Concursos Abertos Concursos 2020

GABARITO COMENTADO TRF 3ª Região – Governança Corporativa e Gestão Estratégica

Marcelo Soares Marcelo Soares comentários
02/12/2019, às 22:53 • 1 semana atrás

Olá meus amigos!

Hoje comentaremos as questões de Governança Corporativa e Gestão Estratégica da prova do Tribunal Regional Federal da 3ª Região – TRF 3.

Em Governança Corporativa tivemos 02 questões e em Gestão Estratégica também tivemos 02 questões.

Abaixo, vou colocar o enunciado, pois há mais um tipo de prova. Veja com atenção.

Governança Corporativa

O sistema de compliance de uma organização é informado pelos princípios de governança corporativa, entre os quais se insere a equidade, que, nesse contexto, pode ser definida como:

a) o tratamento justo isonômico de todos os sócios e demais partes interessadas, levando em consideração seus direitos, deveres, necessidades, interesses e expectativas.

b) o conjunto de todas as informações cuja divulgação seja do interesse da sociedade, e não apenas aquelas impostas por disposições de leis ou regulamentos.

c) a responsabilização dos administradores pelos seus atos, com a reparação dos danos causados à companhia e à sociedade.

d) a mitigação das sanções aplicáveis àqueles que violem leis ou regulamentos, em face de compromissos de assunção de
não reincidência e melhoria dos controles internos.

e) o ponto de equilíbrio entre o retorno esperado pelos acionistas da companhia, que possui o legítimo escopo de obtenção de lucro, e a responsabilidade social da mesma, que pode impactar sua lucratividade.

Comentário

Na página 10 da Aula 04 do nosso curso , aprendemos os princípios da Governança Corporativa. Vamos relembrar:

Conforme descrito na aula, as bancas costumam cobrar as principais características de cada um dos princípios da Governança Corporativa.

Nessa questão em particular, foi exigido o conhecimento do princípio da equidade. Vejamos mais um trecho da aula (Aula 04, p.11):

A alternativa A descreve integralmente o princípio da equidade, por isso é o gabarito correto da questão.

Gabarito OFICIAL: A

Cabe recurso? NÃO. Essa questão não permite recurso.

No que concerne ao tema de gestão de riscos, os conceitos correntes na literatura sobre o tema, incluída a mais recentemente abordagem feita pela norma técnica ABNT NBR ISO 31000 – Gestão de Riscos, definem avaliação de riscos como:

a) adoção de medidas corretivas para neutralizar ou mitigar eventos que possam impactar os resultados da organização.

b) elemento que, individualmente ou combinado, tem o potencial intrínseco para dar origem ao risco.

c) processo de comparar os resultados da análise de riscos com os critérios de risco para determinar se o risco e/ou sua magnitude é aceitável ou tolerável.

d) conjunto de medidas preventivas para evitar ou reduzir a ocorrência de eventos que possam ensejar riscos à organização.

e) processo de tomada de decisão, exclusivo da alta direção da organização, com base no qual são assumidos alguns riscos
inerentes ao negócio.

Comentário

Conforme destacamos nos aulões e simulados, a tendência da FCC em abordar a disciplina de governança corporativa era por meio dos conceitos centrais.

Nesse caso, a banca pede o conceito de análise de riscos, vejamos um trecho do nosso material (Aula 03, p.12):

Conforme destacado na aula, segundo o COSO, a avaliação de riscos tem a finalidade de determinar como os riscos serão administrados.

Note que a alternativa C descreve essa ideia, por isso é o gabarito da questão.

Alternativa A. Errado. Além de não conceituar corretamente a avaliação de riscos, a alternativa comete uma impropriedade. Note que ela trata de medidas corretivas (após o fato) para neutralizar eventos que possam impactar (riscos).

Quando estamos tratando de riscos (eventos futuros), estamos, na verdade, adotando medidas preventivas.

Alternativa B. Errado. Descreve uma possível fonte de risco.

