Concursos Abertos Concursos 2021

Concurso ALAP: FCC ESCOLHIDA!

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
23/07/2019, às 15:30 • 1 ano atrás

A banca FCC foi a escolhida por dispensa de licitação para o concurso ALAP – Assembléia Legislativa do Amapá.

A comissão havia sido formada em janeiro deste ano (2019) e, em junho, as bancas começaram a enviar propostas para organizar o concurso.

O Projeto Básico que será a base do edital está pronto desde maio e já foi, inclusive, assinado pelo presidente do órgão.

O Direção Concursos está com uma gama incrível de cursos para a área legislativa e para muitos outros órgãos da administraão pública, seja estadual, seja federal.

Principais informações concurso AL AP 2019

  • Concurso: Assembleia Legislativa do Estado do Amapá
  • Situação: FCC
  • Cargos: Auxiliar, Assistente e Analista Legislativo
  • Escolaridade: nível médio, médio técnico e superior
  • Número de vagas: provalemente 114 vagas
  • Remuneração: entre R$ 3,7 mil e R$ 24,8 mil

O edital deverá trazer em seu bojo cerca de 114 vagas imediatas no próximo edital, que poderá ser publicdo em breve.

Esse número refere-se ao quantitativo de cargos vagos que o deputado Paulo Lemos anunciou.

Porém, o diretor-geral, Cézar Melo, espera que o número de vagas sejam bem acima desse apontado pelo deputado.

Lei nº 2.382

Segundo a lei em questão, são previstas a criação de inúmeros cargos, ou seja, cerca de 224, para quem possua os níveis médio e superior. Veja aqueles que poderão vir no edital de 2019:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-291.png

Reforma Administrativa

Sabe-se que o que garantiu a celeridade no processo do concurso até aqui, foi a reforma administrativa realizada pela Assembléia.

Foram diversos cargos temporários cortados do quadro de servidores, o que fez com que o órgão agilizasse a contratação de efetivos.

Quanto ganham um servidor na Assembléia?

A reforma administrativa também foi essencial para determinar os valores que serão pagos aos servidores da casa.

Os salários variam de R$ 3,7 mil e chegam até R$ 24,8 mil.

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.