Concursos Abertos Concursos 2020

Gabarito Extraoficial – Português – IBGE – Cargo: Supervisor

José Maria José Maria comentários
02/05/2021, às 16:04 • 1 semana atrás

Prezados Alunos,

Eis meus comentários da prova de Língua Portuguesa do IBGE, para o cargo de Supervisor.

Esperemos a publicação do gabarito oficial pela organizadora e, havendo qualquer divergência pertinente, proporemos os recursos cabíveis.

Grande abraço e sucesso!

José Maria

Professor José Maria
Instagram: @professorjosemaria
– Telegram: t.me/professorjosemaria
– Youtube: /professorjosemaria


01) De acordo com o texto 1A1-I,

a) uma definição unificada para o termo “dado de pesquisa” exige integração entre as diferentes áreas do saber.

b) dados são definidos como listas particulares elaboradas pelos pesquisadores em suas respectivas áreas do conhecimento.

c) da ausência de uma compreensão precisa do conceito de “dado de pesquisa” em dicionários e enciclopédias deriva a ideia de que tudo é um dado de pesquisa.

d) a noção de “dado de pesquisa” é relativa e varia conforme domínios do conhecimento.

e) a variação nos tipos de dados de pesquisa demonstra uma atividade intensa e diversificada.


Comentários:

Letra A – FALSA – O texto dá a entender que não há uma definição unificada, já que “dado de pesquisa” possui variados significados que vão se transformando conforme a área de conhecimento.
Letra B – FALSA – Como dito anteriormente, não há uma definição unificada para os dados. Estes variam de acordo com a área do conhecimento.
Letra C – FALSA – Na verdade, dicionários e enciclopédias, segundo o texto, trazem definições limitadas, que não levam em consideração a diversidade de significados para o conceito de “dado de pesquisa”.
Letra D – VERDADEIRA – De fato! Não há unicidade de conceito. Os significados são variados, conforme evidencia o primeiro parágrafo do texto.
Letra E – FALSA – O texto dá a entender que são variadas as atividades científicas. No entanto, a diversidade de dados não permite afirmar que a atividade científica seja intensa.


Gabarito Extraoficial: Letra D

02) No primeiro parágrafo do texto 1A1-I, predomina a tipologia textual:

a) narrativa
b) argumentativa
c) descritiva
d) expositiva
e) instrucional

Comentários:

O primeiro parágrafo cumpre o objetivo de evidenciar os variados significados para o termo “dado de pesquisa”, trazendo diversos exemplos. Dessa forma, dado seu caráter explicativo e didático, predomina a tipologia expositiva. O trecho “Essa diversidade … se torna um desafio” até transparece um posicionamento por parte do autor, mas este consumiu mais linhas explicando um fato do que propriamente defendendo um ponto de vista.

Gabarito Extraoficial: Letra D

03) A locução “visto que” (último período do texto) é usada no texto texto 1A1-I com o mesmo sentido de:

a) se bem que
b) sempre que
c) uma vez que
d) mesmo que
e) de modo que

Comentários:

A locução “visto que” tem valor de causa, assim como a locução “uma vez que”.

Gabarito: Letra C

04) No último período do primeiro parágrafo do texto 1A1-I, seriam mantidas a coerência e a ideia expressa no texto caso o vocábulo “delineada” fosse substituído por:

a) limitada
b) determinada
c) planejada
d) sintetizada
e) objetivada

Comentários:

O verbo “delinear” está associado à ideia de definir contornos ou descrever de forma objetiva uma ocorrência. Contextualmente, podemos substituí-lo por “determinar”.

Gabarito: Letra B

05) Conforme o texto 1A1-II, o conhecimento científico

a) centra-se em combater preconceitos e intolerância.
b) oferece a melhor visão possível de mundo à disposição na atualidade.
c) é incompatível com temas do cotidiano.
d) é habitualmente associado a um contexto específico.
e) torna a vida inexpressiva e feia.

Comentários:

Letra A – FALSA – O conhecimento científico tem como foco explicar os fenômenos e as situações, e não propriamente combater preconceitos. A redução dos preconceitos e da intolerância seria uma consequência do conhecimento científico, e não seu objetivo.
Letra B – FALSA – É a compreensão da realidade em determinado momento, fruto da aplicação do conhecimento científico, que é a melhor possível à disposição.
Letra C – FALSA – Justamente oposto ao que o texto afirma.
Letra D – VERDADEIRA – Exato! As pessoas costumam associar o conhecimento científico à formação escolar, desconectado do cotidiano.
Letra E – FALSA – Justamente oposto ao que o texto afirma.

