Concursos Abertos Concursos 2020

Concurso TRT PR (TRT 9): comissão formada!

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
15/03/2019, às 12:13 • 11 meses atrás

				<![CDATA[]]>

O concurso TRT PR (TRT 9) já tem comissão formada, e as provas podem ocorrer em 2020. Veja neste artigo todas as informações sobre este certame, e saiba como se preparar para aproveitar esta ótima oportunidade no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (9ª região).

Comissão do Concurso TRT 9ª Região

A resolução que aprova a instituição da comissão do novo concurso TRT PR foi assinada pela Secretária do Tribunal Pleno, Ana Cristina Navarro Lins, no dia 28 de janeiro de 2019. Veja:

Comissão formada – concurso TRT 9

O último edital TRT 9 foi publicado em 2015 pela banca Fundação Carlos Chagas (FCC). O concurso ainda está válido, e sua validade expira em 03 de junho de 2019. Em contato com o TRT PR, o Direção Concursos foi informado que o objetivo da comissão é já iniciar agora os passos para realização do próximo certame. Com isso, o Tribunal pretende reduzir o tempo entre o fim da validade de um concurso e o início da validade do próximo. Durante este tempo o TRT PR não poderia nomear nenhum servidor.

Vale destacar que, no último concurso promovido pelo TRT PR, a validade do anterior terminaria em agosto de 2015. No mês seguinte já foi publicado o edital da próxima seleção.

No dia 25 de fevereiro de 2019, entretanto, os desembargadores do TRT 9 decidiram que o concurso deve ocorrer somente em 2020. A comissão permanece formada e dando andamento no planejamento do concurso, mas a decisão de postergar o edital se deve às dificuldades orçamentárias do ano corrente.

O Direção Concursos tem cursos para o concurso TRT 9ª Região. Prepare-se com nosso material!

Neste artigo, comentaremos sobre os cargos mais buscados para este certame: Técnico Judiciário – Área Administrativa, Analista Judiciário Oficial de Justiça (AJOF), Analista Judiciário Área Judiciária (AJAJ) e Analista Judiciário Área Administrativa (AJAA)

Caso prefera, assista ao vídeo:

Salários no concurso TRT 9

De acordo com a tabela padronizada, os salários de Técnico e Analista do TRT PR variam da seguinte forma:

Remuneração – Técnico do TRT/PR

Remuneração – Analista do TRT/PR

No portal da transparência do TRT 9, porém, percebe-se que os recebimentos são maiores do que os previstos em tabela. Isto porque, além da remuneração acima, os servidores recebem diversos benefícios (como auxílio alimentação de R$910), e podem receber funções comissionadas. No tribunal em questão, mais de 74% dos servidores ocupam um desses cargos em comissão, o que gera um aumento salarial significativo.

Veja alguns exemplos de remuneração no portal da transparência. Os números marcados em vermelho correspondem à remuneração bruta:

Técnico Judiciário – Área Administrativa (nível médio)

Analista Judiciário Oficial de Justiça (Direito)

Analista Judiciário Área Judiciária (Direito)

Analista Judiciário Área Administrativa (Superior)

Cargos vagos no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná

Segundo o site do tribunal, são 158 cargos vagos no momento, sendo 99 de Técnico e 59 para Analista. O último concurso foi somente para formação de cadastro de reserva, mas acabou convocando 148 aprovados na ampla concorrência.

Veja a tabela de convocados:

Cargo Número
de convocados
Analista Judiciário Área Administrativa 2
Analista Judiciário Área Judiciária 38
Analista Judiciário – Oficial Avaliador 7
Técnico Judiciário Área Administrativa 101

No concurso TRT 9 2015, quase 63 mil candidatos se inscreveram. O cargo com mais interessados foi o de Técnico Administrativo – Área Administrativa, que exigia nível médio. Foram 28.584 pessoas inscritas na seleção.

Linha do tempo do edital TRT PR 2015

Veja a seguir as datas mais importantes do último concurso do TRT PR:

Repare que o candidato teve dois meses entre o lançamento do edital e a realização das provas.

Além disso, como já mencionado anteriormente neste artigo, há uma tendência de o órgão lançar novo edital logo após o vencimento do anterior. Veja a linha do tempo da seleção de 2012:

Com isso, segue a expectativa de que o novo documento saia muito em breve. Logo, a preparação antecipada torna-se fundamental.

Como se preparar para o concurso TRT 9

Caso você pretenda se preparar para este certame, comece sabendo quais são as matérias exigidas para cada um dos principais cargos:

Técnico Judiciário – Área Administrativo (TJAA):

  • português
  • matemática e raciocínio lógico-matemático
  • noções de direito do trabalho
  • noções de direito processual do trabalho
  • noções de direito processual civil
  • noções de direito constitucional
  • noções de direito administrativo
  • noções de administração pública
  • noções de orçamento público e finanças

Como estudar para o TRT PR 2019/2020

Analista Judiciário – Área Judiciária (AJAJ) e Oficial de Justiça (OJAF):

  • português
  • matemática e raciocínio lógico-matemático
  • direito do trabalho
  • direito processual do trabalho
  • direito processual civil
  • direito civil
  • direito constitucional
  • direito administrativo

Analista Judiciário – Área Administrativa:

  • português
  • matemática e raciocínio lógico-matemático
  • noções de direito do trabalho
  • noções de direito processual do trabalho
  • noções de direito constitucional
  • noções de direito administrativo
  • noções de administração pública, de contabilidade pública, de orçamento público e de finanças.

Resumo sobre o concurso TRT 9 (PR)

  • Situação: comissão formada
  • Último concurso: 2015 (FCC)
  • Banca: sem definição
  • Cargos: Analista (superior) e Técnico (médio)
  • Link do último edital

Para conferir nossos cursos para o Concurso TRT PR, clique aqui!

comissão trt paraná comissão trt pr concurso trt paraná concurso trt pr concurso trt pr 2019 edital trt paraná edital trt pr edital trt pr 2019 trt paraná trt pr

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.