Concursos Abertos Concursos 2021

Concurso PC PA: divulgado resultado definitivo das inscrições deferidas

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
02/03/2021, às 06:12 • 1 mês atrás

O concurso PC PA (Polícia Civil do Pará), que terá provas publicados nos próximos dias 21 e 28 de março, tornou público o resultado definitivo das inscrições deferidas. O documento poderá ser visto através do portal da banca Instituo AOCP.

A divulgação vem depois de análise dos recursos realizados, após resultado preliminar publicado em 10 de fevereiro. A publicação consta do Diário Oficial do pará, publicado na manhã deste dia 2 de março.

A informação está dividida em partes, sendo o anexo I referente às inscrições de candidatos Pessoas com Deficiência ou que solicitaram condições especial. O anexo II, por sua vez, refere-se às inscrições dos candidatos a uma das vagas da ampla concorrência.

pc pa e mais
Confira os cursos do Direção para este concurso

Confira as publicações

A primeira imagem abaixo refere-se às inscrições deferidas para os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista.

inscrições deferidas concurso polícia civil do pará

A segunda imagem refere-se às inscrições deferidas para o cargo de delegado de Polícia Civil no Pará.

inscrições deferidas concurso polícia civil do pará

Concurso PC PA: provas confirmadas

No último dia 23 de fevereiro, o governador do Pará, Helder Barbalho, confirmou a realização das provas nos dias previstos em edital (21 e 28 de março). A informação foi feita através de sua conta oficial no Twitter.

Segundo Barbalho, a Seplad (Secretaria de Planejamento) confirmou o cronograma inicialmente previsto e vai obedecer todas as recomendações e medidas de prevenção necessárias contra a proliferação da Covid-19.

O concurso PC PA tem edital publicado ofertando 1.088 vagas distribuídas entre os cargos de delegado, investigador, escrivão e papiloscopista, cujos salários podem atingir o valor de até R$ 18 mil inicias.

Disciplinas exigidas

Dente os conteúdos que serão exigidos na prova, estarão presentes as seguintes disciplinas (a depender do cargo escolhido):

  • português
  • raciocínio lógico
  • informática
  • estatística
  • contabilidade
  • administrativo
  • constitucional
  • penal
  • processo penal
  • legislação especial
  • arquivologia
  • medicina legal
  • biologia
  • física
  • química
  • conhecimentos do Pará

Concurso PC PA: requisitos e remuneração

Para ingressar em um dos cargos, o candidato precisará, dentro outros, preencher o seguinte requisito essencial.

  • DELEGADO
    • diploma em curso de nível superior em Direito
    • REMUNERAÇÃO INICIAL: R$ 18.050,00
  • INVESTIGADOR
    • diploma em curso de nível superior em qualquer área
    • Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”
    • REMUNERAÇÃO INICIAL: R$ 6.893,57
  • PAPILOSCOPISTA
    • diploma em curso de nível superior em qualquer área
    • REMUNERAÇÃO INICIAL: R$ 6.893,57
  • ESCRIVÃO
    • diploma em curso de nível superior em qualquer área
    • REMUNERAÇÃO INICIAL: R$ 6.893,57

Assinatura Ilimitada

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais ágil, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma nova experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

Motivação e Disciplina

Tem dúvida de como começar o estudo para concursos? O professor Ronaldo Fonseca tem uma dica rápida para você:

Resumo do concurso PC PA

  • banca: AOCP
  • cargos: investigador, escrivão e papiloscopista
  • vagas: 1.088
  • inscrições: ENCERRADAS
  • taxa: R$ 70 e R$ 140
  • prova: 28/03/2021 e 21/03/2020 (delegado)
  • salários: até R$ 18.050,00
  • Edital neste link
notícias concurso PC PA

As principais notícias do mundo dos concursos públicos em um lugar. Conheça o canal Direção News e se inscreva: clique aqui e confira!

concurso estadual concurso pc pa concursos estaduais pc pa

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.