Concursos Abertos Concursos 2022

[EXCLUSIVO] Concurso PF: veja número de inscritos por cidade

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
20/04/2021, às 11:21 • 9 meses atrás

Em ação impetrada na Justiça por candidato a uma das vagas no concurso PF, o órgão informou o número de inscritos no certame por capital onde as provas serão realizadas. Foram 321.014 inscritos em todo o país.

Segundo o processo que o jornalismo do Direção Concursos teve acesso, o número de inscritos por cargo prevista na Polícia Federal foi o seguinte, listado logo abaixo:

  • Agente: 222.304
  • Escrivão: 53.486
  • Papiloscopista: 17.567
  • Delegado: 27.657

O total desses que se inscreveram em cada um dos locais de prova previstos no edital está previsto na imagem a seguir, que você confere abaixo:

inscritos concurso pf

Veja que a maior demanda vem de Brasília, seguido de Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador. As provas para o concurso PF estão agendadas para o próximo dia 23 de maio.

A banca organizadora do certame, o Cebraspe, informou que os pedidos de isenção de taxa ainda estão em processamento e quando finalizado a empresa irá divulgar o número oficial de inscritos no certame.

“Os pagamentos e pedidos de isenção referentes ao evento Polícia Federal (PF) ainda estão em processamento. A informação final do quantitativo de inscritos e a demanda de candidatos por cargo estará disponível no site oficial do evento na semana que antecederá as provas objetivas”, informou a empresa em nota encaminhada nesta terça-feira (20/4).

Veja todos os detalhes do concurso PF aqui!

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias policiais. Clique aqui e participe!

Concurso PF: ação na Justiça

Um candidato a uma das vagas no concurso PF impetrou uma ação na Justiça solicitando a desconcentração do certame em outros municípios na Bahia.

O impetrante apresenta dados acerca da curva de crescimento do contágio pela Covid-19 e pede que a seleção não ocorra somente na cidade de Salvador, mas também em outras regiões do estado, como:

  • 1-MESORREGIÃO DO EXTREMO OESTE BAIANO LOCAL DE PROVA BARREIRAS-BA
  • 2-MESORREGIÃO DO VALE SÃO-FRANCISCANO DA BAHIA LOCAL DE PROVA JUAZEIRO-BA
  • 3-MESORREGIÃO DO CENTRO-NORTE BAIANO LOCAL DE PROVA FEIRA DE SANTANA-BA
  • 4-MESORREGIÃO DO NORDESTE BAIANO LOCAL DE PROVA SERRINHA-BA
  • 5-MESORREGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR LOCAL DE PROVA SALVADOR-BA
  • 6-MESORREGIÃO DO CENTRO-SUL BAIANO LOCAL DE PROVA VITORIA DA CONQUISTA-BA
  • 7-MESORREGIÃO DO SUL BAIANO LOCAL DE PROVA PORTO SEGURO-BA

Subsidiariamente, o autor da ação pede que, caso não seja possível a transferência das provas para essas cidades, que o Cebraspe e a Polícia Federal suspendam as atividades do concurso na cidade de salvador, até o achatamento da curva da pandemia no Estado da Bahia.

Órgão responde

O órgão, por sua vez, responde com os dados apresentados nesta matéria sobre o quantitativo de candidatos por capital e informa que todas as providência estão sendo tomadas no sentido de alocar os candidatos em diversas escolas. Veja a seguir:

  • “Conforme se depreende da planilha acima, o número de candidatos a realizar provas em cada capital é variável, sendo que o número maior de candidatos se concentra exatamente nas maiores capitais, as quais dispõem de maior infraestrutura para aplicação das provas com a devida segurança.
  • Neste sendo, informa-se que todas as providências estão sendo tomadas no sendo de alocar os candidatos em tantas escolas quantas forem necessárias para a aplicação das provas com a devida segurança, não só na cidade de Salvador, mas como em todas as demais capitais e Distrito Federal, adotando- se todos os protocolos de distanciamento mínimo de 1,5 metros no ensalamento dos candidatos e demais medidas de segurança e prevenção do contágio pelo vírus.
  • Portanto, ausentes os elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou risco ao resultado úl do processo, deve ser indeferido o pedido liminar formulado na inicial, mantendo-se, assim, a realização das provas objetivas e discursivas do concurso público da Polícia Federal, já adiadas uma vez e com nova data provável de 23 de maio de 2021″, diz trecho do processo.

Concurso PF 2018 x 2021: veja um comparativo

Com um total de mais de 321 mil inscritos, o concurso PF 2021 tem mais do que o dobro de candidatos que o certame de 2018, que teve quase 148 mil. São mais de 180 mil concorrentes a mais.

Vale o registro, ainda, que a seleção anterior teve um quantitativo três vezes menor de vagas que o atual, com apenas 500 para provimento imediato.

No entanto, a oferta de cargos era maior, visto que estavam presentes no edital os cargos de delegado, agente, escrivão, papiloscopista e perito criminal. Veja o comparativo a seguir:

  • Agente
    • 2018: 92.671 inscritos
    • 2021: 222.304 inscritos
  • Escrivão
    • 2018: 12.663 inscritos
    • 2021: 53.486 inscritos
  • Papiloscopista
    • 2018: 6.452 inscritos
    • 2021: 17.567 inscritos
  • Delegado
    • 2018: 17.816 inscritos
    • 2021: 27.657 inscritos

Coragem para mudar de vida

A retomada e a publicação de importantes editais já são aguardadas para 2022. São esperadas mais de 236 mil vagas e pelo menos 170 editais.

Para que você saia na frente da concorrência, o Direção e o QConcursos colocaram o preço da Assinatura Ilimitada no chão! Tenha coragem para mudar de vida em 2022. Seja ilimitado!

Resumo concurso PF (Polícia Federal)

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias. Clique aqui e participe.

notícias concurso polícia federal
concurso federal concurso pf concurso pf 2020 concurso pf 2021 concurso polícia federal concursos federais polícia federal

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.