Concursos Abertos Concursos 2020

Concurso Senado: apenas três bancas estão na disputa; veja quais!

Larissa Lustoza Larissa Lustoza comentários
19/05/2020, às 10:00 • 2 meses atrás

No momento atual, o concurso Senado encontra-se em fase de escolha de banca.

A comissão examinadora concluiu nesta segunda-feira (6/7) os estudos das propostas da empresas interessadas em organizar as provas do concurso. Seguem na disputa:

  • Cebraspe;
  • FGV;
  • Idecan.

A escolha da banca organizadora é a última etapa que antecede a publicação do edital. Com a escolha da empresa responsável o edital poderá ser publicado a qualquer momento.

O Presidente da Comissão Examinadora do Concurso Público, Roberci Ribeiro de Araújo, destacou que o conteúdo programático passou por reformulação, desde o último concurso realizado pelo Senado, inclusive com a inclusão de novas disciplinas.

Ele recomenda que os candidatos “busquem ampliar seu conhecimento com as disciplinas e questões pertinentes à carreira pretendida”.

Lembrando que, ao todo, oito empresas estavam na disputa pela organizanização do concurso Senado, sendo:

  • CEBRASPE
  • INSTITUTO ACESSO
  • INSTITUTO AOCP
  • IBFC
  • IDECAN
  • INSTITUTO MAIS
  • FGV
  • FUNRIO

Para mais informações sobre as bancas organizadoras, confira matéria completa na íntegra:

Análise das bancas

Concurso Senado: panorama

Em entrevista à Rádio Senado, o presidente da comissão que organiza o concurso Senado, Roberci Ribeiro, reafirmou a expectativa de lançar o edital ainda em no primeiro semestre. Isso aconteceu em janeiro, ou seja, antes da pandemia de Coronavírus se estabelecer no País.

À época, de acordo com Ribeiro, o edital passava por ajustes no conteúdo e em pontos relativos à acessibilidade.

Segundo informou, a comissão estava realizando balanceamento do conteúdo programático dos editais de 2008 e 2011, para distribuir esse conteúdo em face das atividades e atribuições do cargos, e também uma atualização do conteúdo” e reforçou, ainda, que no primeiro semestre, estaria com edital lançado, o que, agora, parece estar mais longe de acontecer.

Ouça a reportagem completa abaixo:

No site oficial do Senado, na segunda-feira (27/01), foi informado que o edital Senado está em fase de ajustes finais. Em nota, o presidente da Comissão Organizadora do próximo concurso Senado, reafirmou que o edital deveria ser lançado em breve e que, naquele momento, só alguns detalhes estão sendo averiguados.

De acordo com Roberci Ribeiro, presidente da comissão, os principais ajustes estavam relacionados às regras de acessibilidade e de inclusão social.

Além disso, informou que a comissão seguia trabalhando em procedimentos de identificação dos candidatos negros, pardos e com deficiência para evitar fraudes.

Uma inovação apontada é que os critérios de recrutamento e seleção dos cargos seriam submetidos às secretarias responsáveis pela lotação dos servidores.

“Diante das manifestações das secretarias e unidades consultadas, estamos reformulando o conteúdo programático, priorizando as matérias mais recorrentes na atuação profissional e realizando o balanceamento das questões em razão das disciplinas de maior relevância”, disse a Comissão em nota.

Na sexta-feira (24/01), o presidente da comissão realizou um vídeo esclarecendo estes pontos. A informação mais importante foi a promessa de que o edital sairá ainda no primeiro semestre de 2020, ou seja, até junho.

Veja abaixo:

O concurso Senado prevê edital com 40 vagas e deve ser finalizado até o fim de março, de acordo com redes sociais do órgão. Veja:

O órgão, para facilitar a vida dos candidatos, lançou um site com todas as informações, além de material didático. Acesse neste link.

Cursos para o Senado Federal

Audiência com bancas – concurso Senado

Em audiência na Casa no dia 5 de dezembro de 2019, nove bancas mostraram interesse em organizar o certame.

A seleção disponibilizará 40 vagas imediatas, além da formação de cadastro de reserva.

Veja as bancas que compareceram ao evento:

  • IAP
  • Idecan
  • FGV
  • Cesgranrio
  • Instituto Acesso
  • IBFC
  • Cebraspe (Cespe)
  • AOCP
  • IADES

Programa de Coaching para concursos públicos

Com o concurso se aproximando, muitos alunos começam a se preparar para um um estudo em alto rendimento, com alta produtividade. Conheça o Programa de Coaching do Direção Concursos neste link.

Conheça a assinatura ilimitada do Direção

Resumo concurso Senado 2020

  • Situação: AUTORIZADO;
  • Banca: não definida;
  • Cargos: Policial Legislativo, Técnico, Advogado e Analista;
  • Escolaridade: nível médio e superior;
  • Salário: iniciais de até R$ 33 mil
  • Últimos editais: Analista, Técnico, Policial Legislativo e Consultor

Autorização concurso Senado 2020

A autorização foi publicada no DOU, Diário Oficial da União, neste dia 3 de outubro de 2019, conforme imagem abaixo:

Pré-requisitos

  • Analista Legislativo – Nível superior, com diploma especializado na área de atuação desejada (Administração exigiu superior em qualquer área no último certame);
  • Técnico Legislativo – Nível médio ou curso técnico, de acordo com a área;
  • Advogado – Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de Direito. Inscrição, como Advogado, na Ordem dos Advogados do Brasil.

