Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso PF agente administrativo: saiba quais os requisitos de ingresso

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
07/06/2021, às 07:45 • 3 meses atrás

Um novo concurso PF agente administrativo pode se tornar uma realidade ainda em 2021. Isso porque a Polícia Federal encaminhou em Ministério da Economia solicitação destinada à área administrativa do órgão.

O número requerido foi de 577 vagas destinadas aos cargos de agente administrativo e demais cargos de apoio à corporação, como administradores, arquivistas, assistentes sociais, bibliotecários, engenheiros e outros.

Descubra se este é o concurso ideal para você.

RECURSO DA DISCURSIVA DA POLÍCIA FEDERAL – RESERVE JÁ SUA VAGA:

Sendo assim, muitos candidatos já entraram em polvorosa e iniciaram suas preparações para garantir uma dessas vagas. Mas você sabe o que é necessário para ingressar na PF em um desses cargos solicitados? Agora saberá!

Esta equipe de jornalismo foi atrás do último edital e trouxe a informação dos requisitos exigidos aos concorrentes, para ser nomeado e empossado na Polícia Federal. Confira nesta matéria.

cursos concurso pf agente administrativo
Confira os cursos do Direção para este concurso

Concurso PF: veja os requisitos de ingresso

Para garantir uma vaga no concurso PF agente administrativo, os candidatos devem possuir os seguintes requisitos de investidura no órgão (de acordo com o último edital):

  • Ter sido aprovado no concurso público.
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;
  • Estar em gozo dos direitos políticos.
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, conforme previsto em edital do concurso PF agente administrativo:
    • Agente administrativo: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.
    • Administrador: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Administração, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Arquivista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Arquivologia, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Assistente Social: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Serviço Social, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Contador: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Ciências Contábeis ou Ciências Atuariais, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Engenheiro : diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Engenharia (área específica da engenharia, se for o caso), em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Psicólogo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Psicologia, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Economista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Economia, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Bibliotecário: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Bibliotecário, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Enfermeiro: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Enfermagem, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Estatístico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Estatística, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Farmacêutico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Farmácia, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Médico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Medicina (área específica da medicina, se for o caso), em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Nutricionista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Nutrição, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Técnico em Assuntos Educacionais: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em pedagogia, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
    • Técnico em Comunicação Social: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de bacharelado em Comunicação Social, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e inscrição no Conselho Regional de Administração.
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público e(ou) entidade da esfera federal, estadual e (ou) municipal.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse.
  • Cumprir as determinações do edital de concurso PF agente administrativo.

Vale registrar que, hoje, o salário de um agente administrativo da Polícia Federal (nível médio) tem a remuneração básica de R$ 2.043,17 + gratificação por produtividade de até R$ 2.212,00, para a jornada de 40 horas semanais.

Em cargos de nível superior os salários são compostos da seguinte forma: vencimento básico de R$ 2.449,98 + valor mínimo da GDATPF de R$ 2.631,20, sendo o valor da GDATPF variável de R$ 2.631,20 a R$ 3.289,00, dependendo da avaliação de desempenho do servidor

Além dos vencimentos básicos, todos os cargos da Polícia Federal (concurso PF agente administrativo) contam com o auxílio alimentação de R$ 458,00 mensais.

Concurso Público: Assinatura Ilimitada com PDF 2.0

Estude pela plataforma mais moderna e revolucionária do mundo dos concursos: o PDF 2.0. Uma plataforma que te proporciona uma nova experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

Por isso, não perca a chance de se tornar um Assinante Ilimitado e ter acesso a todos estas vantagens. Clique abaixo para saber mais:

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias. Clique aqui e participe!

Resumo

  • Situação: SOLICITADO
  • Vagas: 557
  • Cargos: agente administrativo
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Salários: inicial de R$ 4.746,16
  • Último edital

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias policiais. Clique aqui e participe!

notícias concurso pf agente administrativo

Agora as notícias mais quentes do mundo dos concursos públicos, também podem ser acompanhadas no Instagram do Direção News. Basta clicar aqui e acompanhar nossas atualizações diariamente! CLIQUE AQUI E SIGA AGORA MESMO!

concurso federal concurso pf concurso pf 2021 concurso pf agente administrativo concurso pf agente administrativo 2021 concurso polícia federal concursos federais polícia federal

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

SAIBA MAIS