Logo Direção Concursos
Pesquisa
Banner artigos

Gabarito Extraoficial – Português – PC RJ – Cargo: Inspetor

icons
icons
icons
icons
icons
Imagem do autor do artigo

José Maria31/01/2022

31/01/2022

Prezados Alunos,

Eis o gabarito comentado da prova de Língua Portuguesa da Polícia Civil do Rio de Janeiro – Cargo de Inspetor.

Esperemos a publicação do gabarito oficial pela organizadora e, havendo qualquer divergência pertinente, proporemos os recursos cabíveis.

Grande abraço e sucesso!

José Maria

Professor José Maria
Instagram: @professorjosemaria
– Telegram: t.me/professorjosemaria
– Youtube: /professorjosemaria

Gabarito Extraoficial: Letra B

Letra A – ERRADA – Não se trata de um exemplo moral, e sim de uma punição prevista em lei.
Letra B – CERTA – O delito cometido resultou na prisão provisória do suspeito. Trata-se de uma consequência provisória, pois se está no aguardo da Justiça.
Letra C – ERRADA – Não se trata de uma pena, pois o suspeito ainda será julgado. Trata-se de uma punição provisória.
Letra D – ERRADA – Não há menção a casos similares. Temos apenas um caso.
Letra E – ERRADA – Temos aqui a consequência de um delito, não uma causa.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Na letra A, devemos empregar “absolver”; na letra B, “apreendeu”; na letra C, “dilatar”; na letra D, “despensa”.
A letra E está correta – “fluir” significa “correr”; “fruir”, “aproveitar”.

Gabarito Extraoficial: Letra A

Na letra A, temos a construção de voz passiva “foi capturado”, sem a presença do agente da passiva.

Na letra B, temos explicitado o autor da ação: foi o homem que praticou o crime de tráfico e associação para o tráfico.
Na letra C, não se menciona o local da ocorrência do crime, e sim a localização da delegacia.
Na letra D, o pronome “ele” é alvo, e não agente da ação.
Na letra E, o sujeito está determinado – “Ele”.

Gabarito Extraoficial: Letra B

A expressão “É pena” é modalizadora, explicitando o juízo de valor do enunciador.

Gabarito Extraoficial: Letra C

A informação passada para a população se deu por meio de mídia com código escrito. Isso significa que o receptor leu a mensagem.

Nas letras A, B, D e E, o receptor ouviu a mensagem.
Na letra C, houve a leitura da mensagem na tela do caixa eletrônico.

Gabarito Extraoficial: Letra D

Na letra D, é feita uma afirmação de caráter geral acerca do comportamento dos professores. Para validá-la, o enunciador cita o exemplo do seu professor de biologia.

Gabarito Extraoficial: Letra A

O autor valida uma afirmação de caráter geral – o trabalho em tempo parcial não prejudica o ensino universitário -, apresentando apenas um exemplo específico, o que não é suficiente para comprovar seu ponto de vista.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Não se trata de uma questão de Português, mas todos sabemos que e-mail se refere ao correio eletrônico.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Letra A – ERRADA – O verbo “cometer” é compatível semanticamente com um complemento de natureza negativa – cometer um crime, um erro, uma falta grave, etc.
Letra B – ERRADA – A expressão “graças à” é compatível com um complemento de natureza semântica positiva, não sendo o caso de “gordura derramada na porta de entrada”. Seria como dizer que a pessoa está agradecendo à gordura por ter escorregado, o que não faz sentido.
Letra C – ERRADA – O verbo “gozar” combina com complemento de natureza semântica positiva, o que não é o caso de “má saúde”.
Letra D – ERRADA – Trata-se de uma redação contraditória: afirma-se que não há alterativa, mas se apresentam duas escolhas possíveis.
Letra E – CERTA

Gabarito Extraoficial: Letra D

Letra A – ERRADA – O verbo “desmoronar” implica uma fragmentação completa do objeto – pensemos no desmoronamento de um prédio, que deixa de ser prédio e passa a ser entulho. Não é o que ocorre propriamente numa queda de palco – não ocorre a fragmentação completa do palco, e sim uma deformação da sua estrutura.

Letra B – ERRADA – O verbo “ruir” tem a ver com decomposição, o que não é o caso da frase. A rocha não se decompôs, e sim caiu sobre um povoado.

