Concursos Abertos Concursos 2020

Proposta de Recurso – Prova de Português – PSS Ministério da Economia

José Maria José Maria comentários
15/10/2020, às 01:42 • 2 semanas atrás

Prezados Alunos,

Divulgado o gabarito oficial pela banca organizadora, vejo a possibilidade de pedidos de recurso em duas questões. Explico a seguir a divergência e apresento as minhas argumentações para fundamentar nosso pedido de revisão de gabarito.

Pessoal, vale ressaltar que não é recomendável a cópia literal dos textos propostos a seguir. Por favor, utilizem as próprias palavras, pois se exige de cada peça de recurso autoria.

No mais, desejo sucesso a todos nesta caminhada. Contem sempre comigo!

Grande abraço!

Professor José Maria

Propostas de Recurso

Texto para as questões 16 e 18

Ele entrou tarde no restaurante. Poderia ter um sessenta anos, era alto, corpulento, de cabelos brancos, sobrancelhas espessas e mãos potentes. Num dedo o anel de sua força. Sentou-se amplo e sólido.

Perdi-o de vista e enquanto comia observei de novo a mulher magra de chapéu. Ela ria com a boca cheia e rebrilhava os olhos escuros.

No momento em que eu levava o garfo à boca, olhei-o. Ei-lo de olhos fechados mastigando pão com vigor e mecanismo, os dois punhos cerrados sobre a mesa. Continuei comendo e olhando. O garçom dispunha os pratos sobre a toalha. Mas o velho mantinha os olhos fechados. A um gesto mais vivo do criado ele os abriu com tal brusquidão  que este mesmo movimento se comunicou às grandes mãos e um garfo caiu. O garçom sussurrou palavras amáveis abaixando-se para apanhá-lo; ele não respondia. Porque agora desperto, virava subitamente a carne de um lado e de outro, examinava-a com veemência, a ponta da língua aparecendo – apalpava o bife com as costas do garfo, quase o cheirava, mexendo a boca de antemão.

16) O texto narra, de forma breve, o comportamento de um homem durante um jantar.

Gabarito Oficial: CERTO

Proposta de Recurso:

Entendo que a intenção do autor, nos momentos em que observa o homem durante o jantar, é caracterizar comportamento deste, e não propriamente relatar fatos que no restaurante ocorreram envolvendo o indivíduo em questão.

A utilização dos trechos descritivos tem por finalidade fazer com que o leitor consiga melhor imaginar a cena retratada.


Dessa forma, entendo que o comportamento do personagem é descrito, e não narrado, o que justificaria o gabarito da questão como ERRADO.

18) No trecho apresentado o narrador condena os modos do homem que ele observa jantar, modos esses que deixam clara a diferença de classe social entre eles.

Gabarito Oficial: CERTO

Proposta de Recurso:

O narrador tão somente relata os acontecimentos e descreve o comportamento inusitado do homem durante o jantar.

Na sua descrição, até se pode perceber o quão estranhos o narrador considera aqueles gestos do homem, mas não a ponto de condená-los.

Não fica clara, no texto, a diferença de classe social entre o homem e o narrador. Ora, se eles frequentam o mesmo ambiente – no caso, um restaurante -, tem-se a impressão de que pertencem à mesma camada social.

Além disso, não há ligação explícita – como afirmado pelo item – entre a cena retratada e a temática da desigualdade entre classes. Trata-se de uma extrapolação.

Devido a esses motivos, solicito que o gabarito seja alterado para ERRADO.

ministério da economia e concursos públicos ministério da economia temporários portugues em concursos pss

José Maria

Professor de Língua Portuguesa para concursos há 10 anos. Atuou como Consultor de Língua Portuguesa na CNI (Confederação Nacional da Indústria) no Projeto Educação Livre. É autor de livros e materiais didáticos para ENEM e Concursos Públicos. Formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA.

Comentários