Concursos Abertos Concursos 2021

Concurso da Fundação Florestal SP: em pauta edital para ensino médio; salários de R$ 4,3 mil

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
25/03/2019, às 09:45 • 2 anos atrás


				<![CDATA[
						]]>

O concurso Fundação Florestal SP, Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo, coloca em pauta a realização de um novo concurso para o órgão.

A fundação encontra-se há cerca de 10 anos sem realizar seleção pública para contratação de novos servidores e, dessa maneira, se prepara para promover um novo concurso público.

Confira nossos cursos neste link

Vagas e escolaridade

A Secretaria do meio Ambiente de São Paulo, à qual a Fundação Florestal SP é vinculada, já encaminhou pedido com o propósito de conseguir autorização do governo para prover cerca de 357 vagas.

Dessas, 227 são para os cargos com exigência de ensino fundamental, 54 para aqueles com ensino médio concluído e o restante, 76, para quem possui nível superior completo.

Remunerações

As remunerações iniciais variam de quase R$ 1,2 mil até 4,3 mil. Confira abaixo a remuneração para cada nível de escolaridade.

vagas e salários fundação florestal sp

Último concurso Fundação Florestal SP

As últimas provas aplicadas para a Fundação Florestal SP foram em 2010 e teve a banca Vunesp como organizadora do certame.

Foram ofertadas 117 vagas distribuídas pelos mais diversos cargos e escolaridades.

Resumo concurso Fundação Florestal SP

  • Banca: não definida
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: nível fundamental, nível médio e nível superior
  • Situação: pedido de autorização
  • Previsão: 2019

Confira nossos cursos neste link

Para receber todas as notícias sobre concursos públicos, salve o nosso número e envie uma mensagem com sua(s) área(s) preferida(s) de estudo.

Whatsapp


concurso fundacao florestal 2019 concurso fundação florestal sp

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.