Logo Direção Concursos
Pesquisa
Banner artigos

Concurso SEDUC GO: Recursos da Prova de Professor Nível III

icons
icons
icons
icons
icons
Imagem do autor do artigo

Jaqueline Santos28/09/2022

28/09/2022

Olá, querido educando! Tendo em vista a divulgação do gabarito preliminar do concurso Seduc GO de Professor Nível III, vejo a possibilidade em entrar com a interposição de recursos de algumas questões da Prova de Conhecimentos Gerais – Comum a todos os cargos de Professores e Conhecimentos Específicos – Pedagogia.

Recursos Concurso SEDUC GO

Tendo em vista a divulgação do gabarito preliminar do concurso de Professor Nível III – SEDUC – GO, vejo a possibilidade em entrar com a interposição de recursos de algumas questões da Prova de Conhecimentos Gerais – Comum a todos os cargos de Professores e Conhecimentos Específicos – Pedagogia.

É importante salientar que não deve realizar a cópia fidedigna conforme fiz aqui. Você pode usar unicamente as fontes citadas para fazer o seu recurso.

É necessário você parafrasear o argumento do recurso tendo como base o que está escrito.

Eu acredito em vocês e trago aqui não somente uma fonte para embasar bibliograficamente, mas várias fontes para solidificar os nossos argumentos e recomendo você utilizar todas as fontes citadas também! Peça aos seus amigos, que também fizeram este concurso para interpor os recursos.

Lembre-se quanto mais pessoas fizerem barulho melhor será para ganharmos!

Vamos lá a interposição de recursos – concurso SEDUC GO!!!!

Prova – Tipo B

Concurso SEDUC GO

Professor Nível III

Conhecimentos Básicos

Base Legais e Temas da Educação Nacional e Estadual

QUESTÃO 18 – Prova Tipo B – Pedagogia

Solicito a anulação do gabarito da questão 18, sobre o Plano Nacional de Educação – PNE:

Sobre a duração do Plano Nacional de Educação – PNE, a CF/88, em seu art. 214 traz a seguinte redação:

Constituição Federal – 1988

Art. 214. A lei estabelecerá o plano nacional de educação, de duração decenal, com o objetivo de articular o sistema nacional de educação em regime de colaboração e definir diretrizes, objetivos, metas e estratégias de implementação para assegurar a manutenção e desenvolvimento do ensino em seus diversos níveis, etapas e modalidades por meio de ações integradas dos poderes públicos das diferentes esferas federativas que conduzam a:         (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 59, de 2009)

LDB – Lei nº 9.394/1996

TÍTULO IX

Das Disposições Transitórias

 Art. 87. É instituída a Década da Educação, a iniciar-se um ano a partir da publicação desta Lei.

§ 1º A União, no prazo de um ano a partir da publicação desta Lei, encaminhará, ao Congresso Nacional, o Plano Nacional de Educação, com diretrizes e metas para os dez anos seguintes, em sintonia com a Declaração Mundial sobre Educação para Todos.

Lei nº 13.005/2014 – Aprova o Plano Nacional de Educação

Art. 1º É aprovado o Plano Nacional de Educação – PNE, com vigência por 10 (dez) anos, a contar da publicação desta Lei, na forma do Anexo, com vistas ao cumprimento do disposto no art. 214 da Constituição Federal.

Planejando a próxima década – Conhecendo as 20 metas do Plano Nacional de Educação – PNE – MEC – 2014

Apresentação

BRASIL (2014): “A Emenda Constitucional nº 59/2009 (EC nº 59/2009) mudou a condição do Plano Nacional de Educação (PNE), que passou de uma disposição transitória da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/1996) para uma exigência constitucional com periodicidade decenal, o que significa que planos plurianuais devem tomá-lo como referência.

A banca examinadora considerou correta a letra E, que descreve que o PNE será estabelecido em lei com duração plurianual, o que conforme descrito nas legislações supracitadas (CF/88, LDB e PNE), a sua duração e vigência é decenal.

Sendo assim, solicito a alteração de gabarito de letra E para anulada, uma vez que a letra correta considerada pela banca não pode ser considerada por todas as legislações citadas anteriormente.

Prova – Tipo B

Concurso SEDUC GO

Professor Nível III

Conhecimentos Específicos

Cargo: 121 – Pedagogia

Questão 63 – Prova Tipo B – 121 – Pedagogia

Solicito a anulação do gabarito da questão 63 sobre o eixo articulador do trabalho do coordenador pedagógico:

A banca entende como correta a letra C: procura mediar as relações interpessoais e a construção do projeto político-pedagógico da escola.

Sobre os Eixos articuladores do trabalho do Coordenador Pedagógico temos várias vertentes de autores sobre a temática sobre as várias atuações do trabalho do Coordenador.

Como citado no próprio texto motivador da questão 63:

PLACCO, ALMEIDA e SOUZA (2011): “(…) o trabalho do coordenador pedagógico é definido em torno de três eixos: articulador, transformador e formador. Na obra destaca também o papel da mediação das relações interpessoais, elaboração em conjunto do Projeto Político Pedagógico da escola (…)”.

Já o autor FRANCO (2008, p. 128) enumera: “[…] coordenar o pedagógico será instaurar, incentivar, produzir constantemente um processo reflexivo, prudente sobre todas as ações da escola, com vistas à produção de transformações nas práticas cotidianas”.

