Concursos Abertos Concursos 2020

[EXCLUSIVO] Concurso PRF: “Órgão busca prover todos os 13.098 cargos até o final de 2022” diz diretor-executivo

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
29/06/2020, às 09:54 • 5 dias atrás

O último final de semana foi muito agitado nas redes sociais de José Lopes Hott, diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal, que decidiu responder a alguns questionamentos dos candidatos a uma vaga no concurso PRF 2020.

Buscando trazer informações adicionais àquelas que foram veiculadas por Hott, a equipe de jornalismo do Direção entrou em contato com o diretor para buscar mais esclarecimentos.

José Lopes Hott falou sobre o pedido de novo concurso, deficit no órgão, prioridade do Governo Federal, cronograma, autorização, formação de comissão, projeto básico, possíveis atualizações no próximo edital, publicação do edital, curso de formação e escolha de banca.

Ao final da entrevista, José Lopes Hott ainda dá um conselho para aqueles que buscam o sonho de se tornar Policial Rodoviário Federal. Ou seja, vale muito a pena conferir o bate-papo até o final.

O diretor também já chegou a afirmar que o concurso de nível médio não deve ocorrer no próximo edital. Porém, para Policial, é “a meta” que as vagas saiam ainda em 2020. Para saber esses e outros detalhes, clique aqui.

Quer saber mais? Confira TUDO nesta matéria! Mas saiba, antes, que o Direção Concursos preparou tem tudo e um pouco mais, visando à sua preparação para o próximo concurso PRF. Então, saiba mais sobre a Assinatura Ilimitada:

Já conhece a Assinatura Ilimitada Digital do Direção Concursos?

O Qconcursos e o Direção Concursos se uniram para disponibilizar uma solução completa de estudos para concursos públicos. É teoria e prática na medida certa e em um único lugar. Pague por mês e não comprometa o limite do seu cartão.

concurso pcdf e outros

Entrevista EXCLUSIVA concurso PRF 2020:

  • Já se sabe que houve uma solicitação de novo pedido junto aos órgãos responsáveis, para a autorização de nova seleção para cargos na PRF, o senhor confirma que o pedido foi para 2.634 vagas no cargo de Policial Rodoviário?
    • Sim, o pedido foi encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, que remeteu ao Ministério da Economia dentro do prazo previsto na legislação orçamentária, ou seja, até 30 de maio.

  • Durante todo o ano de 2019 e até mesmo em 2020, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e até mesmo Paulo Guedes, ministro da Economia, se mostram mais favoráveis a concursos na área policial, que em outras áreas do serviço público federal. Segundo informações, há, por parte do presidente, inclusive, a vontade de se fazer concurso para a PF e PRF, durante todos os anos do seu mandato. Isso é de conhecimento da corporação? Há um trabalho sendo realizado nesses moldes?
    • A PRF vem otimizando suas ações com diversos investimentos em inteligência, tecnologia, equipamentos e qualificação da gestão, mas seu principal recurso para cumprimento da missão continua sendo o policial. Felizmente, o governo Bolsonaro tem sensibilidade e ciência da importância do fortalecimento das forças de segurança pública para que tenhamos um país mais justo e seguro.

  • Se houve o pedido para essas mais de 2,6 mil vagas, houve um levantamento por parte do órgão em torno do deficit no quadro de pessoal. Quantos servidores seriam necessários, para que esse deficit fosse suprido?
    • Sim, a lei prevê a existência de 13.098 cargos de Policial Rodoviário Federal. O pedido apresentado busca prover todos esses cargos até o final de 2022.

  • Já foi formada uma comissão interna responsável pelos próximos passos até a publicação do edital, como autorização formal e escolha da banca? Caso a resposta seja não para esta pergunta, tem previsão de quando essa comissão seria montada?
    • Não. O assunto é tratado por estruturas permanentes da PRF, especialmente pela Diretoria Executiva e pela Diretoria de Gestão de Pessoas. A Comissão Nacional de Concursos só é designada após a autorização do certame pelo Ministério da Economia.

  • Já existe o projeto básico do concurso PRF 2020?
    • Não, a formalização do projeto só ocorre após a autorização do concurso pelo Ministério da Economia.

  • As provas/edital serão nos mesmos moldes do concurso anterior, ou haverá algum tipo de atualização (seja no conteúdo programático de provas objetivas/discursiva, seja no TAF, ou até mesmo em requisitos básicos para investidura no cargos)?
    • A cada novo concurso fazemos adequações evolutivas a partir da análise crítica do processo anterior, pois buscar a excelência em todas ações é dever do administrador público. Provavelmente teremos diversas evoluções nesse novo certame.

  • Pode-se acreditar que, se todos os planos da PRF derem certo, o edital já sairá em 2020, com provas em 2021, ou todas essas etapas já ocorreriam em 2020?
    • O cronograma depende diretamente da data de autorização pelo Ministério da Economia. A prévia submetida ao governo prevê um pedido de edital ainda para 2020, com a realização da três turmas do Curso de Formação Policial: a primeira no segundo semestre de 2021 e as outras duas em 2022. Só é possível cogitar a data da prova após autorização do concurso e seleção da organizadora.

  • Historicamente, a banca Cespe/Cebraspe é responsável pelos concursos PRF. Acredita que, mais uma vez, a organizadora será responsável pela seleção?
    • É impossível fazer essa afirmação. Com a autorização do concurso, é formalizado um projeto básico que subsidia a contratação da organizadora. O Cebraspe é certamente uma das grandes organizadoras no mercado, mas o processo de escolha é transparente e público, permitindo a participação de todas as organizadoras que consigam cumprir os requisitos exigidos de qualidade e segurança para o concurso.

  • Poderia dar conselho para aqueles que pretendem ser aprovados no concurso PRF 2020?
    • A carreira PRF é muito exigente, buscamos selecionar os melhores para que possamos atender o cidadão em nível de excelência, no conhecido #PadrãoPRF. A principal dica é: foco, muito estudo e dedicação para que os candidatos estejam preparados para um processo seletivo tão concorrido.
cursos para este concursos
Confira os cursos do Direção para este concurso

Resumo concurso PRF

concurso prf concurso prf 2020 entrevista exclusiva prf josé lopes hott prf

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.