Letra C – ERRADA – O movimento de precipitar ocorre de cima para baixo – pensemos na precipitação das gotas de chuva. Não é propriamente o que ocorre com os lutadores – estes fazem movimentos para que o oponente tombe, inclinando-se para frente, para trás ou para os lados.

Letra D – CERTA – O verbo “tombar” está associado ao movimento de cair ou para frente, ou para trás, ou para os lados. É justamente o que ocorreu com a árvore, que se inclinou em direção ao chão.

Letra E – ERRADA – O verbo “cair” está num sentido figurado – a claridade se reflete nas vidraças, e não despenca.

Gabarito Extraoficial: Letra B

Penso que distante seja algo já bem afastado. E que remoro seja algo já bem distante.

Na letra A, os três vocábulos são sinônimos.
Na letra C, “colérico” passa mais intensidade do que “raivoso”.
Na letra D, “sentimental” e “sensível” são sinônimos.
Na letra E, os três vocábulos são sinônimos.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Na letra A, a relação de posse, que deveria ser entre “igrejas” e “cidade” – cidade cujas igrejas -, ocorre entre “cidade” e “visão” – cidade cuja visão.
Na letra B, a relação de posse, que deveria ser entre “senhor” e “filha” – senhor cuja filha -, ocorre entre “senhor” e “conhecimento” – senhor cujo conhecimento.
Na letra D, não existe relação de posse que justifique o emprego do relativo “cujo”. Note que as páginas foram copiadas do livro. O livro é, portanto, o lugar de onde se copiaram as páginas.
Na letra E, não existe relação de posse entre “goiabeiras” e “pomar”, o que não justifica a construção “goiabeiras cujo pomar”. A relação de posse se dá entre “goiabeiras” e “frutos”.

Já na letra C, temos a seguinte relação de posse: “exibição de parte dos quadros de Picasso” equivale a “Picasso cuja exibição de grande parte dos quadros”.

Gabarito Extraoficial: Letra A

De fato, o verbo “declinar” tem como expressão sinônima “não aceitar”.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Na letra A, penso que, se há notícias apavorantes no jornal é porque este as publica.
Na letra B, entendo que os inconvenientes ditos foram resultado da irritação.
Na letra D, se a gruta serviu de abrigo é porque ela nos protegeu durante a tempestade.
Na letra E, as duas construções dizem que há cinco povoados importantes.

Entendo que, na letra C, o fato de as cartas revelarem (mostrarem) generosidade não é suficiente para concluir que a pessoa de fato seja generosa. Pode muito bem ser uma falsa impressão, não se tratando, pois, de uma comprovação.

Gabarito Extraoficial: Letra D

Na letra A, temos as palavras “presas”, “flagrante” e outras pertencentes ao campo semântico de policial.
Na letra B, temos as palavras “investigado”, pertencente ao campo semântico de policial.
Na letra C, temos as palavras “acusados”, pertencente ao campo semântico de policial.
Na letra E, temos as palavras “delegacia”, “autuados”, pertencentes ao campo semântico de policial.

Por fim, na letra D, não temos termos específicos do universo semântico de policial.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Sutil demais!

Na letra A. não é porque a empresa não se desenvolveu que ela fracassou. Ela pode muito bem estar passando por uma fase transitória de estagnação.
Na letra B, nem todo time não campeão foi eliminado, pois são dois os que chegam à final. Ora, só faz sentido se falar em eliminação antes da final. Dessa forma, não se pode chamar o vice-campeão – que obviamente não ganhou o campeonato – de eliminado.
Na letra C, não é porque a artista está envelhecendo que ela para de atuar.
Na letra D, as duas construções têm sentidos completamente diferentes.

Na letra E, se não agradou, significa que desagradou; e se desagradou, é porque gerou algum grau de aborrecimento.

Gabarito Extraoficial: Letra D

Na letra D, faz-se menção ao lugar de origem das caixas.

Gabarito Extraoficial: Letra D

As letras A, B e C se restringem à informação.
Na letra E, a construção exclamativa de admiração deixa subentendida a recomendação para que não se tome suco de laranja. Não ocorre, no entanto, a apresentação de informações.

