Concursos Abertos Concursos 2020

Gabarito MP RJ Direito Constitucional

Nathalia Masson Nathalia Masson comentários
24/11/2019, às 23:12 • 6 meses atrás

Técnico do MP RJ

62. Para que possam atuar com verdadeira independência funcional, a Constituição da República de 1988 dispôs que leis complementares da União e dos Estados estabelecerão a organização, as atribuições e o estatuto de cada Ministério Público, observadas, relativamente a seus membros, garantias como:

RESOLUÇÃO: De acordo com o previsto na CF/88, as leis complementares da União e dos Estados, cuja iniciativa é facultada aos respectivos Procuradores-Gerais, estabelecerão a organização, as atribuições e o estatuto de cada Ministério Público, observadas, relativamente a seus membros a garantia de vitaliciedade, após dois anos de exercício, não podendo perder o cargo senão por sentença judicial transitada em julgado (art. 128, § 5º, I, a, CF/88). Destarte, podemos assinalar a letra ‘e’ como nossa resposta.

Vejamos o erro das demais alternativas:

– ‘a’ e ‘b’: membros do MP são possuidores de vitaliciedade, não de estabilidade.

– ‘c’ e ‘d’: aos membros do MP é garantida a “inamovibilidade, salvo por motivo de interesse público, mediante decisão do órgão colegiado competente do Ministério Público, pelo voto da maioria absoluta de seus membros, assegurada ampla defesa”.

64. Assembleia Legislativa de determinado Estado da Federação instaurou, por prazo certo, uma comissão parlamentar de inquéritos, mediante requerimento de um terço de seus membros, para apurar fato determinado, consistente em eventual esquema de mensalão envolvendo os secretários Estado de Fazenda e de Administração.

Instado a promover o controle de legalidade do ato do parlamento, em relação à instauração e aos trabalhos a serem desenvolvidos pela CPI, o Ministério Público Estadual deverá consignar a:

RESOLUÇÃO: A CPI criada é legal, haja vista o preenchimento adequado dos requisitos constitucionais. Nesse sentido, devemos assinalar a letra ‘a’ como sendo nossa resposta.

66. Determinado Estado da Federação editou lei ordinária estadual dispondo sobre desapropriação, inclusive estabelecendo normas gerais e abstratas sobre nova modalidade de desapropriação e seu respectivo procedimento.

Instado a se manifestar sobre a matéria, o Procurador-Geral de Justiça deve apontar a:

RESOLUÇÃO: É competência privativa da União legislar sobre o tema “desapropriação”, razão pela qual eventuais leis estaduais sobre o tema serão consideradas inconstitucionais. A letra ‘d’, portanto, é nossa resposta.

68. De acordo com a Constituição da República de 1988, o Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica e do regime democrático, sendo exemplo de sua função institucional promover:

RESOLUÇÃO: É função institucional do Ministério Público promover a ação de inconstitucionalidade ou representação para fins de intervenção da União e dos Estados, nos casos previstos nesta Constituição. Nesse sentido, podemos assinalar a letra ‘b’ como nossa resposta.

71. De acordo com a Constituição da República de 1988, compete ao Conselho Nacional de Justiça do Ministério Público o controle da atuação administrativa e financeira do Ministério Público e do cumprimento dos deveres funcionais de seus membros, cabendo-lhe:

RESOLUÇÃO: Compete ao Conselho Nacional do Ministério Público zelar pela observância do art. 37 e apreciar, de ofício ou mediante provocação, a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Ministério Público da União e dos Estados, podendo desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que se adotem as providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da competência dos Tribunais de Contas. Destarte, nossa resposta está na letra ‘b’.

73. Tribunal de Contas de um Estado da Federação, ao analisar a legalidade de determinado convênio em nível estadual, concluiu que o Governador do Estado foi responsável por fraude milionária. Assim sendo, o TCE encaminhou cópias de seu processo administrativo, em forma de peças de informação, ao Ministério Público.

Em relação a eventual crime comum praticado pelo Governador do Estado em exercício, no caso em tela, a atribuição para oferecer denúncia é do:

RESOLUÇÃO: Referida atribuição pertence ao Procurador-Geral da República.

76. De acordo com o texto constitucional, em matéria de controle da Administração Pública, a fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro é exercida:

RESOLUÇÃO: Nossa resposta é a letra ‘e’, pois em matéria de controle da Administração Pública, a fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro é exercida pela Assembleia Legislativa, com o auxílio do Tribunal de Contas Estadual, mediante controle externo e pelo seu sistema próprio de controle interno.

77. Em relação ao Poder Judiciário Estadual, a Constituição do Estado do Rio de Janeiro estabelece que um quinto dos lugares do Tribunal de Justiça será composto de:

RESOLUÇÃO: De acordo com a CE RJ, um quinto dos lugares dos Tribunais do Estado será composto de membros do Ministério Público, com mais de dez anos de carreira, e de advogados de notório saber jurídico e de reputação ilibada, com mais de dez anos de efetiva atividade profissional, indicados em lista sêxtupla pelos órgãos de representação das respectivas classes. Nesse sentido, nossa resposta está na letra ‘e’.

agepen go gabarito concurso asp go gabarito asp go

Nathalia Masson

Professora em Direção Concursos.

Comentários