Concursos Abertos Concursos 2023

Edital TCE TO publicado! 55 vagas de níveis médio e superior; confira os detalhes

Juliane Freitas Juliane Freitas comentários
05/08/2022, às 14:18 • 1 semana atrás

O edital do concurso TCE TO (Tribunal de Contas do Estado de Tocantins) foi publicado nesta sexta-feira, 5 de agosto, ofertando vagas de níveis médio e superior de formação, com salários que podem ultrapassar R$ 10 mil!

Em síntese, as principais informações são:

  • Banca organizadora: FGV
  • Cargos ofertados:
    • Auditor de Controle Externo
    • Analista Técnico
    • Assistente de Controle Externo
  • Vagas: 55 + CR
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Salários iniciais: entre R$ 2.844,38 e R$ 10.510,91
  • Inscrições: 8/8 a 31/8
  • Provas objetivas: 16/10
  • Edital

Veja a análise completa do edital, em vídeo:

Confira, a seguir, todos os detalhes desta oportunidade:

Veja nossos cursos para este concurso

Cargos e Vagas edital TCE TO

De acordo com o edital do concurso TCE TO, serão ofertadas as seguintes vagas de níveis médio e superior:

  • Auditor de Controle Externo, nível superior: 25 vagas
  • Analista Técnico, nível superior: 15 vagas
  • Assistente de Controle Externo, nível médio: 15 vagas

Veja, no quadro abaixo, quais serão as áreas de especialidade de cada cargo ofertado, bem como a segmentação de vagas:

Salários edital TCE TO

Ainda de acordo com o edital, os aprovados no concurso TCE TO terão os salários iniciais:

Além do vencimento base, os servidores do TCE TO ainda fazem jus a benefícios como o auxílio alimentação, no valor de R$ 1.700,00.

Para conferir qual é o salário atual dos servidores nomeados no último concurso TCE TO, acesse o Portal da Transparência do órgão!

Requisitos edital TCE TO

O candidato deverá atender, cumulativamente, para investidura nos cargos para o TCE TO, aos seguintes requisitos:

  • a) ter sido classificado no Concurso Público na forma estabelecida no Edital, em seus anexos e eventuais retificações;
  • b) ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do §1º do Art. 12 da Constituição da República Federativa do Brasil e na forma do disposto no Art. 13 do Decreto nº 70.436, de 18 de abril de 1972;
  • c) ter idade mínima de 18 anos completos;
  • d) estar em pleno gozo dos direitos políticos;
  • e) estar quite com as obrigações eleitorais e, se do sexo masculino, também com as obrigações militares;
  • f) firmar declaração de não estar cumprindo e nem ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade por prática de improbidade administrativa, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
  • g) apresentar declaração quanto ao exercício de outro(s) cargo(s), emprego(s) ou outra(s) função(ões) pública(s) e sobre o recebimento de proventos decorrente de aposentadoria e pensão;
  • h) apresentar declaração de bens e valores que constituam patrimônio;
  • i) firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
  • j) firmar termo de compromisso de sigilo e confidencialidade das informações;
  • k) ser considerado apto no exame admissional, mediante apresentação dos laudos, exames e declaração de saúde que forem por ele exigidos;
  • l) apresentar diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de Nível Médio ou Nível Superior, dependendo do cargo almejado, fornecido por instituição de ensino, reconhecido pelo Ministério de Educação, comprovado por meio de apresentação de original e cópia do respectivo documento, para o cargo pretendido;
  • m) não ter sido condenado à pena privativa de liberdade transitada em julgado ou a qualquer outra condenação incompatível com a função pública;
  • n) estar registrado e com a situação regularizada junto ao órgão de conselho de classe correspondente à sua formação profissional, quando for o caso;
  • o) estar apto física e mentalmente para o exercício do cargo, não sendo, inclusive, pessoa com deficiência incompatível com as atribuições deste;
  • p) não registrar antecedentes criminais; e
  • q) cumprir as determinações do Edital.

Atribuições dos cargos

Auditor de Controle Externo – Área de Controle Externo

Atribuições: Desempenho de todas as atividades finalísticas de caráter técnico de nível superior relativas a exercício das competências constitucionais e legais a cargo do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, incluídas às de planejamento, coordenação e execução da área de atuação.

Analista Técnico – Área de Apoio Técnico e Administrativo

Atribuições: Desempenho de todas as atividades administrativas e logísticas de nível superior relativas ao exercício das competências constitucionais e legais do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, incluídas às de planejamento, coordenação e execução da área de atuação.

Assistente de Controle Externo – Área de Apoio Técnico e Administrativo

Atribuições: Desempenho de atividades administrativas e logísticas de apoio de nível intermediário relativas às competências constitucionais e legais do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, bem como auxiliar o Auditor de Controle Externo, o Analista Técnico e o Técnico de Controle Externo no exercício de suas atribuições.

Inscrições edital TCE TO

As inscrições para o Concurso Público estarão abertas no período de 08 de agosto de 2022 a 31 de agosto de 2022. As candidaturas poderão ser realizadas diretamente no site da FGV, banca organizadora do certame.

As taxas de participação serão as seguintes:

  • R$ 90,00 para o cargo de nível médio
  • R$ 130,00 para os cargos de nível superior

Provas

Para todos os cargos, serão realizadas Prova Objetiva com 70 questões múltipla escolha e Prova Discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

A Prova Objetiva de múltipla escolha e a Prova Discursiva para o cargo de Auditor de Controle Externo (todas as formações) serão realizadas no dia 16 de outubro de 2022, das 8h às 12h30, segundo o horário oficial de Brasília/DF.

A Prova Objetiva de múltipla escolha e a Prova Discursiva para o cargo de Analista Técnico (todas as formações) e para o cargo de Assistente de Controle Externo (Nível Médio), serão realizadas no dia 16 de outubro de 2022, das 15h às 19h30, segundo o horário oficial de Brasília/DF.

Os locais para a realização da Prova Objetiva e da Prova Discursiva serão divulgados no site da FGV.

Provas Objetivas

Confira, nos quadros a seguir, detalhes de como serão as provas:

Auditor de Controle Externo (exceto para a formação específica em Direito)

Auditor de Controle Externo (apenas para a formação específica em Direito)

Analista Técnico (exceto para a formação específica em Direito)

Analista Técnico (apenas para a formação específica em Direito)

Assistente de Controle Externo (Nível Médio)

Prova Discursiva

A Prova Escrita Discursiva para os cargos de Auditor de Controle Externo e Analista Técnico (todas as formações) constará de 2 (duas) questões de conhecimentos específicos aplicados e valerá 30 pontos.

A Prova Escrita Discursiva para o cargo de Assistente de Controle Externo (Nível Médio) constará de 1 (uma) Redação valendo 30 pontos.

Clique aqui para ver o conteúdo programático completo!

Receba as principais notícias no Telegram do Direção News

SUPER SEMANA ILIMITADA!

A primeira colocada no concurso TCU rasgou elogios ao material do Direção Concursos. Além dela, a 01 da PCDF e o 01 da PRF também contaram com o melhor material do mundo dos concursos.

É hora de elevar o nível dos seus estudos e estudar com o melhor material disponível no mercado. É hora de dar um passo rumo à aprovação.

Estamos com uma promoção imperdível na Super Semana Ilimitada. Quem não clicar vai se arrepender.

NÃO QUERO ME ARREPENDER

Juliane Freitas

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Goiás e especialista em Marketing pelo IPOG.