Na letra D, está subentendida a recomendação para que a pessoa pare de consumir suco de laranja, tendo em vista as informações apresentadas.

Gabarito Extraoficial: Letra A

A informação aludida deixa implícita a sugestão para que se feche a janela.

Gabarito Extraoficial: Letra E

O adjetivo “caro” tem natureza subjetiva – o que é considerado caro para uns não o é para outros.
Ficamos, assim, divididos entre letras B e E.

Note que a letra B se torna objetiva, pois trata de um comparativo – neste ano o vinho está mais caro do que em anos anteriores.

Já na letra E, simplesmente se apresenta o adjetivo “caro” como um juízo de valor.

Gabarito Extraoficial: Letra B

Na letra A, o emprego de “então” não traduz a ideia de tempo presente em “agora”.
Na letra C, a forma “mentiu” no discurso direto deveria ser apresentada no indireto como “tinha mentido” ou “mentira”.
Na letra D, a forma “vou” no discurso direto deveria ser apresentada no indireto como “ia”.
Na letra E, não fica claro que “a irmã dele” seja de fato a irmã do menino.

Na letra B, a forma “refaça” se converte em “refizesse”; e “agora”, em “naquele momento”. Trata-se das mudanças necessárias para a correta transposição do discurso direto em indireto.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Na letra A, temos o adjetivo “excepcional”, que sinaliza juízo de valor por parte do enunciador. O mesmo ocorre na letra B, com a expressão “É pena”; na letra C, com “eu penso”; na letra D, com “Você não passa”.

Na letra E, o enunciador se restringe a afirmar que João estava feliz. Não se trata de um juízo de valor, pois quem não ficaria assim se ganhasse na loteria?

Gabarito Extraoficial: Letra A

O texto de fato faz alusão a uma marca de joelheira, promovendo-a.
No entanto, predomina de forma quase absoluta o depoimento pessoal.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Na letra E, temos a conjunção E estabelecendo uma relação de sequência temporal: primeiro se toma o café e depois se lava a louça. Dessa forma, por haver essa vinculação de antes e depois, não se pode trocar a ordem dos termos.

Gabarito Extraoficial: Letra E

Na letra A, está errada a construção “conhecermos-nos”. deveria ser “conhecermo-nos”.
Na letra B, ocorre mistura de pessoas gramaticais em “Sabe-se” – 3a pessoa – e “somos” e “desconfiarmos” – 1a pessoa.
Na letra C, ocorreu mudança de tempo verbal de presente – “faz” – para passado – “fizemos”.
Na letra D, ocorreu mudança de tempo verbal de presente – “sabe” – para passado – “soubemos”.

Gabarito Extraoficial: Letra C

A mesa é um móvel, não um imóvel.
A biblioteca é um local, não uma construção.
O cubo é um sólido geométrico, não um desenho.
A livraria é um lugar onde se vendem livros, e não uma casa editorial.

Por fim, faz sentido se chamar o bailarino de profissional da dança.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Entendo que ocorre uma progressão de tamanho na sequência de figuras “escrivaninha muito pequena” e “uma grande cesta de lixo”.

Na letra A, não se observa uma progressão entre lugar para pousar e lugar para fazer o ninho.
Na letra B, temos apenas uma figura, que é a do beijo.
Na letra D, temos apenas uma figura, que é a do fluxo de caixa.
Na letra E, temos um decréscimo na sequência “bem que se multiplica” e “bem que se divide”.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Entende-se por finalidade histórica uma finalidade que tem raízes históricas. Faz-se alusão ao papel da instituição desde seu surgimento.

Na letra C, não se faz menção a essa finalidade histórica, mas sim à finalidade de uma época específica.

Gabarito Extraoficial: Letra B

A expressão “reforço de efetivo” faz menção ao quantitativo de policiais, e não a uma avaliação qualitativa.

Gabarito Extraoficial: Letra C

Na letra C, o adjetivo “impressionante” sinaliza um juízo de valor por parte do enunciador.

José Maria

José Maria

Professor de Língua Portuguesa para concursos há 10 anos. Atuou como Consultor de Língua Portuguesa na CNI (Confederação Nacional da Indústria) no Projeto Educação Livre. É autor de livros e materiais didáticos para ENEM e Concursos Públicos. Formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 11

Artigos Relacionados

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.