Concursos Abertos Concursos 2020

Recurso para prova discursiva do TJCE

Sergio Varella Sergio Varella comentários
01/11/2019, às 08:26 • 3 semanas atrás

Esse ano não ia ter concurso, né? Somente nesse final de semana temos recursos para o TJPR e agora para o TJCE.

Para quem fez o TJPR, fiz um artigo para ajudá-los a elaborar o recurso. E caso queiram estamos oferecendo o serviço de recursos realizado por professores especialistas, sob a coordenação do Prof. Sérgio Varella.

Voltando ao TJCE, sua discursiva tem o peso de quase 25% da nota total. Agora é hora de buscar mais uns pontinhos e fazer o seu recurso.

A FGV não divulgou um espelho padrão com a resposta esperada, ou seja, existem diversos caminhos corretos.

Nessa situação, como não existe uma única resposta correta, você deve demonstrar que os argumentos apresentados atendem aos critérios avaliados pela banca. Pode até apresentar argumentos de autoridade que sirvam para embasar a posição adotada por você em seu texto. Aqui informações externas são bem vindas, principalmente em questões técnicas.

Como escrever o seu recurso?

1) Vocativo

A maioria dos professores é bem receoso em lidar com banca. Andam pisando em ovos como se estivessem pedindo um favor. Você não pode ser arrogante, mas não precisa de “Excelentíssima banca avaliadora”.

Pode começar seu texto com um simples e educado: “Prezado avaliador…”, Prezada Banca…

2) Objeto do recurso.

Você sempre deve começar apresentando o seu pedido. “Solicito a revisão da nota do item XXX, por entender que….”, “Solicito a majoração da nota pelos motivos a seguir”.

3) Argumentos

Aqui você demonstrará que a sua resposta está correta de acordo com os critérios que banca apresentou no edital. Os critérios são os seguintes.

Abordagem do tema

Considera a capacidade de o candidato selecionar argumentos convenientes, dentro do perfil esperado, assim como a boa seleção desses argumentos.

Aqui você deve demonstrar que trouxe argumentos de forma profunda, realizando análise crítica sobre o tema e se possível com argumentos de autoridade que demonstram a consistência dos argumentos.

Progressão textual

Considera a capacidade de o candidato mostrar coesão e coerência entre os parágrafos componentes do texto por ele redigido, assim como a distribuição do tema por uma evolução adequada de suas partes.

Aqui você deve demonstrar que usou um amplo repertório de termos coesivos. Que seu texto responde à pergunta da banca e que existe uma sequência lógica nos argumentos apresentados, sem contradições.

Correção Gramatical

Divide-se em dois grupos: 1) Seleção vocabular, que considera problemas de inadequação vocabular, troca entre parônimos, emprego de palavras gerais por específicas, emprego de vocábulos de variação linguística inadequada, marcas de oralidade; 2) Norma culta, que considera problemas gerais de construção frasal do ponto de vista comunicativo.

O grupo relativo à correção gramatical tem uma peculiaridade com relação a correção. A sua nota será diminuída a cada erro que for identificado, com base em um valor definido. Serão descontados 0,2 ponto por erro de seleção vocabular e 0,3 ponto por erro de norma culta.

Nesse caso, seu trabalho será demonstrar que não existe erro onde a banca apontou a diminuição da nota. Não precisa de muita teoria, o avaliador não quer uma aula de português.

4) Conclusão

No final sempre retome o seu pedido e se possível já facilite a vida do avaliador demonstrando o quanto ele deve aumentar a nota.

“Diante do exposto, solicito a majoração da nota de xx para yy”.

Resumo da ópera

Faça o seu recurso, sempre que observar um espaço, uma chance por menor que ela seja.

Se contratará um especialista ou se fará sozinho é um decisão sua. Mas lembre-se que investir alguns reais no apoio de um especialista pode significar um bom salário no final do mês quando você tomar posse.

Clique no link abaixo para obter mais informações sobre o serviço de recursos do DireçãoConcursos.

https://www.direcaoconcursos.com.br/info/curso-recurso-prova-discursiva-tj-ce

Comentários