Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso IBGE: órgão pede novo edital de efetivos para 2,5 mil vagas

Mateus Melis Mateus Melis comentários
29/04/2022, às 12:58 • 2 meses atrás

raciocinio logico ibge

Um novo concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) pode ser realizado! Foi encaminhado um pedido por edital de efetivos, destinado ao preenchimento de 2.503 vagas.

As oportunidades devem se dividir entre os seguintes cargos:

  • Analistas de Planejamento, Gestão e Infraestrutura e Tecnologistas em Informações Geográficas e Estatísticas – 1004 vagas;
  • Pesquisadores em Informações Geográficas e Estatísticas – 11 vagas;
  • Técnicos em Informações Geográficas e Estatísticas – 1488 vagas;

A justificativa por novo concurso IBGE de efetivos está no progressivo aumento de cargos vagos em decorrência de exonerações, falecimentos e aposentadorias, conforme explicou a diretora-executiva do órgão. Veja mais detalhes aqui!

Navegue pelo índice abaixo e consulte mais informações sobre o órgão e suas carreiras!

senado e mais

Cargos que podem ser ofertados no novo concurso IBGE

Conforme demonstrado anteriormente, o novo pedido de concurso IBGE são para mais de 2 mil vagas.

As oportunidades se distribuem entre os seguintes cargos:

  • Analistas de Planejamento, Gestão e Infraestrutura e Tecnologistas em Informações Geográficas e Estatísticas – 1004 vagas;
  • Pesquisadores em Informações Geográficas e Estatísticas – 11 vagas;
  • Técnicos em Informações Geográficas e Estatísticas – 1488 vagas;

Requisitos

Os interessados nos possíveis cargos que devem ser ofertados pelo edital devem ficar atentos aos requisitos que são exigidos em cada uma das especialidades.

Conforme demonstrado no edital de 2015 (último certame realizado para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas), os candidato devem apenas portar o diploma de conclusão de nível médio.

Já para os cargos de Analistas de Planejamento, Gestão e Infraestrutura e Tecnologistas em Informações Gegoráficas e Estatístcuas, além da carreira de Pesquisador em Informação Geográfica e Estatística, é necessário o nível superior de formação, a depender da especialidade escolhida.

Confira os requisitos que foram exigidos dos cargos de Analistas e Tecnologias do edital de 2015:

Analistas

  • Análise de Projetos
    • Curso superior completo.
  • Análise de Sistemas/ Desenvolvimento de Aplicações – Web Mobile
    • Curso superior completo com graduação em Análise de Sistemas, ou Tecnologia da Informação, ou Sistemas de Informação, ou Processamento de Dados, ou Ciência da Computação, ou Engenharia da Computação, ou Engenharia de Sistemas, ou Informática; ou ainda, curso superior completo com graduação na área de Ciências Exatas.
  • Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Sistemas
    • Curso superior completo com graduação em Análise de Sistemas, ou Tecnologia da Informação, ou Sistemas de Informação, ou Processamento de Dados, ou Ciência da Computação, ou Engenharia da Computação, ou Engenharia de Sistemas, ou Informática; ou ainda, curso superior completo com graduação na área de Ciências Exatas.
  • Análise de Sistemas/Suporte Operacional
    • Curso superior completo com graduação em Análise de Sistemas, ou Tecnologia da Informação, ou Sistemas de Informação, ou Processamento de Dados, ou Ciência da Computação, ou Engenharia da Computação, ou Engenharia de Sistemas, ou Informática; ou ainda, curso superior completo com graduação na área de Ciências Exatas.
  • Análise em Biodiversidade
    • Curso superior completo com graduação em Biologia, Ecologia, Geografia, Engenharia Florestal, Engenharia Agronômica ou Engenharia Ambiental.
  • Auditoria
    • Curso superior completo com graduação em Ciências Contábeis, Administração, Economia, Direito, Análise de Sistemas, ou Engenharia de Produção. No caso de formação em Ciências Contábeis, o candidato deverá apresentar a habilitação/registro no Conselho da categoria profissional.
  • Ciências Contábeis
    • Curso superior completo com graduação em Ciências Contábeis. Habilitação/registro no Conselho da categoria profissional.
  • Design Instrucional
    • Curso superior completo.
  • Educação Corporativa
    • Curso superior completo com graduação em Pedagogia.
  • Engenharia Agronômica
    • Curso superior completo com graduação em Engenharia Agronômica
  • Engenharia Civil
    • Curso superior completo com graduação em Engenharia Civil.
  • Geoprocessamento
    • Curso superior completo
  • Jornalismo/Redes Sociais
    • Curso superior completo com graduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo.
  • Orçamento e Finanças
    • Curso superior completo
  • Planejamento e Gestão
    • Curso superior completo
  • Processos Administrativos Disciplinares
    • Curso superior completo
  • Recursos Humanos – Administração de Pessoal
    • Curso superior completo
  • Recursos Humanos – Desenvolvimento de Pessoas
    • Curso superior completo
  • Recursos Materiais e Logística
  • Curso superior completo com graduação em Administração, Engenharia de Produção, Logística ou Direito

