Concursos Abertos Concursos 2020

Concurso CGU: órgão confirma solicitação de novo edital

Letícia Teixeira Letícia Teixeira comentários
25/06/2020, às 17:29 • 1 semana atrás


				<![CDATA[]]>

A Controladoria-Geral da União confirmou nesta quinta-feira (26/5) o pedido de novo concurso ao Ministério da Economia (concurso CGU).

Veja os detalhes na resposta encaminhada à equipe de jornalismo do Direção Concursos:

“A CGU solicitou ao Ministério da Economia, dentro do prazo estabelecido pelo Decreto nº 9.739/2019, autorização para realização de concurso público no exercício de 2021. Com relação a cargos e número de vagas, a CGU somente poderá disponibilizar essa informação após autorização do Ministério da Economia para realização do concurso”.

De acordo com a própria CGU, em levantamento disponibilizado em 2019, o órgão conta com 3.098 cargos vagos, sendo 1.708 cargos vagos de técnico (TFFC) e 1.390 cargos vagos de analista (AFFC).

Quanto ganha um servidor da CGU?

O cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle é um dos mais prestigiados da carreira pública em nível superior, sobretudo quando o salário é levado em consideração.

De acordo com a tabela de vencimentos atualizada em janeiro de 2019, a remuneração inicial é de R$ 19,2 mil . Ao alcançar o topo da carreira, o Auditor chega a ganhar R$ 27,4 mil.

Além disso, o cargo recebe auxílio-alimentação de R$ 458 mensais.

cursos para este concursos
Confira os cursos do Direção para este concurso

Concurso CGU: outros pedidos encaminhados

Circulou na internet, em 2019, que o processo do concurso CGU estava se movimentando para fins de arquivamento do pedido de concurso.

Em resposta ao Direção Concursos, a CGU, através de sua assessoria e comunicação, informou que a movimentação no processo se referia a um ajuste no pedido de autorização do concursos, para que estivesse alinhado ao decreto que regulamenta a abertura de novas seleções públicas.

A equipe de jornalismo do Direção Concursos obteve acesso exclusivo ao ofício enviado à CGU sobre as mudanças exigidas.

Basicamente, tratava-se das medidas previstas e anunciadas pelo governo para a abertura de concursos públicos.

O decreto anunciado pelo governo, em março de 2019, exigia que o órgão prestasse uma série de informações para que o pedido de autorização seja deferido.

Foram pedidos, por exemplo:

  • perfil necessário,
  • descrição do processo de trabalho,
  • evolução do quadro pessoal nos últimos cinco anos,
  • demonstração que os serviços não possam ser realizados por execução indireta,
  • quantitativo de servidores e empregados cedidos nos últimos cinco anos,

Acesse o ofício completo aqui

O próprio órgão confirmou que iria acrescentar os requisitos pedidos e enviará ao Ministério da Economia. Veja abaixo a resposta obtida pelo Direção Concursos:

Concurso CGU: vagas para nível médio

O concurso CGU também deve trazer oportunidades para nível médio. Segundo fonte no órgão, o cargo de Técnico de Finanças e Controle, que teve edital em 2008, também será contemplado no próximo edital CGU.

Além das vagas para nível médio, é de conhecimento que a CGU deseja contratar novos servidores para o cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle.

Em 2018 foram solicitadas 650 vagas para o cargo de Auditor, destinado a candidatos de nível superior.

Concurso CGU: último edital

O último concurso CGU para a Controladoria Geral da União (CGU) ocorreu em 2012.

O certame foi organizado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf) e ofertou 250 vagas para Analista de Finanças e Controle, nas seguintes áreas e campos de atuação:

  • Administrativa
  • Correição
  • Comunicação Social
  • Auditoria e Fiscalização (Infraestrutura ou Geral)
  • Tecnologia da Informação (Sistemas ou Infraestrutura)
  • Prevenção e Ouvidoria

Distribuição de vagas concurso CGU 2012

Quase 20 mil candidatos se inscreveram no certame, em 2012. No entanto, segundo o órgão, 7.509 pessoas não compareceram às provas. O percentual de abstenção foi de 37,69%. Clique aqui e confira, em detalhes, a estatística de comparecimento por área e unidade de lotação.

Número de candidatos inscritos concurso CGU 2012

Concurso CGU: provas e etapas

A prova para Auditor Federal de Controle e Finanças, em 2012, foi composta por quatro avaliações: provas objetivas de conhecimento básicos, conhecimentos específicos, conhecimentos especializados e prova discursiva.

Nas duas primeiras, os conteúdos exigidos eram comuns a todos os candidatos.A nota máxima em cada uma das provas era de 60 pontos. Os candidatos deviam fazer, no mínimo, 24 pontos por área de conhecimento.

Conhecimentos Básicos

Língua Portuguesa (20 questões) x Peso 2

Língua Inglesa ou Espanhola (5) x Peso 1

Raciocínio Lógico-Quantitativo (5) x Peso 1

Administração Pública (5) x Peso 2

Conhecimentos Específicos

Direito Constitucional (10) x Peso 2

Direito Administrativo (10) x Peso 2

Administração e Orçamentária (10) x Peso 2

Na terceira prova, de conhecimentos especializados, os participantes respondiam a itens correspondentes às suas áreas de formação. O fator comum é que para todas as áreas, a pontuação máxima era de 180, devendo o candidato fazer, no mínimo, metade disso.

