Concursos Abertos Concursos 2021

Auxílio Emergencial: benefício aprovado; pagamento em março? Veja!

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
05/03/2021, às 09:52 • 1 mês atrás

O Senado Federal aprovou o novo Auxílio Emergencial 2021, na noite do último dia 4 de março. O benefício visa ajudar financeiramente diante da crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19.

Para que seja instituída a medida, o texto ainda precisa ser aprovado na Câmara dos Deputados. O texto que possibilita a retomada do Auxílio, traz protocolos de contenção de despesas e mecanismos em caso de descumprimento do teto de gastos

É importante informar que a aprovação não diz qual será o valor pago, condições para o recebimento, nem mesmo sua duração. O que de fato se viu foi a flexibilização de regras fiscais, que viabilizariam o retorno do programa.

auxílio emergencial
Clique na imagem e confira todos os cursos do Direção!

Auxílio Emergencial: o que falta para o pagamento?

Apesar de aprovado no Senado, o texto que possibilita a volta do Auxílio Emergencial ainda tem um caminho pela frente. Vai à votação da Câmara dos deputados e, sofrendo alterações, pode voltar ao Senado.

É difícil definir uma data exata para o pagamento do benefício, mas segundo alguns senadores favoráveis à medida, busca-se fazer os pagamentos ainda neste mês de março.

O cronograma, de acordo com a Revista Isto É, começaria em 18/3, para beneficiários do Bolsa Família. No fim do mês, os demais beneficiados seriam contemplados com a primeira parcela.

No entanto, o cumprimento desse prazo dependerá da aprovação final do texto o mais breve possível, além de o governo federal finalizar um Projeto de Lei ou Medida Provisória com as definições desse pagamento.

Auxílio Emergencial: valor de R$ 250 reais está definido?

Apesar de ainda não formalizado oficialmente, o presidente Bolsonaro confirmou que o Auxílio Emergencial será pago em até quatro parcelas de R$ 250. O presidente do Senado também falou sobre o novo valor:

valor auxílio emergencial

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias. Clique aqui e participe!

Saia do Auxílio Emergencial e torne-se um servidor público

Ficar na dependência do Auxílio Emergencial é algo que ninguém quer, não é mesmo? Então por quê não pensar em mudar de vida e estudar para concursos públicos? Veja duas excelentes oportunidades abaixo:

  • Concurso IBGE 2021: O edital do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (concurso IBGE) está publicado para o provimento de 204.307 vagas de níveis fundamental e médio.
  • São 181.898 vagas para recenseador, sem contar as 5.450 vagas de agente censitário municipal e as 16.959 vagas de agente censitário supervisor. Veja detalhes.
  • Concurso TJ SP: um novo concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo está previsto para 2021 para o cargo de Escrevente, cujo requisito é possuir nível médio. A banca organizadora deve ser a mesma de sempre: a Vunesp.
  • Para se preparar para o concurso TJ SP, o Direção Concursos está realizado um curso gratuito para o tribunal em seu canal oficial no YouTube. Clique para se inscrever.

Gostou? Mas não é só isso. Muitos editais de concursos públicos que exigem apenas o nível médio de escolaridade estão previstos em 2021. Clique no link e confira quais são essas opções.

Assinatura Ilimitada

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais ágil, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma nova experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

notícias auxílio emergencial

As principais notícias do mundo dos concursos públicos em um lugar. Conheça o canal Direção News e se inscreva: clique aqui e confira!

auxilio emergencial auxilio emergencial 2021 auxílio emergencial pagamento Concurso publico concursos públicos

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.