Concursos Abertos Concursos 2020

Concurso BRB: edital para Escriturário tem NOVAS RETIFICAÇÕES; 100 VAGAS

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
02/08/2019, às 06:40 • 4 meses atrás

				<![CDATA[]]>

O concurso BRB para Escriturários sofreu novas retificações no diário oficial do dia 2 de agosto de 2019:

As alterações principais dizem respeito ao número de provas discursivas que deverão passar pelo crivo da avaliação.

Antes seriam 560 da listagem geral e 140 da listagem dos candidatos com deficiência.

Com a nova redação, serão corrigidas 800 da listagem geral e todos da listagem das pessoas com deficientes figurarão na lista de discursivas corrigidas.

Confira mudanças publicadas anteriormente

O Diário Oficial do dia 16 de maio de 2019 trouxe mudanças no edital para o concurso BRB para escriturário.

Além de algumas mudanças em terminologia (troca de “cargo” por “emprego”, e “nomeação” por “contratação”, por exmeplo), algumas mudanças devem ser observadas pelo candidato. Vamos a elas:

Mudança no item 4 (condições e requisitos)

A redação do subitem 4.7, que passa a ser a seguinte: “Não estar em exercício remunerado de qualquer cargo, função ou emprego público em quaisquer dos órgãos da Administração Pública direta ou das seguintes entidades: empresa pública, sociedade de economia mista, suas controladas ou coligadas; autarquia vinculada à União, aos Estados, aos Municípios e ao Distrito Federal, inclusive Fundação Civil mantida ou subvencionada pelo Poder Público; ressalvadas as possibilidades de acumulação lícita previstas nos incisos XVI e XVII do art. 37 da Constituição Federal e nos arts. 46 a 49 da Lei Complementar Distrital nº 840/2011”.

A redação do subitem 4.8, que passa a ser a seguinte: “Não estar em licença, ainda que não remunerada, de cargo ou emprego público que exerça na administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; ressalvadas as possibilidades de acumulação lícita previstas nos incisos XVI e XVII do art. 37 da Constituição Federal e nos arts. 46 a 49 da Lei Complementar Distrital nº 840/2011”.

A redação do subitem 4.9, que passa a ser a seguinte: “Não ser servidor público que tenha solicitado vacância do cargo público que ocupa por outros motivos que não seja exoneração ou demissão; ressalvadas as possibilidades de acumulação lícita previstas nos incisos XVI e XVII do art. 37 da Constituição Federal e nos arts. 46 a 49 da Lei Complementar Distrital nº 840/ 2 0 11 “.

A redação do subitem 4.16, que passa a ser a seguinte: “Apresentar as seguintes certidões negativas, ou positivas com efeito de negativa, das cidades da jurisdição onde reside e onde residiu nos últimos 5 (cinco) anos: de antecedentes criminais da Justiça Federal, da Justiça Estadual e (ou) do Distrito Federal, da Justiça Militar Federal, da Justiça Militar Estadual e (ou) do Distrito Federal e da Justiça Eleitoral”.

Mudanca no item 7 (vagas destinadas às pessoas com deficiência)

A redação do subitem 7.1, que passa a ser a seguinte: “As vagas destinadas aos candidatos com deficiência serão providas na forma do art. 8º da Lei Distrital no 4.949/2012 e em conformidade com a Decisão Normativa nº 1/2018 do Tribunal de Contas do Distrito Federal”.

A redação do subitem 7.4, que passa a ser a seguinte: “São consideradas pessoas com deficiência aquelas que se enquadram no art. 5º da Lei Distrital nº 4.317/2009; no § 1º do art. 2º da Lei Federal nº 13.146/2015; no § 1º do art. 1º da Lei Federal nº 12.764/2012 (Transtorno do Espectro Autista); e as contempladas pelo enunciado da Súmula nº 377 do Superior Tribunal de Justiça (STJ): “O portador de visão monocular tem direito de concorrer, em concurso público, às vagas reservadas aos deficientes”, e pelo § 6º do art. 8º da Lei nº 4.949/2012″.