A prova discursiva valia 90 pontos e era feita juntamente à prova de conhecimentos específicos. Após ser classificado e todas essas provas, os candidatos eram submetidos à sindicância de vida pregressa e ao curso de formação da CGU.

Concurso CGU: último edital nível médio

O último concurso CGU para Técnico foi em 2008. O edital foi lançado pela Esaf, e ofereceu 180 vagas para o cargo, que exige nível médio. À época, a remuneração oferecida era de R$ 3.907,79.

Os candidatos a Técnico fizeram prova de Língua Portuguesa, Língua Inglesa ou Espanhola, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Conhecimentos Gerais, Informática, Direito Constitucional, Mátemática, Legislação Aplicada à CGU e Regime Jurídico Único dos Servidores.

Atualmente, a remuneração inicial do Técnico CGU ultrapassa os R$ 6 mil, fora os benefícios aos que os servidores têm acesso. No fim das contas, o ocupante do cargo pode receber até R$ 9 mil por mês.

No último concurso Técnico CGU, as vagas foram, predominantemente, para a Região Norte e para o Distrito Federal. Veja o quadro abaixo:

EstadoVAGAS%
ACRE42%
AMAPÁ63%
AMAZONAS74%
MATO GROSSO84%
PARÁ42%
RONDÔNIA74%
RORAIMA31%
TOCANTINS42%
DISTRITO FEDERAL13776%

180100%

Concurso CGU: órgão já reconheceu necessidade de novo edital

A CGU já admitiu a necessidade de servidores e confirmou, em 2018, que havia disponibilidade orçamentária para abertura de novo certame.

O concurso público para Auditor Federal de Finanças e Controle, da Controladoria Geral da União (CGU), é um dos mais aguardados pelos concurseiros interessados na área de controle.

Em entrevista ao Correio Braziliense, concedida em 2019, o ministro Wagner Rosário destacou a importância da contratação de novos servidores.

Para ele, a chegada de novos servidores não pode ser tratada como gasto. “As áreas de controle trabalham com as possibilidades que têm. Se tenho mais pessoas, eu fiscalizo mais. Com menos, o Estado está perdendo. É um investimento.

Ele também afirmou que se reuniu com o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel e com Paulo Guedes, ministro da Economia.

Segundo Rosário, o governo está muito preocupado com o controle das contas do país.

“A CGU apresentou em 2018 recuperação de R$ 7.2 bilhões, o nosso custo é R$ 1 bilhão, contando pessoal e inativos. Se eu tiver mais 300, 400 pessoas, posso voltar R$ 11 bilhões. O retorno é maior”

Atribuições e competências da CGU

A Controladoria-Geral da União (CGU) é o órgão de controle interno do Governo Federal responsável por realizar atividades relacionadas à defesa do patrimônio público e ao incremento da transparência da gestão, por meio de ações de auditoria pública, correição, prevenção e combate à corrupção e ouvidoria.

  • A CGU fiscaliza programas do poder executivo, como educação, saúde, transporte e segurança pública, que usam recursos federais, verificando se isso está sendo bem aplicado;
  • Atua em parceria com o TCU, órgão de controle externo, fazendo análise de prestação de contas que depois serão julgados por este;
  • Atua em parceria com o Ministério Público e a Polícia Federal, com uma seção de operações especiais, área que vem sendo reforçada, que faz o processo junto a esses órgãos no combate à corrupção.
  • Ela trata dos recursos em relação à Lei de Acesso à Informação (LAI). A CGU recebe os recursos de pessoas que pediram uma informação a algum órgão do poder executivo e não foram atendidas, que entendem que a decisão foi errada.

Opinião do especialista: “é um trabalho bem bacana, especialmente para quem está focado na área de controle e está esperando concurso para o TCU, o certame para a CGU é bom. Muitos dos aprovados no TCU são provenientes da CGU, porque as matérias dos concursos são muito parecidas e, porque, depois que está na CGU, trabalha com controle no dia a dia, ficando mais ambientado com as matérias, o que facilita depois nas provas do TCU.

Resumo concurso CGU:

Assinatura ilimitada

Com nossa Assinatura Ilimitada, você terá acesso a vários pacotes completos de cursos para concursos públicos, inclusive concursos federais

Não só isso, mas você utilizará da nossa ferramenta inédita e exclusiva: o PDF 2.0. Todos os problemas que um concurseiro pode imaginar, o PDF 2.0 resolve.

Então, clique abaixo e confira:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-9.png
auditor federal de finanças e controle cgu concurso auditor concurso auditor 2019 concurso cgu concurso cgu 2019 concurso cgu auditor concursos 2019 concursos previstos concursos públicos

Letícia Teixeira

Jornalista especializada em Narrativa Transmídia e Storytelling pela Universidade Católica de Brasília. Possui experiência nas áreas de assessoria de imprensa, redação, SEO, UX Writing e marketing digital.