Tecnologistas

  • Biblioteconomia
    • Curso superior completo com graduação em Biblioteconomia.
  • Economia
    • Curso superior completo com graduação em Ciências Econômicas.
  • Engenharia Cartográfica
    • Curso superior completo com graduação em Engenharia Cartográfica ou Agrimensura.
  • Engenharia Florestal
    • Curso superior Completo com graduação em Engenharia Florestal.
  • Estatística
    • Curso superior completo com graduação em Estatística
  • Geografia
    • Curso superior completo com graduação em Geografia
  • Programação Visual/Webdesign
    • Curso superior completo com graduação em Design com habilitação em Comunicação Visual ou Mídia Digital; ou Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual; ou Comunicação Visual; ou Design; ou Design Gráfico; ou cursos de graduação correlatos às áreas de Design, Desenho Industrial e Comunicação Visual.

Salários concurso IBGE

De acordo com documento com plano de carreira dos servidores do IBGE de novembro de 2021, o cargos possuem, atualmente, os seguintes vencimentos e progressões:

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas (nível superior)

Inicialmente, o aprovado para o cargo inicia a carreira com os seguintes valores:

  • Classe A padrão I: R$ 5.440,06
  • Classe B padrão I: R$ 3.159,20
  • Classe C padrão I: R$ 3.949,00
  • Classe especial padrão I: R$ 7.909,43

No último padrão os valores chegam a:

  • Classe A padrão III: R$ 5.837,90
  • Classe B padrão III: R$ 6.624,06
  • Classe C padrão III: R$ 7.482,08
  • Classe especial padrão III: 8.493,72

Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas e Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (nível superior)

Nesta função, os valores iniciam em:

  • Classe A padrão I: R$ 4.821,47
  • Classe B padrão I: R$ 5.440,06
  • Classe C padrão I: R$ 6.170,83
  • Classe D padrão I: R$ 6,967,29
  • Classe especial padrão I: R$7.909,43

No padrão III os salários chegam a:

  • Classe A padrão III: R$ 5.173,52
  • Classe B padrão III: R$ 5.837,90
  • Classe C padrão III: R$ 6.624,06
  • Classe D padrão III: R$ 7.482,08
  • Classe especial padrão III: R$ 8.493,72

Técnico em Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas

Já para este cargo, os números iniciais são:

  • Classe A padrão I: R$ 2.455,27
  • Classe B padrão I: R$ 3.033,19
  • Classe especial padrão I: R$ 3.725,05

No último padrão os valores chegam a:

  • Classe A padrão VI: R$ 2.926,44
  • Classe B padrão VI: 3.596,83
  • Classe especial padrão III: R$ 3.985,52

Último concurso IBGE de efetivos para o cargo de Técnico

Conforme relatado anteriormente, o último edital para o cargo de Técnico foi realizado em 2015. Organizado pela Fundação Getúlio Vargas, o certame foi destinado ao preenchimento de 460 vagas.

A carga horária semanal foi de 40h e foram ofertados os seguintes salários iniciais:

Para assumir os padrões informados na tabela acima (GQ I, II e III), o aprovado no concurso IBGE deveria:

  • GQ I: aprovado deveria comprovar conclusão de curso de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos deveria integralizar carga horária mínima de 180 horas-aula;
  • GQ II: aprovado deveria comprovar aprovado deveria comprovar conclusão de curso de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos deveria integralizar carga horária mínima de 250 horas-aula; e
  • GQ III: aprovado deveria comprovar conclusão de curso de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos deveria integralizar carga horária mínima de 360 horas-aula; ou de curso de graduação ou pós-graduação.