Esta notícia caiu como uma bomba no colo daqueles que sonham com concurso para área legislativa federal, já que muito se esperava de uma reforma administrativa, tanto no Senado, quanto na Câmara, antes de uma nova realização de concurso.

A próxima fase será da intuição da comissão organizadora que será responsável por todos os trâmites do procedimento que levará ao concurso senado.

Local de aplicação das provas

As provas serão realizadas em todas as capitais do país, como o Senado Federal adiantou em seu perfil no Instagram:

Quantitativo de cargos vagos no Senado atualizado!

Para os principais cargos ofertados, são MUITOS CARGOS VAGOS. Veja:

  • 178 para Policial Legislativo;
  • 5 para Advogados;
  • 112 para Analista com formação em Administração;
  • 247 para Analista com formação em Processo Legislativo.

Esses são apenas alguns exemplos de cargos com vagas autorizadas. Confira o quadro completo abaixo:

Estrutura remuneratória do concurso Senado

Concurso Senado 2012

Os últimos concurso para o Senado Federal foram realizados em 2012, pela banca FGV.

O concurso foi autorizado em Novembro de 2011 e já houve edital em 23 de dezembro! Atenção aqui para o tempo entre uma etapa e outra, o que pode voltar a ocorrer no próximo certame.

O edital foi publicado em 22 de dezembro de 2011. Foram ofertadas vagas para os seguintes cargos:

  • Policial Legislativo;
  • Apoio Técnico ao Processo Legislativo;
  • Apoio Técnico-Administrativo;
  • Saúde e Assistência Social;
  • Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico;
  • Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico.

Foram 25 vagas para o cargo de Policial Legislativo, em edital único, com remuneração inicial, pago à época, de cerca de R$ 13,8 mil, para candidatos que possuíssem o ensino médio completo. Veja:

Nota de corte Policial Legislativo

O último concurso do Senado teve como nota de corte 71,51% no último convocado. Ou seja, de 160 pontos possíveis, o candidato fez 114,416.

Os demais cargos foram ofertados em outro edital, também aplicado pela FGV, com 79 vagas para ampla concorrência, além de 5 vagas para candidatos pessoas com deficiência. Veja na tabela:

Veja outras notas de corte de outros cargos:

Cargo Inscritos Vagas Demanda Último convocado Corte
Técnico-Policial Legislativo 23.435 25 937.4 70ª 114,416 (71%)
Analista – Processo Legislativo 23.251 42 553.5 70ª 134,527 (84%)
Analista -Administração 11.675 32 364.8 79ª 122,000 (76%)
Analista -Contabilidade 1.805 6 300.8 13ª 123,800 (77%)
Analista-Informática 3.934* 7* 562 25ª 127,127 (79%)
Analista-Registro e Revisão 990 11 90 77ª 155,643 (97%)

A remuneração inicial também foi de cerca de R$ 13,8 mil para ambos os cargos, que pediam formação em nível superior em diversas áreas.

O que foi cobrado no concurso Senado 2012?

Cargo de Policial Legislativo do Senado

O concurso Senado, para Policial Legislativo, foi aplicado em uma prova objetiva de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, da seguinte forma:

A prova discursiva para o cargo de Policial Legislativo teve o seguinte rito::

O cargo de Policial Legislativo contou, também, com um Teste de Aptidão Física, TAF, que cobrou desempenho nos seguintes exercícios:

A terceira etapa da prova para Policial Legislativo, foi a Avaliação Psicológica, e determinou características e parâmetros do perfil do candidato conforme a tabela abaixo:

As quarta e quinta etapas foram: investigação social e curso de formação profissional, finalizando, assim, o concurso Senado para Policial Legislativo.

Quais matérias foram cobradas para Policial Legislativo?

Veja, abaixo, quais disciplinas foram cobradas para o cargo de Policial Legislativo:

  • Português;
  • Informática;
  • Atualidades;
  • Regimento Interno e Comum
  • Constitucional;
  • Penal;
  • Processo Penal;
  • Legislação Penal Extravagante;
  • Administrativo.

Demais Cargos

Já para os demais cargos previstos no outro edital daquele mesmo ano, a etapa de provas objetivas seguiu da seguinte maneira:

A prova discursiva para os referidos cargos, foi aplicada assim:

concurso senado concurso senado 2019 concurso senado 2020 concurso senado autorizado nível médio policial legislativo

Larissa Lustoza

Graduada em Jornalismo, já foi estagiária na área de Assessoria de Comunicação na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, repórter por um ano no projeto de extensão da faculdade e estagiária no jornal online Metrópoles. Além disso, possui habilitação em design gráfico e em Lei de Acesso à Informação.