Concursos Abertos Concursos 2021

Concursos Rio de Janeiro: governo bloqueia 9,5 mil vagas; confira se seu concurso está na lista

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
17/06/2020, às 07:38 • 3 meses atrás

Buscando permanecer no Regime de Recuperação Fiscal, o Rio de janeiro apresentou pacote de medidas que prevê o bloqueio de mais de 9 MIL vagas no serviço público, em diversos órgãos e entidades estaduais.

Assim, o não preenchimento dos cargos vagos daria ao estado uma economia de R$ 775 milhões. A medida NÃO INCLUI cargos comissionados, mas apenas cargos efetivos na administração pública. O secretário de Fazenda, Guilherme Mercês, falou sobre a medida:

“Os cargos bloqueados já estavam vagos na administração pública. Não há risco para prejudicar os serviços públicos. O estudo do cargo comissionado está sendo feito, mas não tem o volume suficiente para essa compensação”.

Quais cargos foram bloqueados no Rio de janeiro?

Será que o Tribunal de Justiça (concurso TJ RJ), que está com edital publicado e provas suspensas, a Polícia Civil (concurso PC RJ), que tem previsão de edital com 864 vagas, e outros concursos esperados no Rio de Janeiro serão afetados?

Antes, confira uma oportunidade única de estudar com os MELHORES MATERIAIS do mercado, de uma maneira que CABE EM QUALQUER BOLSO:

Já conhece a Assinatura Ilimitada Digital do Direção Concursos?

O Qconcursos e o Direção Concursos se uniram para disponibilizar uma solução completa de estudos para concursos públicos. É teoria e prática na medida certa e em um único lugar. Pague por mês e não comprometa o limite do seu cartão.

Segundo as informações tiradas da edição extra do Diário Oficial do Rio de Janeiro, os cargos vagos que tiveram seus provimentos bloqueados foram para a a carreira de professor, médico, policial militar e bombeiro.

Confira:

  • 4.262 professores
  • 440 médicos
  • 540 policiais militares
  • 2.094 bombeiros

Desse modo, nenhuma das grandes seleções públicas para provimento de cargos no Rio de Janeiro foram afetadas, como os concursos TJ RJ, PCRJ, ISS Rio de janeiro (Municipal) e TCE RJ, por exemplo.

Economista da FGV opina

Em entrevista para o telejornal RJ TV, o economista Nelson Marconi, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) acredita que a medida não é suficiente, pois esses seriam cargos que já não iriam ser supridos por contratação de qualquer forma.

Portanto, na opinião de Marconi, trata-se apenas de uma “tentativa de apresentar disposição e austeridade com as contas públicas”, junto ao Governo Federal, de quem o estado busca ajuda financeira.

Ministério da Economia estipulou prazo

O Ministério da Economia havia estipulado prazo final para que o governo do Rio de janeiro se manifestasse quanto à compensação financeira, que deveria equivaler a R$ 600 milhões, mantendo-se no Regime de Recuperação Fiscal acordado.

Assim, na edição extra do Diário Oficial do dia 15 de junho, foram apresentadas contrapartidas que, somadas, vão gerar uma redução de R$ 1,6 bilhão, ou seja, um valor quase três vezes maior que o solicitado.

Desse modo, além do congelamento dos cargos já citados, outras ações serão implementadas, visando ao alcance da economia esperada.

concursos rio de janeiro concursos rj governo rj bloqueia cargos vagos

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.