Concursos Abertos Concursos 2020

Entendendo a equivalência lógica

Hugo Lima Hugo Lima comentários
16/11/2020, às 21:39 • 2 semanas atrás

Hoje vamos falar sobre equivalência lógica. O que significa e como podemos usar a equivalência lógica?

Dizemos que duas proposições são logicamente equivalentes quando elas apresentam a mesma informação, embora de maneiras diferentes.

E como fazer para verificar isso na prática? Uma consequência das proposições apresentarem a mesma informação e o fato de elas possuírem tabelas-verdade idênticas.

Vamos verificar um exemplo. Trata-se da equivalência lógica mais cobrada nas provas de concurso público!!!! Aqui vale a pena você decorar, para perder menos tempo na hora da sua prova.

Vamos lá! As seguintes proposições são equivalentes entre si:

E como fazemos para verificar essa equivalência? Simples. Vamos construir as tabelas-verdades das três proposições, conforme abaixo:

Repare nas três últimas colunas à direita. Elas apresentam valores lógicos idênticos. Portanto, podemos dizer que as três proposições são equivalentes entre si!

Para fixar o assunto, vamos ver uma questão:

VUNESP – PC/SP – 2018) Uma equivalência lógica para a proposição Marcelo é inocente ou Alice é culpada está contida na alternativa:

(A) Marcelo e Alice são culpados.

(B) Se Marcelo não é inocente, então Alice é culpada.

(C) Marcelo é inocente se, e somente se, Alice é culpada.

(D) Se Marcelo é inocente, então Alice não é culpada.

(E) Marcelo e Alice são inocentes.

RESOLUÇÃO:

Temos no enunciado uma disjunção (“ou”). Como a questão trata sobre EQUIVALÊNCIA, nós devemos lembrar imediatamente das equivalências da condicional, ou seja:

Ora, se foi dada uma disjunção, devemos “forçar” que a proposição do enunciado seja representada na forma                    ~p ou q, onde:

~p = Marcelo é inocente

q = Alice é culpada

Fazendo isto, sabemos que ela deve equivaler à condicional p–->q. Perceba que p = “Marcelo NÃO é inocente”. Assim, p–>q pode ser escrita como:

Se Marcelo é NÃO é inocente, então Alice é culpada.

Resposta: B

Gostaram? Não esqueça de memorizar a equivalência lógica que vimos hoje uma vez que ela despenca em prova de concurso público.

Confira nossos cursos de raciocínio lógico na página do direção concursos. Basta clicar aqui!

Bons estudos!

Comentários