Concursos Abertos Concursos 2022

Edital IBGE Recenseador: confira todos os detalhes do concurso

Larissa Lustoza Larissa Lustoza comentários
18/02/2021, às 16:29 • 10 meses atrás

O edital IBGE com 181.898 vagas para o cargo de Recenseador foi publicado. Com inscrições marcadas para começar no dia 23/2, candidatos que só possuem nível fundamental podem participar da seleção.

Nesta matéria, você vai saber os principais e mais importantes detalhes do edital. Confira:

Como fazer inscrição para o IBGE Recenseador

As inscrições do edital IBGE recenseador estarão disponíveis do dia 23/2 até 19/3 por meio do site da banca organizadora Cebraspe.

Para se candidatar, o interessado precisa ter nível fundamental completo, mínimo de 18 anos e apresentar declaração de que não se encontra na condição de sócio-gerente ou administrador de sociedades privadas.

O edital inclui, nesta condição, os Microempreendedores Individuais (MEI).

As jornadas de horário recomendas pelo edital IBGE Recenseador é de 25 horas semanais.

Para saber a distribuição das 181.898 vagas, clique aqui e confira a tabela na íntegra.

Qual o salário de um recenseador do IBGE

A remuneração do Recenseador será por produção, calculada conforme:

  • número de unidades visitadas
  • taxa de remuneração dos setores censitários
  • número de questionários respondidos
  • número de pessoas recenseadas

Em média, valor pode ir de R$ 1,1 mil até R$ 2,1 mil.

Quanto tempo dura o contrato temporário do IBGE

O prazo do contrato temporário do IBGE para Recenseador é de 3 meses, podendo ser prorrogados conforme necessidade.

O período de atuação será de 1 de agosto até 31 de outubro de 2021, período em que será realizado o Censo 2021.

O que estudar para o concurso IBGE Recenseador

Os candidatos para o cargo de Recenseador vão passar por uma prova objetiva prevista para o dia 25 de abril. Estas provas terão a seguinte estrutura:

  • Língua Portuguesa: 10 questões
  • Matemática: 10 questões
  • Ética no Serviço Público: 5 questões
  • Conhecimentos Técnicos: 25 questões

Ao todo, provas tem a pontuação máxima de 50 pontos. Cada questão será de múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E) sendo somente uma a correta.

Veja abaixo o conteúdo cobrado em cada um dos tópicos:

LÍNGUA PORTUGUESA: : 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

MATEMÁTICA: 1 Números reais. 1.1 Operações e problemas. 2 Porcentagens. 2.1 Problemas que envolvem cálculo de percentuais. 3 Função do 1º grau. 3.1 Representações algébrica e gráfica. 4 Grandezas diretamente proporcionais e grandezas inversamente proporcionais. 5 Resolução de equações do 2º grau. 6 Unidades de medida (de comprimento, volume, capacidade, tempo, massa, temperatura e área) e resolução de problemas envolvendo grandezas (comprimento, volume, capacidade, tempo, massa, temperatura e área). 7 Problemas envolvendo o cálculo de área e perímetro de figuras planas e volume. 8 Leitura de mapas e plantas baixas. 9 Localização e movimentação utilizando mapas e plantas baixas. 10 Leitura e interpretação de tabelas e gráficos.

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Código de Ética do IBGE (disponível para download nos endereços eletrônicos https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv98031.pdf no http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_recenseador). 2 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações (art. 116, incisos I a IV, inciso V, alíneas a e c, incisos VI a XII e parágrafo único; art. 117, incisos I a VI e IX a XIX; art. 118 a art. 126; art. 127, incisos I a III; art. 132, incisos I a VII, e IX a XIII; art. 136 a art. 141; art. 142, incisos I, primeira parte, II e III, e § 1º a §4º).

CONHECIMENTOS TÉCNICOS: 1 Conhecimentos técnicos aplicados no Censo Demográfico 2021 (Apostila – “Estudos dos Conhecimentos Técnicos” disponível no endereço http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_recenseador para download. O mesmo conteúdo da Apostila está disponível em Curso EAD on-line no site https://censo2021.ibge.gov.br/sobre/treinamento21.html).

Aproveite o material de estudos do Direção Concursos com 20% de desconto até o dia 25 de fevereiro usando o cupom EDITALIBGE21:

curso IBGE

Cronograma edital IBGE Recenseador

cronograma ibge edital recenseador
cronograma ibge recenseador
cronograma ibge recenseador

Resumo

  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 181.898 vagas
  • Cargos: Recenseador
  • Escolaridade: níveis fundamental
  • Inscrições: 23/2 a 19/3
  • Taxa de Inscrição: R$ 25,77
  • Data da prova objetiva: 25 de abril
  • Salários: de R$ 1.100,00 a R$ 2.100,00
  • Link do edital recenseador

Tem dúvida de como organizar o seu estudo pós-edital? O professor Ronaldo Fonseca tem uma dica muito rápida e importante. Confira abaixo:

Assinatura Ilimitada

Já conhece a ferramenta que revolucionou a metodologia de estudos para concursos públicos? Clique na imagem abaixo e veja o que te espera:

concursos publicos
concurso anvisa e mais
concurso IBGE concurso ibge 2021 concurso ibge recenseador concurso recenseador concurso recenseador ibge edital concurso ibge edital do concurso ibge 2020 edital do concurso ibge 2021 edital ibge ibge recenseador

Larissa Lustoza

Graduada em Jornalismo, já foi estagiária na área de Assessoria de Comunicação na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, repórter por um ano no projeto de extensão da faculdade e estagiária no jornal online Metrópoles. Além disso, possui habilitação em design gráfico e em Lei de Acesso à Informação.