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva que contou com as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa – 20 questões
  • Geografia – 15 questões
  • Matemática – 15 questões
  • Conhecimentos sobre o IBGE – 10 questões

Último edital para os cargos de Analistas e Tecnologistas

Também realizado em 2015, o concurso IBGE para as carreiras de Analistas e Tecnologistas foi organizado pela FGV.

Foram ofertadas à época, 90 vagas imediatas para as carreiras de Analista e 50 oportunidades para os cargos de Tecnologistas.

Os aprovados neste edital fizeram jus aos seguintes salários iniciais:

Os candidatos foram avaliados por meio das seguintes etapas:

  • Provas objetivas
  • Provas discursivas (somente para o cargo de Analista, nas especialidades de Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Sistemas)
  • Prova prática (somente para o cargo de Analista, na especialidade de Design Instrucional e para o cargo de Tecnologista, na especialidade de Programação Visual/Webdesign).

As provas objetivas do concurso IBGE de efetivos para todos os cargos (exceto Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Sistemas e Estatística):

Foram cobradas as seguintes questões da carreira de Estatística:

Foram cobradas as seguintes questões para a carreira de Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Sistemas

Resumo concurso IBGE de efetivos

Concurso IBGE: panorama para as funções temporárias

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (concurso IBGE) publicou os editais com 206.891 vagas de níveis fundamental e médio.

As vagas se dividem da seguinte forma:

  • 183.021 vagas para Recenseador
  • 5.450 vagas para Agente Censitário Municipal
  • 18.420 vagas para Agente Censitário Supervisor

Os documentos estão disponíveis, na íntegra, no portal da banca organizadora FGV. Os interessados poderão se inscrever até o dia 21 de fevereiro de 2022.

Em síntese, as principais informações do edital de Recenseador são:

Já para Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor, os detalhes são:

  • Banca: FGV
  • Vagas: 23.870
  • Escolaridade: médio
  • Salário: de R$ 1.700 até R$ 2.100
  • Período de inscrição: 15/12 até 21/01/2022
  • Taxas de inscrição: R$ 60,50
  • Data das provas: 10/04/2022
  • Link para o edital Agente publicado

Concurso IBGE: salário para temporários

A remuneração será calculada da seguinte forma: com base número de unidades visitadas, na taxa de remuneração dos setores censitários, no número de questionários respondidos e no número de pessoas recenseadas.

A jornada de trabalho recomendável é de, no mínimo, 25 (vinte e cinco) horas semanais, além da participação integral e obrigatória no Treinamento. Veja detalhes:

Concurso IBGE salários
Concurso IBGE salários
Concurso IBGE salários
Concurso IBGE salários
Concurso IBGE salários
Concurso IBGE salários

Será obrigatório o comparecimento do Recenseador ao Posto de Coleta nos dias e nos horários estipulados pelo ACM ou pelo ACS.

Os recenseadores aprovados no concurso IBGE serão remunerados por produtividade. A remuneração mensal pode ser calculada a partir do simulador online.

Além da remuneração básica, o IBGE oferecerá um valor de ajuda de locomoção para custear as despesas com deslocamento do recenseador para realização do seu trabalho.

Concurso IBGE: distribuição das vagas temporárias

As vagas são distribuídas por diversos estados. Veja abaixo uma imagem, do próprio IBGE, que trata da divisão de vagas por regiões do cargo de recenseador:

Agora, veja a divisão de vagas por região e estado para o cargo de Agente Censitário:

Requisitos concurso IBGE de temporários

  • Recenseador: ter ensino fundamental completo
  • Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor: Ter ensino médio completo

Provas e etapas do concurso IBGE para funções temporárias

O é somente por uma etapa: provas objetivas. Os cargos de Agente Censitário passarão por uma prova com 60 questões objetivas enquanto os candidatos ao cargo de Recenseador por uma prova de 50 questões objetivas.

Será exigido conhecimento dentro das seguintes disciplinas:

Além da prova objetiva, os candidatos ao concurso IBGE serão avaliados por meio da avaliação prática onde será exigida o mínimo de 80% de frequência. Esta etapa será realizada de forma presencial e online.

Concurso IBGE treinamento presencial
Concurso IBGE treinamento presencial

Conteúdo programático IBGE dos cargos de temporários

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis
de formalidade.

