Concursos Abertos Concursos 2021

Concursos TJ: quente, morno ou frio? Veja a situação de 10 órgãos

Larissa Lustoza Larissa Lustoza comentários
13/02/2020, às 18:21 • 7 meses atrás

Não é surpresa que o Poder Judiciário alimenta os sonhos dos concurseiros. A carreira traz vantagens e pontos positivos que são bastante atraentes. No entanto, o caminho até a posse em um TJ não é tão fácil. Seja pelo nível de conhecimento exigido nas provas até a quantidade de vagas, a preparação para a área judiciária envolve tempo e dedicação.

Em 2019, tivemos vários concursos de Tribunais de Justiça, como TJ CE, TJ MA, TJ PA, TJ RS e TJ AM. E, para 2020, há concursos de vários tribunais esperados.

Nesta matéria, montamos um resumo da situação de 10 Tribunais de Justiça. Ainda classificamos a maioria em quente, morno ou frio em nível de chances de acontecer ainda este ano.

Edital na praça

TJM MG

O edital TJM MG foi publicado em janeiro deste ano com 24 vagas imediatas, distribuídas em cargos de nível superior e nível médio. As remunerações vão de R$ 3.692,61 a R$ 5.782,78. As inscrições vão começar somente em março e as provas serão aplicadas em maio. A banca organizadora é a Fumarc.

Todos os cargos passarão por uma prova objetiva e uma prova de redação, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Saiba mais aqui.

Quente

TJ SC

Em 2019, o TJ SC surpreendeu ao publicar o extrato de contratação da banca FCC como organizadora do próximo concurso. A decisão foi inesperada, pois já havia um concurso em andamento, realizado em 2018.

Sabe-se que serão ofertadas vagas imediatas e Cadastro de Reserva para os cargos de Analista Administrativo, Analista de Sistemas, Assistente Social, Médico, Psicólogo e Técnico Judiciário Auxiliar.

O edital deve sair em alguns dias, de acordo com o juiz auxiliar da 1ª Vice-Presidência, cuja uma das atribuições é auxiliar as comissões de concursos públicos. Saiba mais aqui.

TJ RJ

Especula-se que o edital TJ RJ será publicado ainda em fevereiro. A banca Cebraspe já foi definida como organizadora das 160 vagas imediatas. Já se sabe que serão aplicadas provas objetivas para o cargo de Técnico Judiciário e provas objetivas e discursivas para Analista Judiciário.

Os três cargos que mais oferecem vagas são: Técnico de Atividade Judiciária (85 vagas); Analista Judiciário (sem especialidade – 31 vagas) e Analista Judiciário (Execução de Mandados – 10 vagas). Saiba mais aqui.

Morno

TJ GO

O ministro Humberto Martins recomendou, ao TJ GO, a realização de um novo concurso. O tribunal tem até 90 dias para tomar as providências. Uma situação parecida ocorreu em 2019, com outro tribunal (TJ MA), que resultou na realização de um concurso público.

Atualmente, há 143 cargos vagos de Analista Judiciário (Apoio Judiciário e Administrativo), 75 cargos vagos de Analista Judiciário (Área Especializada), 71 cargos vagos de Analista Judiciário (Área Judiciária) e 42 cargos vagos de Oficial de Justiça. A remuneração inicial vai de R$ 4.791,72 a R$ 5.324,82.

Último concurso ocorreu em 2014 e foi organizado pela FGV. Saiba mais aqui.

TJ RS

No momento, o tribunal está escolhendo a banca para o concurso TJ RS para o cargo de Oficial de Justiça (PJ-H), cargo de nível médio. A expectativa é que mais de cem aprovados sejam chamados, devido ao alto déficit de servidores no órgão.

Em 2019, ocorreu uma seleção para o cargo de Oficial de Justiça (Classe O). O certame foi organizado pela FGV e ofertou 3 vagas imediatas, além de formação de Cadastro Reserva.

A remuneração média de um Oficial de Justiça (PJ-H) é por volta de R$ 8 mil. O último concurso para este cargo ocorreu em 2014 e foi organizado pela Faurgs. Saiba mais aqui.

TJ MG

Desde 2019, as bancas para os concursos das duas instâncias foram escolhidas. Para a 1ª instância, foi escolhida o Instituto AOCP enquanto para a 2ª instância, a banca IBFC foi selecionada. A expectativa são de vagas para os cargos de Oficial Judiciário e Técnico Judiciário. A remuneração varia de R$ 5 mil a R$ 10 mil, de acordo com o cargo.

No entanto, não houve mais atualizações sobre o concurso, pois, em 2019, um projeto de lei que reorganizava a estrutura administrativa do tribunal começou a tramitar. A lei foi sancionada somente ao final daquele ano e, desde então, espera-se o lançamento do edital.

TJ TO

O Conselho Nacional de Justiça estipulou um ano para a realização do concurso, contados a partir de junho de 2019. Um novo concurso era esperado para 2018, mas o Tribunal de Contas do estado determinou a suspensão dos procedimentos.

Porém, em 2019, o tribunal decidiu pela legalidade do processo licitatório, permitindo que a banca Cebraspe fosse contratada. Eram esperados 30 vagas imediatas, além de Cadastro de Reserva, nos cargos de Técnico Judiciário, Analista Judiciário e Oficial de Justiça.

Com isso, espera-se a publicação do edital até junho. A remuneração inicial vai de R$ 8.440,58 a R$ 16.490,48. Saiba mais aqui.

TJ BA

Há bastante expectativa por um novo concurso TJ BA. Em 2019, um crédito suplementar havia acendido suspeitas de um novo edital, mas o tribunal afirmou que o orçamento era para juiz leigo e conciliador.

Porém, o Orçamento 2020 do estado trouxe a autorização de 50 novas admissões para o TJ BA. O último concurso ocorreu somente em 2015, organizado em FGV.

A carreira de um Técnico Judiciário começa com R$ 3.581,83 e um Analista, com R$ 5.876,75. Saiba mais sobre o concurso TJ BA aqui.

Frios

TJ SP

O último concurso TJ SP, cujas provas foram aplicadas em 2017, teve a validade prorrogada outra vez. A decisão foi proferida em agosto de 2019 e surpreendeu muitos concurseiros, já que havia sido realizada uma prorrogação. De acordo cm o tribunal, foi uma medida “razoável e proporcional” às circunstâncias atuais do órgão.

Com isso, um novo concurso se torna improvável em 2020.

TJDFT

Um novo concurso TJDFT, em 2020, é improvável. Apesar de ter sido realizado um estudo para levantar a quantidade de cargos vaos, o tribunal frisou que não há orçamento disponível para uma nova seleção.

Em contrapartida, o tribunal deverá preencher os cargos vagos com os aprovados de outros certames, como TRF 1, STJ e STM.

Confira nossos pacotes para área de Tribunais

TJ

Larissa Lustoza

Graduada em Jornalismo, já foi estagiária na área de Assessoria de Comunicação na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, repórter por um ano no projeto de extensão da faculdade e estagiária no jornal online Metrópoles. Além disso, possui habilitação em design gráfico e em Lei de Acesso à Informação.