Concursos Abertos Concursos 2022

Concurso PC SP – visão completa dos últimos editais

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
03/06/2019, às 11:07 • 3 anos atrás

Com as últimas notícias indicando que o governo do estado de São Paulo anda se preocupando com o contingente da Polícia Civil, um novo edital para os cargos de delegado, escrivão e investigador pode pintar em 2019.

A intenção, segundo a secretaria de segurança da atual gestão é que sejam realizados concursos policiais anualmente.

Vale lembrar que o concurso PC SP para os três cargos descritos abaixo ainda NÃO FORAM HOMOLOGADOS e encontram-se em fase de provas orais.

Vamos, nesta matéria, destrinchar os editais publicados em 2018 para os referidos cargos. Confira:

Concurso PC SP – Delegado

O último edital para delegado da Polícia Civil de São Paulo foi publicado em março de 2018 e foi organizado pela Vunesp, tradicional banca e conhecida principalmente do público paulista.

Foram ofertadas 250 vagas para provimento imediato, sendo 13 dessas vagas destinadas às pessoas com deficiência.

A remuneração paga aos ocupantes que tomarem posse foi de R$ 9.888,07, o que corresponde à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – (RETP) e do Adicional por Direção da Atividade de Polícia Judiciária (ADPJ).

As inscrições de se deram do dia 4 de abril ao dia 2 de maio, com taxa de inscrição no valor de R$ 84,81.

Os pré-requisitos para assumir o cargo de delegado foram:

  • Graduação em Direito, com diploma registrado;
  • Comprovação de atividade jurídica;
  • Outros descritos no edital.

O concurso foi realizado em cinco fases distintas:

  • Prova objetiva;
  • Prova escrita;
  • Investigação social;
  • Prova oral;
  • Prova de títulos.

A prova objetiva teve duração de cinco horas e contou com 100 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, de caráter eliminatório e classificatório, apresentando as seguintes disciplinas:

Perceba que a prova continha pontuação mínima de corte, ou seja, o candidato precisou acertar um número mínimo de questões para não ser reprovado.

A aplicação da prova objetiva foi no dia 27 de maio de 2018.

Já a prova escrita foi constituída de 1 (uma) questão dissertativa e 4 (quatro) questões discursivas, com pontuação máxima valendo 100 pontos e o candidato teve 4h para sua realização.

A prova oral, gravada em áudio e vídeo, consistiu na arguição do candidato em sessão pública.

A prova de títulos contou com a seguinte pontuação:

O candidato teve sua pontuação de títulos limitada a 20 pontos, caso ultrapassasse esse valor.

Concurso PC SP – Investigador de Polícia

O último edital para o concurso PC SP para o cargo de investigador de polícia também foi organizado pela banca Vunesp, com 600 vagas para provimento imediato, sendo 30 dessas destinadas aos candidatos com deficiência.

O valor da taxa da inscrição foi de R$ 84,81 e o prazo para efetuá-la foi do dia 16 de abril até o da 15 de maio de 2018.

O Investigador de Polícia tem o total de vencimentos a partir de R$ 3.743,98, correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.

O pré-requisito para assumir o cargo de investigador foi:

  • Nível superior com graduação;
  • Outros descritos no edital.

O concurso para investigador cotou com cinco fases distintas:

  • Prova objetiva;
  • Prova escrita;
  • Investigação social;
  • Prova oral;
  • Prova de títulos.

A prova objetiva avaliará o conhecimento do candidato e será constituída de 100 (cem) questões objetivas com 5 (cinco) alternativas cada uma, abrangendo as seguintes disciplinas:

O candidato precisava acertar um número mínimo de assertivas em cada disciplina, para ser aprovado no concurso.

A prova escrita teve por objetivo avaliar o domínio da norma culta, o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio lógico e a capacidade de argumentação, nas seguintes disciplinas: Noções de Direito e Noções de Criminologia.

A prova escrita teve duração de 4h e pontuação de 100 pontos.

A prova oral, gravada em áudio e vídeo, consistiu na arguição do candidato em sessão pública.

A prova de títulos seguiu o padrão da tabela apresentada logo abaixo:

O candidato que apresentar títulos que venham a somar mais de 20 (vinte) pontos terá sua pontuação limitada a 20 (vinte).

Concurso PC SP – escrivão de Polícia

Assim como os dois primeiros, o edital para escrivão de polícia de São Paulo foi promovido pela Vunesp e trouxe 800 vagas imediatas, sendo (40) quarenta dessas destinadas às pessoas com deficiência.

As inscrições estavam disponíveis entre os dias 16 de abril até 15 de maio, com provas objetivas sendo aplicadas no dia 10 de junho de 2018.

O Escrivão de Polícia tem o total de vencimentos a partir de R$ 3.743,98, correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.

O pré-requisito para assumir o cargo de investigador foi:

  • Nível superior com graduação;
  • Outros descritos no edital.

O concurso para escrivão também foi aplicado com cinco fases distintas:

  • Prova objetiva;
  • Prova escrita;
  • Investigação social;
  • Prova oral;
  • Prova de títulos.

A prova objetiva avaliará o conhecimento do candidato e será constituída de 100 (cem) questões objetivas com 5 (cinco) alternativas cada uma, abrangendo as seguintes disciplinas:

O candidato precisava acertar um número mínimo de assertivas em cada disciplina, para ser aprovado no concurso.

A prova escrita tem por objetivo avaliar o domínio da norma culta, o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio lógico e a capacidade de argumentação, nas seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática e Noções de Criminologia.

A prova oral, gravada em áudio e vídeo, consistiu na arguição do candidato em sessão pública.

A prova de títulos seguiu o padrão da tabela apresentada logo abaixo:

O candidato que apresentar títulos que venham a somar mais de 20 (vinte) pontos terá sua pontuação limitada a 20 (vinte).

Confira os editais na íntegra:

concurso pc sp concurso pc sp 2018 delegado pc sp 2018 edital pc sp edital pc sp 2018 escrivão pc sp 2018 investigador pc sp 2018

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.