Logo Direção Concursos
Pesquisa
Banner artigos

Prefeitura de Orizona-GO: Prova: Pedagogo – Interposição de Recurso

icons
icons
icons
icons
icons
Imagem do autor do artigo

Jaqueline Santos14/06/2023

14/06/2023

PREFEITURA DE ORIZONA – GOBanca: ABCP

Prova Aplicada 11 de junho de 2023

Olá, querido educando!

Tudo bem?

Tendo em vista a divulgação do gabarito preliminar do concurso de PEDAGOGO – ENSINO FUNDAMENTAL – PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIZONA – GO, vejo a possibilidade em entrar com a interposição de recursos em algumas questões da Prova de Conhecimentos Específicos.

É importante salientar que não deve realizar a cópia fidedigna conforme fiz aqui. Você pode usar unicamente as fontes citadas para fazer o seu recurso. Leia as argumentações utilizadas por mim nos recursos.

É necessário você parafrasear o argumento do recurso tendo como base o que está escrito.

Eu acredito em vocês e trago aqui não somente uma fonte para embasar bibliograficamente, mas várias fontes para solidificar os nossos argumentos e recomendo você utilizar todas as fontes citadas também! Peça aos seus amigos, que também fizeram este concurso para interpor os recursos.

Lembre-se quanto mais pessoas fizerem barulho melhor será para ganharmos!

Vamos lá a interposição de recursos!

PROVA – PEDAGOGO EDUCAÇÃO INFANTIL

Sem possibilidades de recurso, inclusive na questão 29 sobre a Concepção da Educação Infantil.

A questão foi retirada desse artigo (Bach e Peranzoni :

Segundo Kramer, (1992, p.23), eram objetivos da época:

    […] elaborar leis que regulassem a vida e a saúde dos recém-nascidos; regulamentar o serviço das amas de leite; velar pelos menores trabalhadores e criminosos; atender às crianças pobres, doentes, defeituosas, maltratadas e moralmente abandonadas; criar maternidades, creches e jardins de infância.

    No Brasil, o surgimento das creches foi um pouco diferente do restante do mundo. Enquanto, no mundo, a creche servia para as mulheres terem condição de trabalhar nas indústrias, no Brasil, as creches populares serviam para atender não somente os filhos das mães que trabalhavam na indústria, mas também os filhos das empregadas domésticas. As creches populares atendiam somente o que se referia à alimentação, higiene e segurança física. Eram chamadas de Casa dos Expostos ou Roda.

    Em 1919, foi criado o Departamento da Criança no Brasil, cuja responsabilidade caberia ao Estado, mas foi mantido, na realidade, por doações. Esse Departamento possuía diferentes tarefas: realizar histórico sobre a situação a proteção à infância no Brasil, fomentar iniciativas de amparo à criança e à mulher grávida pobre, publicar boletins, divulgar conhecimentos, promover congressos, concorrer para a aplicação das leis de amparo à criança, uniformizar as estatísticas brasileiras sobre a mortalidade infantil.

    A partir de 1930 com o estudo da situação do bem-estar social e aceleração dos processos de industrialização e urbanização, manifestam-se elevados graus de nacionalização das políticas sociais assim como a centralização de poder.

    Nesse momento, a criança passa a ser valorizada como um adulto em potencial, matriz do homem, não tendo vida social ativa. A partir dessa concepção, surgiram vários órgãos de amparo assistencial e jurídico para a infância, como o Departamento Nacional da Criança em 1940, Instituto Nacional de Assistência em 1942, Projeto Casulo e vários outros.

Fonte: https://www.efdeportes.com/efd192/a-historia-da-educacao-infantil-no-brasil.htm

A questão afirma o que está em negrito e foi colocado na questão da prova. Logo, baseado nesse artigo a questão 29 está correta.

Agora, temos uma questão da Prova de Pedagogo – Anos Iniciais que cabe recurso. Segue os embasamentos necessários.

PROVA – PEDAGOGO ANOS INICIAIS

QUESTÃO 29

Os diferentes campos que compõe a matemática segundo a BNCC são: Equivalência, Representação, Ordem, Proporcionalidade, Interdependência, Variação e Aproximação. A letra correta é a letra C, todavia o examinador não ordenou corretamente a questão levando a confusão por parte do candidato sobre a ordem direta.

Em virtude disso, solicito a anulação da questão 29.

