumenta. A UFMT costuma trabalhar com a literalidade das leis, então, estudem a lei seca, claro, se você já estiver em um nível mais avançado, vá para jurisprudência, doutrina, mas apenas se você já estiver bem adiantado nas matérias.

Questões anteriores da UFMT

UFMT – 2012 Direito Penal Crimes contra a administração pública TJ-MT

O ato de o funcionário público solicitar, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida caracteriza crime de:

A)Corrupção ativa (Código Penal, art. 333).

B)Corrupção passiva (Código Penal, art. 317).

C)Peculato (Código Penal, art. 312).

D)Concussão (Código Penal, art. 316).

Futuros policiais civis, o gabarito é a letra B. literalidade do Código Penal.

Mais uma dica, para vocês, candidatos: o tempo até a prova é curto. Então, não queiram inventar a roda, nesse momento, leia bastante lei seca e façam muitas questões.

Deixe o Direção Concursos te ajudar nessa empreitada. Acesse esse link e adquira seu curso para a PC MT. https://www.direcaoconcursos.com.br/pacote/pacote-investigador-escrivao-pc-mt

Mais uma:

UFMT – 2016 Direito Penal Crimes contra o patrimônio DPE-MT Defensor Público

Mévio, mediante grave ameaça, subtraiu um telefone celular de Maria Rosa, avaliado em R$ 2.000,00 (dois mil reais), mantendo-a em seu poder, restringindo sua liberdade por duas horas, com o propósito de garantir o êxito da empreitada criminosa. Mévio responderá por

A)roubo circunstanciado.

B)roubo e sequestro, em concurso formal.

C)sequestro, já que este absorve o roubo.

D)roubo e sequestro, em concurso material.

E)roubo impróprio.

Gabarito: letra A.

Inicialmente, é importante ressaltar que roubo circunstanciado é aquele praticado nas condições previstas no 2º do artigo 157, do Código Penal, hipóteses nas quais a pena é aumentada de um terço até metade. Segue abaixo:

I – (revogado);

II – se há o concurso de duas ou mais pessoas;

III – se a vítima está em serviço de transporte de valores e o agente conhece tal circunstância.

IV – se a subtração for de veículo automotor que venha a ser transportado para outro Estado ou para o exterior;

V – se o agente mantém a vítima em seu poder, restringindo sua liberdade.

VI – se a subtração for de substâncias explosivas ou de acessórios que, conjunta ou isoladamente, possibilitem sua fabricação, montagem ou emprego. (Incluído pela Lei nº 13.654, de 2018)

VII – se a violência ou grave ameaça é exercida com emprego de arma branca;

Novamente, pessoal. Letra de lei. A conduta descrita se amolda no inciso V do referido artigo. Para quem não sabe roubo circunstanciado é aquele em que incide as majorantes. E olha que estamos falando de uma prova para defensor. Então, para se tornar um policial da PC MT, é bastante dedicação, leitura de lei seca e muitos exercícios; não tem outro caminho, queridos. Vamos para cima!

Boa sorte a todos!

Coragem para mudar de vida

A retomada e a publicação de importantes editais já são aguardadas para 2022. São esperadas mais de 236 mil vagas e pelo menos 170 editais.

Para que você saia na frente da concorrência, o Direção e o QConcursos colocaram o preço da Assinatura Ilimitada no chão! Tenha coragem para mudar de vida em 2022. Seja ilimitado!

concursos policiais direito penal PCMT; polícia civil

Jackeline Alvarenga

Farmacêutica Industrial, aprovada nos seguintes concursos: Polícia Federal e Polícia Civil do Distrito Federal. 10 anos de experiência na iniciativa privada. Atuação tanto em indústrias farmacêuticas nacionais quanto multinacionais.

Comentários