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Código de Ética do IBGE (disponível para download nos endereços eletrônicos https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv98031.pdf e no https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 ). 2 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações (art. 116, incisos I a IV, inciso V, alíneas a e c, incisos VI a XII e parágrafo único; art. 117, incisos I a VI e IX a XIX; art. 118 a art. 126; art. 127, incisos I a III; art. 132, incisos I a VII, e IX a XIII; art. 136 a art. 141; art. 142, incisos I, primeira parte, II e III, e § 1º a §4º).

MATEMÁTICA: 1 Números reais. 1.1 Operações e problemas. 2 Porcentagens. 2.1 Problemas que envolvem cálculo de percentuais. 3 Função do 1º grau. 3.1 Representações algébrica e gráfica. 4 Grandezas diretamente proporcionais e grandezas inversamente proporcionais. 5 Resolução de equações do 2º grau. 6 Unidades de medida (de comprimento, volume, capacidade, tempo, massa, temperatura e área) e resolução de problemas envolvendo grandezas (comprimento, volume, capacidade, tempo, massa, temperatura e área). 7 Problemas envolvendo o cálculo de área e
perímetro de figuras planas e volume. 8 Leitura de mapas e plantas baixas. 9 Localização e movimentação utilizando mapas e plantas baixas. 10 Leitura e interpretação de tabelas e gráficos.

CONHECIMENTOS TÉCNICOS: 1 Conhecimentos técnicos aplicados no Censo Demográfico 2021(Apostila – “Estudos dos Conhecimentos Técnicos” disponível no endereço https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 para download. O mesmo conteúdo da Apostila está disponível em Curso EAD on-line no site https://censo2022.ibge.gov.br/sobre/treinamento.htm

Conteúdo programático concurso IBGE – ACS e ACM

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

RACIOCÍNIO LÓGICO QUANTITATIVO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação. 3 Diagramas lógicos. 4
Aritmética. 5 Leitura e interpretação de tabelas e gráficos.

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Código de Ética do IBGE (disponível para download nos endereços eletrônicos
https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv98031.pdf e https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 2 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações (art. 116, incisos I a IV, inciso V, alíneas a e c, incisos VI a XII e parágrafo único; art. 117, incisos I a VI e IX a XIX; art. 118 a art. 126; art. 127, incisos I a III; art. 132, incisos I a VII, e IX a XIII; art. 136 a art. 141; art. 142, incisos I, primeira parte, II e III, e §1º a §4º).

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO/ SITUAÇÕES GERENCIAIS: 1 Aspectos gerais da administração. Organizações como sistemas abertos. 2 Funções administrativas. 2.1 Planejamento, organização, direção e controle. 3 Motivação, comunicação e liderança. 4 Processo decisório e resolução de problemas. 5 Noções básicas de gerência e gestão de organizações e de pessoas. 6 Eficiência e funcionamento de grupos. O indivíduo na organização: papéis e interações. Trabalho em equipe. Equipes de trabalho. 7 Responsabilidade, coordenação, autoridade, poder e delegação. 8 Avaliação de desempenho. 9 Compromisso com a qualidade nos serviços prestados.

Trabalhador CLT pode participar do concurso IBGE de temporários?

A equipe do Direção Concursos entrou em contato com a o setor Recursos Humanos do IBGE e, conforme a Lei 8745/1993, que trata das contratações temporárias para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, o candidato poderá sim conciliar as atividades de servidor temporário e trabalhador CLT em qualquer outra empresa privada. Veja maiores detalhes aqui!

Assinatura Ilimitada!

Que tal revolucionar a sua forma de estudar? Confira agora a nossa assinatura ILIMITADA e inicie sua aprovação rumo ao edital dos sonhos! São mais de 14 mil vídeo aulas, mais de 13 mil aulas em PDF e mais de 600 cursos para você! Vai querer perder essa oportunidade?

Não posso perder!

Você já sabe o que o PDF 2.0 que todo mundo está comentando? O professor Ronaldo Fonseca preparou um vídeo com todas as explicações sobre essa ferramenta que vai fazer toda a diferença na sua preparação:

Fique por dentro de todas as novidades do mundo dos concursos acompanhando nosso canal Direção News, no Youtube.

concurso IBGE edital ibge ibge ibge temporário vagas ibge

Mateus Melis

Jornalista do Direção Concursos. Formado em Jornalismo pelo UniCEUB, possui experiência nas áreas de assessoria de imprensa, redação e análise de inteligência e imagem.