Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso Receita Federal: entenda o Mercosul e Comércio Internacional

Carolina Couto Carolina Couto comentários
11/05/2022, às 14:13 • 2 semanas atrás

Fala Concurseiro! Hoje vamos tratar de um tema relevante para o concurso da Receita Federal, principalmente sobre a disciplina de Comércio Internacional. Nosso assunto de hoje é MERCOSUL. Pegue a sua caneta preta e vamos lá!

Vamos começar por desmistificar a questão do MERCOSUL. Apenas do bloco econômico denominar-se Mercado Comum do Sul, o MERCOSUL é uma União Aduaneira, não chegando, portanto, a ser de fato um Mercado Comum. A Teoria dos blocos econômicos nos traz algumas definições sobre os diferentes níveis de liberalização e facilitação do comércio. Nessa ordem:

  • Área de Livre Comércio
  • União Aduaneira
  • Mercado Comum
  • União Monetária
  • União Econômica

MERCOSUL – Histórico

A história do MERCOSUL é relativamente recente e remonta a aproximação política do Brasil e da Argentina durante a década de 80. A Declaração de Iguaçu (1985) foi um marco do início dessa aproximação. Já em 1988, com o Tratado de Integração, Cooperação e Desenvolvimento, previu-se o prazo de 10 anos para a formação de uma Área de Livre Comércio bilateral. Em 1990, com a Ata de Buenos Aires, foi firmado novo compromisso de constituir um Mercado Comum até o fim de 1994. Ainda em 1990, Paraguai e Uruguai foram incluídos no processo de integração. Foi então, em março de 1991 que os quatro países assinaram o Tratado de Assunção, constituindo o MERCOSUL.

Após esse breve apanhado histórico, é importante que o candidato tenha em mente que o Tratado de Assunção, apesar de ter criado o bloco, não previu a sua estrutura institucional, a qual, por sua vez, veio a ser estabelecida no Protocolo de Ouro Preto de 1994. A partir desse marco jurídico, o bloco passaria a contar com órgãos próprios para gerir seu arcabouço político e jurídico. São órgãos do MERCOSUL:

  • Conselho do Mercado Comum (CMC)
  • Grupo Mercado Comum (GMC)
  • Comissão de Comércio do MERCOSUL (CCM)
  • Comissão Parlamentar Conjunta
  • Foro Consultivo Econômico e Social (FCES)
  • Secretaria
  • Tribunal Permanente de Revisão (TPR)

Cada um desses órgãos possui sua própria competência de atuação e devem ser conhecidos pelo candidato. Veja o que a página oficial do governo fala sobre alguns desses órgãos:

“Os três órgãos decisórios do MERCOSUL são: o Conselho do Mercado Comum (CMC), órgão superior ao qual incumbe a condução política do processo de integração; o Grupo Mercado Comum (GMC), órgão executivo; e a Comissão de Comércio do MERCOSUL (CCM), órgão técnico que vela pela aplicação dos instrumentos da política comercial comum.”

Aqui, atente-se a qual estrutura representa o órgão superior (CMC) e qual representa o órgão executivo (GMC).

Uma atualidade importante do MERCOSUL é a conclusão da negociação do Acordo de Associação entre o MERCOSUL e a União Europeia (2019). O referido acordo está no bojo das negociações extrarregionais do bloco.

Importante salientar que, desse acordo, somente a parte comercial foi concluída, ainda pendente alguns pilares importantes como o político e o de cooperação. Nesse sentido, o acordo reconhecerá como distintivos do Brasil vários produtos, como cachaças, queijos, vinhos e café.

Por hoje é só, caro candidato. Fizemos uma breve evolução do bloco até os dias de hoje. Fique ligado nos próximos artigos.

Os estágios da aprovação

Os concursos já voltaram com tudo e milhares de vagas estão previstas para os próximos meses!

Por isso, abriremos, por um curto espaço de tempo, uma super oferta para você se tornar Assinante Ilimitado e desfrutar de todos os benefícios do PDF 2.0, além de ter acesso aos 6 estágios.

Inscreva-se gratuitamente clicando no botão abaixo e saiba mais:

Não posso perder!

Fique por dentro de todas as novidades do mundo dos concursos acompanhando nosso canal Direção News, no Youtube.

Carolina Couto

Aprovada em primeiro lugar no concurso da PCDF. Também foi aprovada nos concursos da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Atualmente, é agente da PF e professora do Direção Concursos.

Comentários