Concursos Abertos Concursos 2020

Gabarito TRF3 de Infraestrutura de TI – Técnico Judiciário

Rômulo Santos Rômulo Santos comentários
02/12/2019, às 21:13 • 1 semana atrás

Olá gavião, segue abaixo os comentários das questões relacionadas a disciplina “Infraestrutura de TI” para o cargo de Técnico Judiciário – Informática.

Esse é o momento ideal verificar a relevância dos comentários, corrigir erros da preparação, assim como, identificar eventuais possibilidades de recursos.

Gabarito TRF3 – Técnico Judiciário – Informática (Caderno de Prova 04, Tipo 001)


(FCC – TRF3 – 2019) 50. No Windows Server 2008 R2, em inglês, para instalar o Active Directory abre-se o Server Manager e clica-se em Add Roles para adicionar uma função (ou papel). Aparecerá um aviso onde se deve clicar no botão Next para se chegar à janela de seleção da Server Role que se deseja instalar no servidor. A Role que deve ser selecionada quando se quer armazenar informações sobre objetos na rede e disponibilizar essas informações para usuários e administradores, usando controladores para conceder aos usuários o acesso a recursos permitidos em qualquer local da rede por meio de um processo de login único, é a Active Directory

(A) Domain Services.

(B) Certificate Services.

(C) Federation Services.

(D) Lightning Directory Services.

(E) Rights Management Services.

Gabarito Letra A


RESOLUÇÃO:

– O Active Directory Domain Services (ADDS) é um dos serviços de servidor disponíveis no Windows Server 2008. Ele fornece a distribuição do serviço de diretório, o qual pode ser utilizado para centralizar e gerenciar a segurança da sua rede. Com isso é possível o gerenciamento centralizado e seguro de toda a rede. O AD DS armazena informações sobre objetos da rede e gerencia a comunicação entre usuários e os domínios, incluído processo de logon do usuário, autenticação e pesquisa de diretório.

– O Active Directory Certifice Service (ADCS) oferece solução para emissão e administração de certificados usados em sistemas de segurança que utilizam a tecnologia de chaves públicas e privadas.

– O Active Directory Federation Services (ADFS) permite estabelecer confiança entre diferentes entidades organizacionais, dando aos usuários finais um logon único (SSO) de conexão remota entre empresas.

– O Active Directory Lightweight Directory Services (ADLDS) é um serviço de diretório LDAP. O ADLDS era anteriormente chamado de Active Directory Application Mode (ADAM).

– O Active Directory Rights Management Services (ADRMS) permite proteger e controlar o acesso a informações confidenciais, como em documentos e e-mails.


(FCC – TRF3 – 2019) 51. Um Analista foi encarregado de criar, em linha de comando, a Unidade Organizacional “Impressoras” na raiz de um domínio. Considerando que a rede utiliza o Windows Server 2008 R2 e que a organização tem nome de domínio Advogados.com.br, utilizou corretamente o comando

(A) dsset ou=”Impressoras” dc=”Advogados” dc=”com” dc=”br”

(B) dsadd ou “ou=Impressoras,dc=Advogados,dc=com,dc=br”

(C) adset ou=”Impressoras” dc=”Advogados.com.br”

(D) adadd “ou=Impressoras” “dc=Advogados,dc=com,dc=br”

(E) addou “ou=Impressoras” “dc=Advogados;dc=com;dc=br”

Gabarito Letra B


RESOLUÇÃO:

As Unidades Organizacionais (OU) são recipientes do Active Directory nos quais é possível inserir usuários, grupos, computadores e outras OU.

Para se criar uma OU é utilizado o comando:

dsadd OU –desc

desc: fornece uma descrição para o objeto criado.

Exemplos de comandos no DS (Directory Services) no Windows Server 2008 R.

DSQUERY: realiza consultas no Active Directory.

DSGET: obtém o valor de um atributo de um objeto no Active Directory.

DSMOD: altera o valor de um atributo de um determinado no Active Directory.

DSMOVE: move objetos dentro do Active Directory.

DSRM: remove objetos do Active Directory.


(FCC – TRF3 – 2019) 57. No Linux Red Hat, para mostrar o espaço em disco, incluindo espaço usado e disponível, utiliza-se o comando

(A) df –h

(B) dir –s

(C) tune2fs –d

(D) free –h

(E) top –a

Gabarito Letra A


RESOLUÇÃO:

DF (disk free) df [opções]

Mostra o espaço livre/ocupado de cada partição.

-a: inclui sistemas de arquivos com 0 blocos.

-h: mostra o espaço livre/ocupado em MB, KB, GB ao invés de blocos.

-H: idêntico a -h mas usa 1000 ao invés de 1024 como unidade de cálculo.

-k: lista em Kbytes.

-l: somente lista sistema de arquivos locais.

-m: lista em Mbytes.

-T: lista o tipo de sistema de arquivos de cada partição

-t tipo: lista somente sistema de arquivos do tipo definido.

-x tipo: Não lista sistemas de arquivos do tipo definido.

Exemplos: df, df -h, df -t vfat.

Rômulo Santos

Professor em cursos preparatórios para concursos desde 2010 e acadêmico desde 2005. Profissional de TI do Exército Brasileiro desde 1997. Possui várias certificações de mercado com destaque em: OCA, OCP e OCE (Oracle University). Mestre em Ciência da Informação pela Unb e doutorando em Gestão de Projetos de TI. Agraciado com as medalhas da Ordem do Mérito Thomáz Coelho e da Ordem do Mérito Marechal Trompowsky, ambas do Instituto dos Docentes do Magistério Militar. Coordenador Pedagógico e Professor no Dominando TI e Curso Cidade.

Comentários