Temos LIMA e SANTOS (2007, p. 82): “[…] ao coordenador pedagógico é solicitada a realização de qualquer tipo de atividade cujo responsável está impossibilitado de desenvolvê-la por sobrecarga, indisponibilidade ou pela ausência desse profissional na escola, assim ele se torna um “faz tudo”.

Além disso, os autores supracitados na questão 63, destacam em sua obra sobre os limites de atuação do Coordenador Pedagógico, o que permite destacar que ao Coordenador Pedagógico tem como trabalho inúmeras funções, o que inviabiliza o item C, a ser considerada somente procurar mediar as relações interpessoais e a construção do projeto político-pedagógico da escola, pois a ele é o famoso “faz tudo” dentro da escola.

Nessa questão podemos também considerar como corretos os gabaritos das letras B, C e D, pois enumera também trabalhos a serem desenvolvidos pelo Coordenador Pedagógico:

Letra B – Estimula a reflexão, a criatividade e a inovação.

Letra C – Procura mediar as relações interpessoais e a construção do projeto político-pedagógico da escola.

Letra D – Busca auxiliar o professor nos processos de reflexão a respeito da prática.

Para concluir o raciocínio da obra referida na questão, os autores destacam o além do trabalho do Coordenador Pedagógico e o desvio de função.

PLACCO, ALMEIDA e SOUZA (2011, p. 277): “[…] falta de compreensão sobre os limites de sua atuação, considerando os eixos articulação, formação e transformação pode gerar equívocos e desvios no exercício da função coordenadora”.

Logo, solicito a alteração de gabarito para anulado, uma vez que, os autores referenciados na questão e demais autores da mesma corrente defende além do destacado pela banca, outros pontos do trabalho do Coordenador Pedagógico, que foram também colocados nas demais letras da questão.

Questão 73 – Prova Tipo B – 121 – Pedagogia

A resposta correta considerada pela banca a respeito do aspecto externo, que é exemplo de classificação dos métodos de ensino é a exposição verbal.

Todavia, segundo o autor Libâneo, em sua obra Didática é enumerado vários tipos de classificação dos métodos de ensino do caráter externo, segundo as seguintes explicitações abaixo:

De acordo com LIBÂNEO (1994, p.160):

“O processo de ensino tem um aspecto externo (os conteúdos de ensino) (…) Há, portanto, métodos de ensino de acordo com aspecto externo, que indica procedimentos e formas de dirigir o processo de ensino, ou seja, as relações professor-aluno-matéria;(…)”.

Classificação dos métodos de ensino segundo os seus aspectos externos

1. Método de exposição pelo professor (Exposição Verbal);

2. Método de trabalho relativamente independente do aluno (exercícios de aprofundamento e aplicação dos temas já tratados, estudo dirigido, solução de problemas, pesquisa com base num problema novo, leitura do texto do livro, desenho de mapas depois de uma aula de Geografia etc.

– Ficha Didática;

3. Método de elaboração conjunta (ou de conversação didática) e método de trabalho em grupos.

4. Método de trabalho em grupo (debate, Philips 66, Tempestade Mental, Grupo de verbalização-grupo de observação (GV – GO), Seminário.

5. Atividades especiais (estudo do meio, o jornal escolar, a assembleia de alunos, o museu escolar, o teatro, a biblioteca escolar, etc).

Diante disso, várias alternativas também encontram-se como corretas como as letras A – estudo dirigido, letra B – conversação didática e letra C – debate, fazem parte dos aspectos externos na classificação dos métodos de ensino. A Letra D – estudo do meio complementa os métodos de ensino para a assimilação ativa dos conteúdos por parte dos estudantes.

A letra A – estudo dirigido faz parte do Método de trabalho relativamente independente do aluno.

A letra B – conversação didática está enumerado no Método de elaboração conjunta.

A letra C – debate, está enumerado no Métodos de trabalho em grupo.

A letra D – estudo do meio é denominado como parte das Atividades especiais.

Por conseguinte, solicito a anulação da questão 57 sobre a classificação dos métodos de ensino, pois as demais letras fazem parte também da Classificação dos métodos de ensino – Aspecto Externo.

Espero que vocês tenham gostado da nossa análise do gabarito. Para quem não acompanho, segue link:


Estude para qualquer concurso!

Uma condição especial nas nossas assinaturas está disponível para você que quer aproveitar o melhor momento na história dos Concursos Públicos.

Fizemos valores acessíveis para todos os bolsos!!!

Aqui está um pouco do que te espera:

  • Sistema de Questões: Acelere o seu progresso e tenha um treino focado nas suas reais necessidades.
  • Professores Experientes: Não é só sobre ensinar, é sobre mostrar o caminho da aprovação. Nossos professores concursados já viveram tudo que você está vivendo e vão te guiar.
  • Aulas em vídeo e PDF para mais de 220 concursos (inclusive o Concurso Nacional Unificado) e muito mais!

Não deixe para depois, muitos editais com salários generosos previstos serão publicados a qualquer momento. 

Quanto antes você garantir os melhores recursos para conquistar a aprovação, melhor!

Jaqueline Santos

Jaqueline Santos

Formada em Pedagogia pela Universidade de Brasília – UnB. Coordenadora das Carreiras Educacionais. Atualmente é Professora da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal – SEEDF. Foi também aprovada para os cargos Professora Pedagogia – Educação Infantil e Anos Iniciais – Cristalina – Go e Professora Pedagogia Educação Infantil e Anos Iniciais – Porto Nacional – To. É professora também de Cursos Presenciais para Concursos Públicos - Carreiras Educacionais.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 11

Artigos Relacionados

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.