Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso PRF: candidato vai ao TAF, após liminar deferida pela Justiça

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
16/06/2021, às 10:25 • 1 mês atrás

Um candidato do concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) ganhou o direito de participar do TAF (Teste de Aptidão Física), após ter liminar deferida em ação que questiona erros em questão da prova realizada no dia 9/5.

No caso em tela, o candidato ficou com nota 71 e, com as questões que ele pede anulação na Justiça, em número de três (3), poderia ter essa nota aumentada, o que garantiria mais do que os 73 pontos necessários para seguir no certame.

  • Veja:
  • Veja os itens que foram contestados:
concurso pf questao
“Essa contraria a resolução: é obrigatório, a questão diz caso seja necessário”, diz o advogado.
concurso pf questao
“Essa não determina a ausência, ao não utilizar ‘toda ausência’ o vernáculo implica entender que estamos falando de ‘alguma’, analisa Freitas.
concurso pf questao
“Essa está fora do edital (atribuição do diretor está numa portaria) e fora do bloco” alega Renan Freitas

Vale registrar que o juiz do caso explica que, por tratar-se de situação envolvendo concurso público e considerando os precedentes, o controle judicial é restrito ao exame de legalidade do processo seletivo.

A Justiça, em suas palavras, não pode alcançar os critérios técnicos ara a resolução das questões utilizados pela banca ou comissão responsável pela seleção. Assim, o Juiz não pode analisar o acerto ou desacerto das questões e respostas.

  • Confira trecho da decisão:

O Dr. Renan Freitas, advogado especialista em concursos públicos, explica que o fundamento da decisão se dá em vista do Periculum In Mora, ou seja, o “risco da demora”.

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias policiais. Clique aqui e participe!

CURSOS CONCURSOS POLICIAIS
Confira os cursos do Direção para esta área de estudos

Concurso PRF: situação

Na manhã do último dia 15 de junho, o Diário Oficial da União tornou público o resultado final da prova discursiva do concurso PRF, bem como a convocação dos aprovados para o TAF.

O certame teve provas aplicadas em 9 de maio, ofertando 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário federal, cujos salários podem chegar ao valor inicial de até R$ 9.899,88.

Um dos principais requisitos de ingresso é ter nível superior de escolaridade em qualquer área. A seleção está sendo organizada pela banca Cebraspe.

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias. Clique aqui e participe!

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais ágil, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma nova experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

Essa foi a escolha do primeiro colocado no concurso PRF, Elton Carlos dos Santos, e também pode ser a sua! Aproveite as vantagens da Orange Week clicando na imagem abaixo:

Resumo

  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 1.500 (+ 500 excedentes em 2022)
  • Cargos: Policial Rodoviário Federal
  • Escolaridade: nível superior
  • Salários: iniciais de R$ 9.899,88
  • Link do edital
notícias concurso prf

Agora as notícias mais quentes do mundo dos concursos públicos, também podem ser acompanhadas no Instagram do Direção News. Basta clicar aqui e acompanhar nossas atualizações diariamente! CLIQUE AQUI E SIGA AGORA MESMO!

concurso federal concurso polícia rodoviária federal concurso prf concursos federais polícia rodoviária federal prf

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.