Gabarito Extraoficial: Letra D

06) No trecho “A maioria das pessoas subestima o alcance e as possibilidades que uma visão científico-racional de mundo possui. Um olhar cético para o mundo pode permitir a redução dos preconceitos, mais tolerância a visões políticas e ideológicas divergentes, maior diálogo e consideração constante de que sua compreensão pode ser equivocada ou incompleta.”, o pronome “sua” refere-se a

a) A maioria das pessoas
b) o alcance e as possibilidades que uma visão de científica racional de mundo
c) o mundo
d) preconceitos
e) visões políticas e ideológicas divergentes.

Comentários:

O pronome possessivo “sua” faz menção à maioria das pessoas. O texto critica a forma como a maioria das pessoas subestima o conhecimento científico-racional. Alerta o texto que a compreensão delas (a compreensão da maioria das pessoas) acerca do mundo pode ser equivocada ou incompleta.

Gabarito Extraoficial: Letra A

07) Em cada uma das opções a seguir é apresentada uma proposta de reescrita para o seguinte trecho do texto: “A má compreensão da abrangência da ciência leva a outras questões, como o argumento de que o conhecimento científico deixa a beleza do universo diminuída, fria distante, pois a fragmenta e a torna asséptica”. Assinale a opção que apresenta uma proposta de reescrita gramaticalmente correta e que mantém o sentido original do texto.

a) O conhecimento científico deixa a beleza do universo diminuída, fria, distante, fragmentando-a e tornando-a asséptica por ser uma das questões trazidas pela má compreensão da abrangência da ciência.
b) A compreensão ruim da ciência leva a questões outras como o argumento de que a beleza do universo fica diminuída, fria e distante, fragmentada e asséptica com o conhecimento científico.
c) O argumento de que o conhecimento científico deixa a beleza do universo diminuída, fria e distante, pois a fragmenta e torna asséptica, é uma das questões advindas da má compreensão da abrangência da ciência.
d) A abrangência da ciência leva à má compreensão de outras questões, como a discussão a respeito de que o conhecimento científico deixa a beleza do universo diminuída, fria, distante, pois fragmenta e a torna asséptica.
e) Por fragmentar e tornar asséptica a beleza do universo, diminuída, fria e distante, o conhecimento científico é o que engloba outras questões trazidas pela má compreensão da abrangência da ciência.

Comentários:

Letra A – FALSA – A proposta de reescrita afirma que o conhecimento científico prejudica a beleza do universo, apresentando essa ideia como um fato. No entanto, o texto apresenta essa ideia como um argumento, que parte de um ponto de vista equivocado. Houve, portanto, uma mudança no sentido original.
Letra B – FALSA – Ocorre uma mudança de sentido, pois, segundo a redação original, a beleza do universo fica diminuída, fria e distante porque o conhecimento científico a fragmenta e a torna asséptica. Note que, na proposta de reescrita, essa relação de explicação foi suprimida.
Letra C – VERDADEIRA – A redação original preserva a correção e mantém o sentido original.
Letra D – FALSA – Não é a abrangência da ciência que leva à má compreensão de outras questões, e sim a má compreensão da abrangência da ciência que leva a outras questões.
Letra E – FALSA – A redação proposta alterou bem o sentido original. Não é o conhecimento científico que leva a outras questões, e sim a má compreensão da abrangência da ciência.

Gabarito Extraoficial: Letra C

08) Conforme o texto 1A2-I,

a) a difusão musical se tornava mais vasta à época devido também a tecnologias apropriadas.
b) Arnaldo Guinle foi um dos críticos detratores do grupo musical de Pixinguinha.
c) a população pobre e marginalizada do Rio de Janeiro não tinha nenhuma forma de acesso às novidades do mundo externo no início do século XX.
d) a fama da Semana de Arte Moderna de 1922 como marco da entrada do Brasil no dito “mundo moderno” é proporcional ao impacto que causou.
e) as características que compõem o samba de Pixinguinha excluem influências europeias.