Exclusão do item 13.4.3

O item citado apresenta o seguinte conteúdo, que será EXCLUÍDO do edital:

“Não serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos não classificados na forma do subitem 13.4, os quais serão considerados eliminados e não terão classificação alguma no concurso público”.

Alteração da redação do subitem 1, no Anexo I (item 4 – Defesa do Consumidor)

O texto proposto passa a ser o seguinte: “DEFESA DO CONSUMIDOR.
1 Resolução CMN nº 4.433/2015. 2 Lei nº 8.078/1990 – Código de Defesa do Consumidor. 3 Decreto Lei nº 6.523/2008, que regulamenta a Lei nº 8.078/1990. 4 Resolução CMN nº 3.694/2009. 5 Código de Defesa do Consumidor Bancário”.

Confira o edital publicado para o cargo de Escriturário

Foi publicado, na manhã da sexta-feira, dia 3/5, edital para o concurso BRB 2019.. O documento trouxe 100 vagas para escriturário. Além disso, outro edital foi publicado, com vagas para nível superior.

O primeiro edital concurso BRB oferta 100 vagas, além de cadastro de reservas para o cargo de Escriturário com formação em nível médio.

A idade mínima para ingressar como Escriturário no BRB é de 16 anos.

Assista ao vivo a transmissão com tudo sobre o concurso BRB 2019

Nesta matéria você encontrará:

Segundo edital

Outro edital será publicado na semana do dia 6. Segundo o banco, serão mais 12 vagas mais cadastro de reserva para os cargos de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho e na área de Tecnologia da Informação (T.I).

Inscrições, taxa e data da prova

As inscrições para o concurso BRB deverão ser realizadas entre os dias 9 de junho e 15 de julho deste ano (2019), no portal da organizadora do concurso, IADES.

A taxa de inscrição tem valor fixado em R$ 56.

As provas objetivas deverão ser realizadas em 18 de agosto, no turno da tarde e deverão ter duração de 4h.

Salários e jornada de trabalho

O cargo de Escriturário tem remuneração inicial de R$ 3.204, fora o direito a participação nos lucros, contando ainda com auxílio alimentação e outros benefícios como podemos ver abaixo de acordo com Acordo Coletivo firmado:

Provas objetivas e discursiva

As provas do concurso BRB 2019 serão compostas por uma etapa objetiva, de conhecimentos gerais e específicos, e outra etapa de provas discursiva.

O conteúdo cobrado será:

O candidato irá figurar no quadro de aprovados, atingindo a pontuação mínima de 50% de acertos nas provas de conhecimentos geras e específicos.

Quadro de servidores

Candidatos na segunda etapa (prova discursiva)

Para ter sua prova discursiva corrigida, o candidato deverá estar entre os 560ª aprovados na ampla concorrência e 140ª na lista de vagas para pessoas com deficiência.

A cobrança da prova discursiva se dará assim:

O candidato deverá elaborar um texto descritivo ou dissertativo de 20 a 30 linhas e seguir proposta que será apresentada pela banca.

A prova estará valorada em 10 pontos e, para não ser eliminado, o candidato deverá atingir pontuação mínima de 6 pontos.

Confira o conteúdo que será cobrada em cada disciplina

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

Resumo Concurso BRB:

  • Concurso: BRB
  • Banca organizadora: IADES
  • Cargo: Escriturário
  • Vagas: 100 + CADASTRO DE RESERVAS
  • Escolaridade: nível médio
  • Situação: EDITAL PUBLICADO
  • Provas: 18 de agosto 2019
  • Edital: clique aqui

concurso banco de brasilia concurso brb concurso brb 2019 concurso nivel medio brb edital banco de brasilia edital brb edital brb 2019

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.