Alternativa D. Errado. Descreve o conceito de mecanismos de controle e não o processo de análise de riscos.

Alternativa E. Errado. Descreve o processo de definição da política de riscos de uma empresa.

Gabarito OFICIAL: C

Cabe recurso? NÃO. Essa questão não permite recurso.

Gestão Estratégica

Entre as metodologias consagradas de gestão de projetos, a denominada Program Evaluation and Review Tecnique (PERT), apresenta como traço marcante

(A) o foco na redução de custo do projeto, com revisão dos insumos aplicados, objetivando a melhoria da relação custo-benefício.

(B) uma técnica de revisão das etapas do projeto e redução de escopo de forma a diminuir significativamente sua duração.

(C) a identificação dos pontos críticos do projeto, estabelecendo uma estratégia de enfrentamento a partir do pior cenário identificado.

(D) a avaliação do tempo de duração das atividades do projeto de acordo com a média ponderada de estimativas otimista, pessimista e realista.

(E) o foco na qualidade do produto ou serviço oriundo do projeto, sem preocupação com tempo de duração e custos envolvidos.

Comentário

Colocamos uma questão, praticamente, idêntica a essa no nosso primeiro Simulado do TRF3!

No nosso simulado colocamos a questão aplicada na Câmara Legislativa do Distrito Federal (FCC/2018) que também exige o conhecimento da metodologia PERT.

Vamos relembrar o que aprendemos no nosso curso sobre o PERT (Aula 04, p.35):

Conforme destacado na aula, o PERT tem natureza probabilística e no formato tradicional é calculado a partir de uma média ponderada entre os cenários otimista, mais provável e pessimista, por isso a alternativa D está perfeita!

Gabarito OFICIAL: D

Cabe recurso? NÃO. Essa questão não permite recurso.

A aplicação da metodologia de gestão por competências nas organizações pressupõe uma etapa de mapeamento de competências,
que

(A) identifica as principais deficiências técnicas dos colaboradores da organização, a fim de promover programas de treinamento
e capacitação eficientes.

(B) é realizada ao final do processo, como resultado (output) das melhorias implementadas pelo processo de formação dos colaboradores e adequação dos processos de trabalho.

(C) corresponde a uma análise externa, identificando as referências de boas práticas no segmento de recursos humanos a serem transpostas para a organização.

(D) consiste na prospecção dos melhores profissionais disponíveis no mercado, que devem ser recrutados como disseminadores de conhecimento na organização.

(E) deve ser realizada no início do processo, juntamente com a mensuração, tendo por escopo identificar as competências técnicas e comportamentais necessárias para cada uma das atividades da organização.

Comentário

Conforme destacado pela professora Camila Montenegro (Aula 05, p.9), o mapeamento das competências é a parte mais cobrada em provas. Vamos relembrar:

Note que a alternativa “E” descreve exatamente o conceito de mapeamento de competências, por isso é o gabarito da questão.

Gabarito OFICIAL: E

Cabe recurso? NÃO. Essa questão não permite recurso.

Você deve ter percebido que nosso curso abordou absolutamente todas as questões da prova do TRF 3ª Região.

Ressalto, no entanto, que achei a prova pesada para um cargo que não exige formação em Administração. Esse aumento no nível de dificuldade das provas recentes apenas reforça a importância de estudar todas as matérias, mesmo as tidas como secundárias.

Espero que tenha ido bem na prova.

Forte Abraço

Prof. Marcelo Soares

Marcelo Soares

Auditor do Estado do Mato Grosso ( 3º lugar em 2014). Graduado em Administração, pós-graduado em Gestão Pública e mestrando em Administração (Estratégia e Governança Corporativa). Aprovado e nomeado nos cargos de Auditor Fiscal da Receita Municipal de Cuiabá, Auditor Governamental do Piauí e Analista Judiciário área administrativa (TRF-1ª, TRT-11ª).

Comentários