Comentários:

Letra A – VERDADEIRA – Segundo o texto, as ondas do rádio, as gravações em disco e as partituras permitiam que as obras musicais circulassem de forma mais rápida e ampla pelo mundo.
Letra B – FALSA – Arnaldo Guinle foi patrocinador, não detrator.
Letra C – FALSA – Segundo o texto, a vida portuária carioca permitia o acesso dos mais pobres ao que de mais moderno ocorria no mundo.
Letra D – FALSA – Segundo o texto, mais impacto teve a obra musical de Pixinguinha.
Letra E – FALSA – O texto afirma que havia influência europeia na obra de Pixinguinha, como a polca ou a música de Bach.

Gabarito Extraoficial: Letra A

09) Sem prejuízo do sentido original do texto, a palavra “amálgama” poderia ser substituída por

a) dissociação
b) cooperação
c) segmentação
d) afastamento
e) combinação

Comentários:

No contexto, a palavra “amálgama” está associada à ideia de mistura, o que faz com seu significado se aproxime de “combinação”.

Gabarito Extraoficial: Letra E

10) O texto é um exemplo de gênero textual denominado artigo de opinião. A partir dessa informação e das características do texto, é correto afirmar que ele é predominantemente:

a) dissertativo-argumentativo
b) injuntivo-argumentativo
c) narrativo-expositivo
d) descritivo-narrativo
e) expositivo-descritivo

Comentários:

No artigo de opinião, são reunidos dados, fatos e informações para validar um ponto de vista do autor. Dessa forma, predomina a tipologia dissertativa-argumentativa.

Gabarito Extraoficial: Letra A

11) No trecho “mesmo que seu impacto no exterior tenha se dado de maneira espaçada e pontual, a Semana de Arte Moderna de 1922 ficou conhecida como símbolo de nossa inserção na modernidade-mundo vigente, em detrimento do impacto imediato causado pela arte revolucionária de Pixinguinha e sua trupe musical entre os círculos culturais europeus”, a expressão “em detrimento de” tem o mesmo sentido que

a) à medida que
b) em substituição de
c) ao invés de
d) em decorrência de
e) em prejuízo de

Comentários:

A expressão “em detrimento de” está associada à ideia de prejuízo, perda, dano.

Gabarito Extraoficial: Letra E


12) Conforme o texto, a música de Pixinguinha

a) foi regravada por Louis Armstrong.
b) foi considerada racista pela crítica.
c) deu origem ao choro e ao maxixe.
d) é um tipo de música regional.
e) sofreu influência da música europeia.

Comentários:

Letra A – FALSA – Segundo o texto, Louis Armstrong nutria admiração por Pixinguinha. Não se afirma que ele regravou uma de suas obras.
Letra B – FALSA – Uma parte da crítica tratou de forma racista a obra.
Letra C – FALSA – O choro e o maxixe influenciaram a obra de Pixinguinha.
Letra D – FALSA – Não se trata de uma obra regional, e sim de uma combinação de variados ritmos.
Letra E – VERDADEIRA – De fato, houve influência da polca ou da música de Bach.

Gabarito Extraoficial: Letra E

13) No trecho “Existia toda uma vida cultural que se desenvolvia em torno da vida portuária carioca”, a partícula “se” classifica-se como

a) elemento expletivo
b) conjunção
c) índice de indeterminação do sujeito
d) partícula apassivadora
e) parte integrante do verbo


Comentários:

O verbo pronominal “desenvolver-se” significa contextualmente “crescer”, “florescer”, “prosperar”. Dessa forma, o “se” faz parte da forma verbal. É sua composição com o verbo que resulta nessas significações apresentadas. Temos, portanto, uma parte integrante do verbo.

Gabarito Extraoficial: Letra E

14) No trecho “No entanto, mesmo que seu impacto no exterior tenha se dado de maneira espaçada e pontual, a Semana de Arte Moderna de 1922 ficou conhecida ficou conhecida como símbolo de nossa inserção na modernidade-mundo vigente, em detrimento do impacto imediato causado pela arte revolucionária de Pixinguinha e sua trupe musical entre os círculos culturais europeus”, a oração “mesmo que seu impacto no exterior tenha se dado de maneira espaçada e pontual” expressa uma ideia de

a) condição
b) causa
c) finalidade
d) concessão
e) conformidade

Comentários:

A locução “mesmo que” expressa a ideia de concessão e equivale a “embora”, “apesar de”.

Gabarito Extraoficial: Letra D



José Maria

Professor de Língua Portuguesa para concursos há 10 anos. Atuou como Consultor de Língua Portuguesa na CNI (Confederação Nacional da Indústria) no Projeto Educação Livre. É autor de livros e materiais didáticos para ENEM e Concursos Públicos. Formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA.

Comentários