Concursos Abertos Concursos 2020

Concurso TJDFT: relação de cargos vagos é enviada à comissão

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
24/09/2019, às 17:49 • 3 meses atrás


				<![CDATA[]]>

Nesta terça-feira (24/9), o TJDFT informou que o presidente do tribunal, desembargador Romão Cícero de Oliveira, comunicou às unidades competentes pela elaboração de concursos o número de cargos vagos atualmente no tribunal para que fosse realizada uma análise dos dados.

No entanto, o tribunal frisou que atualmente não há orçamento disponível para realização de concursos públicos que vise o provimento de tais cargos.

No começo de 2019, equipe de jornalismo do Direção Concursos recebeu a informação, em primeira mão, que o TJDFT elabora estudos para o próximo concurso, mas não havia orçamento disponível.

Em fevereiro, o processo administrativo do concurso estava suspenso por determinação do seu presidente, o Desembargador Romão Cícero de Oliveira.

Pode haver concurso TJDFT em 2019?

Como se sabe, nada em concurso público pode ser dado como definitivo.

Fontes de dentro do TJDFT afirmam que há muito interesse do órgão em fazer um novo concurso.

Com a reforma da Previdência, é provável que o órgão registre muitas aposentadorias .

“…é possível que, havendo sobra orçamentária ou o órgão conseguir verba suplementar, seja aberto novo edital para o TJDFT no final do segundo semestre ou começo de 2020”, disse a fonte.

Confira os nossos cursos para Tribunais

Processo restrito

O Processo Administrativo, que foi instaurado para analisar a viabilidade
do concurso, tem acesso restrito. Ou seja, segue tramitando em sigilo.

Por tal razão, qualquer notícia veiculada criando expectativas sobre a proximidade de realização do concurso TJDFT é mera especulação.

Ao final do documento, o órgão reitera que, diante do exposto, não há, no momento, previsão de concurso público para provimento de cargos.

https://www.direcaoconcursos.com.br/noticias/concursos-tjs-2019/

Estudo a médio/longo prazo

Por outro lado, vejamos a notícia pelo seu lado positivo, pois tudo nessa vida tem um lado positivo, não é mesmo?

Para aqueles que sonham em ingressar no serviço público através do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, vale começar uma preparação a médio/longo prazo.

É fato que, bem menos que num passado nem tão distante assim, o TJDFT é desses órgãos que nomeiam centenas de candidatos, além de ter seus aprovados aproveitados em outros tribunais federais com sede em Brasília.

Quadro de cargos efetivos

O TJDFT dispõe de muitos cargos, tanto para o cargo de Analista, quanto para o cargo de Técnico.

A última referência disponibilizada no site da transparência do órgão é de dezembro de 2018, e aponta para 288 cargos vagos.

Analista Judiciário

Técnico Judiciário

Aproveitamento de outros órgãos

Atualmente, o TJDFT está praticando uma política de aproveitamento de candidatos aprovados em outros órgãos.

Isso não necessariamente é algo ruim, se lembrarmos que no começo de 2018 a comissão dos aprovados do órgão chegou a emplacar inúmeros de seus aprovados em outros órgãos, como o TRF da 1º Região.

O site da transparência do TJDFT mostra de quais órgãos estão sendo aproveitados os candidatos para suprir urgência de demanda no tribunal.

O procedimento de aproveitamento segue em andamento e prevê o provimento de cerca de 60 vagas (aproximadamente 15 de cada concurso) entre aprovados no STM, TST, STJ e TRF 1º Região.

Estrutura remuneratória do TJDFT

A tabela abaixo irá mostrar a estrutura remuneratória, inclusive com gratificações variáveis e de todos os níveis dos cargos de Analista e Técnico.

Para o cargo de Analista, pode-se verificar que, atualmente, um servidor na careira inicial recebe R$ 12.455,30, acrescido de R$ 910 de auxílio-alimentação.

Já o ocupante do cargo de Técnico Judiciário recebe o valor de R$ 7.591,36,
acrescido de R$ 910 de auxílio-alimentação.

Último concurso TJDFT

O último concurso TJDFT foi promovido pela banca Cespe, em 2015, e ofertou vagas para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário (ambos com diversas especialidades).

Foram 80 vagas descritas em edital, além de um robusto cadastro de
reservas. Porém, muitos candidatos além das vagas dispostas foram nomeados ao longo de sua vigência.

Conteúdo cobrado no concurso TJDFT

Foram cobradas 120 assertivas: 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, fora a prova discursiva.

Prova de Analista Judiciário – Área Judiciária

Português

Redação Oficial

Informática

Direito Administrativo

Direito Constitucional

Ética

Atualidades

Direito Civil

Estatuto da Criança e Adolescente

Direito do Consumidor

Processo Civil

Direito Penal

Processo Penal

Legislação do TJ

Prova de Técnico Judiciário – Área Administrativa

Português

Redação Oficial

Informática

Direito Administrativo

Direito Constitucional

Ética

Atualidades

Segurança da Informação

Direito Civil

Processo Civil

Direito Penal

Processo Penal

Legislação do TJ

Último concurso TJDFT

Confira os nossos cursos para Tribunais

concurso tjdft concurso tjdft previsto edital tjdft tjdft tjdft estuda novo concurso

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.