QUESTÃO 40

Gabarito concedido pela banca: D

As alternativas abaixo estão VERDADEIRAS, mas no olhar da banca examinadora a opção correta é a letra D, o que inviabiliza algumas afirmativas

É um órgão colegiado responsável por discutir, planejar e acompanhar as políticas e ações da escola;

Tem como objetivo promover a participação dos pais na vida escolar de seus filhos;

Tem um papel importante na definição do projeto político-pedagógico da escola, na elaboração regimento interno e na tomada de decisões coletivas.

As citações a seguir denotam a função e o papel do Conselho Escolar dentro de uma Gestão Democrática.

MEC:

“Cabe ao conselho zelar pela manutenção da escola e monitorar as ações dos dirigentes escolares a fim de assegurar a qualidade do ensino. Eles têm funções deliberativas, consultivas e mobilizadoras, fundamentais para a gestão democrática das escolas públicas.”

Fonte: portal.mec.gov.br/

SEE-SP (2014, p. 8):

“Conselho de Escola se configura como órgão colegiado fundamental, pois envolve representantes de todos os segmentos da comunidade escolar, constituindo-se em espaço de construção de novas maneiras de compartilhar o poder de decisão e a corresponsabilidade da escola. O Conselho de Escola é fruto de um processo coerente e efetivo de construção coletiva e tem papel decisivo na democratização da educação na escola, considerando que reúne diretor, professor, funcionário, aluno, família e representante da comunidade para discutir, definir e acompanhar o desenvolvimento da Proposta Pedagógica. É importante reafirmar que o Conselho de Escola é uma ferramenta de gestão democrática da educação para a construção da cidadania, sendo o aluno o foco desse processo.”

SEE-SP(2014, p. 10):

As funções estão e aspectos do Conselho de Escola:

Deliberativa: Refere-se tanto às tomadas de decisão relativas às diretrizes e linhas gerais das ações pedagógicas, administrativas e financeiras quanto ao direcionamento das políticas públicas, desenvolvidas no âmbito escolar.

Consultiva: Refere-se não só à emissão de pareceres para dirimir as dúvidas e tomar decisões como também às questões pedagógicas, administrativas e financeiras, no âmbito de sua competência.

Fiscalizadora: Refere-se ao acompanhamento e à fiscalização da gestão pedagógica, administrativa e financeira da unidade escolar, garantindo a legitimidade de suas ações.

Mobilizadora: Refere-se ao apoio e ao estímulo às comunidades escolar e local em busca da melhoria da qualidade do ensino, do acesso, permanência e aprendizagem dos estudantes.

Pedagógica: Refere-se ao acompanhamento sistemático das ações educativas desenvolvidas pela unidade escolar, objetivando a identificação de problemas e alternativas para melhoria de seu desempenho, garantindo o cumprimento das normas da escola, bem como a qualidade social da instituição escolar.

A única afirmativa FALSA está descrita a seguir e traz uma atribuição da Equipe Pedagógica da escola composta pela Coordenação Pedagógica e Professor.

Visa identificar necessidades e traçar estratégias para o apoio pedagógico individualizado;

Logo, solicito a alteração de gabarito na questão 40 para a letra A, uma vez que o Conselho Escolar é um colegiado que discute, planeja, acompanha as ações da unidade educacional, amplia a participação da comunidade na vida escolar dos estudantes e tem um grande papel na construção e avaliação do Projeto político Pedagógico da escola. Além disso, como citado exerce as funções: deliberativa, consultiva, fiscalizadora, mobilizadora e pedagógica.

Essas alternativas vão de encontro com as bibliografias citadas como a bibliografia nacional (Ministério da Educação) e o documento legislador estadual, (Secretaria de Estado de Educação de São Paulo), como referências para todo o país, no que tange a Gestão Democrática e as suas instâncias.

Espero que tenha te ajudado nessa missão.

Esteja no Telegram para ficar bem informado e ter acesso a todas as dicas, aulas, correções de provas, provas na área da educação.

Instagram: @professorajaquelinesantos

Canal: Professora Jaqueline Santos

Jaqueline Santos

Jaqueline Santos

Formada em Pedagogia pela Universidade de Brasília – UnB. Coordenadora das Carreiras Educacionais. Atualmente é Professora da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal – SEEDF. Foi também aprovada para os cargos Professora Pedagogia – Educação Infantil e Anos Iniciais – Cristalina – Go e Professora Pedagogia Educação Infantil e Anos Iniciais – Porto Nacional – To. É professora também de Cursos Presenciais para Concursos Públicos - Carreiras Educacionais.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 11

Artigos Relacionados

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.