Concursos Abertos Concursos 2020

Edital concurso PM PR publicado; provas suspensas

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
20/03/2020, às 09:00 • 5 meses atrás

A Policia Militar do Paraná e o Núcleo de Concursos da UFPR informam que o concurso para a graduação de Soldado PM e BM foi adiado em razão das atuais implicações sanitárias frente ao coronavírus.

É importante ressaltar que o concurso foi adiado, não cancelado, possibilitando aos candidatos um maior tempo para se prepararem para o certame.

Apanhado geral:

O edital do concurso PM PR foi publicado com 2.000 vagas. A banca organizadora é a Funpar. A remuneração inicial, durante o Curso de Formação, é por volta de R$ 1,8 mil.

TOTAL DE VAGAS

O Concurso PM PR para os cargos de Soldado será regionalizado, conforme os Comandos Regionais de Polícia Militar e de Bombeiro Militar (CRPM e CRBM).

No entanto, depois de formado, o vencimento é de R$ 4.180,07. O cargo de soldado exige nível médio e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B”, no mínimo.

Confira análise completa

Resumo concurso PM PR

  • banca: Funpar
  • vagas: 2.000
  • cargos: soldado PM
  • escolaridade: nível médio
  • remuneração: R$ 4.180,07 (depois de formado)
  • taxa de inscrição: R$ 100
  • período de inscrição: 01/04/2020 até 04/05/2020
  • dia das provas: 28/06/2020
  • Edital completo neste link

Pacotes completos para o concurso PM PR

Requisitos do cargo

O cargo de soldado exige os seguintes requisitos:

  • ser brasileiro
  • ter, no máximo, 30 anos no ato de inscrição
  • ensino médio completo
  • carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo
  • possuir sanidade física, idoneidade moral, estar quite com o serviço militar e obrigações eleitorais e aprovação em exame de adequação psicológica

Divisão de vagas

Veja, na imagem abaixo, como será a divisão de vagas nas regionais e entre candidatos da ampla concorrência e vagas para negros:

Soldado Policial Militar

Vagas divididas entre homens e mulheres

Nos cargos constantes do Edital, fica limitado o ingresso de pessoas do sexo feminino a até 50% (cinquenta por cento) das vagas ofertadas no respectivo Comando Regional, nos termos da Lei Estadual no 12.975/2000.

Atingido o limite previsto, não serão nomeadas candidatas do sexo feminino, independentemente da classificação final obtida no Concurso Público.

Haverá vagas PNE?

Segundo o edital, não há previsão legal para reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD),devido às condições de exposição a riscos e situações de emergência que caracterizam suas atividades, pois as condições de acesso e de trabalho exigem aptidão física plena, não só para cumprimento das atribuições, mas também para a manutenção da segurança do trabalho do próprio profissional e de terceiros.

Remuneração cargos

A remuneração paga aos novos PMs e BMs advindos do concurso PM PR são aqueles previstos na imagem abaixo. Veja:

Etapas do concurso PM PR

O Concurso PM PR trouxe, em seu edital, duas (2) fases com algumas etapas cada:

Primeira Fase concurso PM PR

A Prova do concurso PM PR será realizada no dia 28/06/2020, preferencialmente nas cidades seguintes:

  • Campo Mourão
  • Cascavel
  • Curitiba
  • Foz do Iguaçu
  • Francisco Beltrão
  • Guarapuava
  • Ivaiporã
  • Jacarezinho
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Paranaguá
  • Paranavaí
  • Telêmaco Borba
  • Umuarama
  • União da Vitória.

Os CRPMs (Comando Regional de Polícia Militar) que devem ser escolhidos para a disputa das vagas, exclusivamente no momento da inscrição, são os seguintes:

Prova objetiva de Conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório, comum a todos os cargos, constituída de 2 (duas) etapas:

  1. a) Etapa Objetiva, composta de 60 (sessenta) questões de múltipla escolha;
  2. b) Etapa Discursiva, composta de 1 (uma) redação.

Segunda Fase concurso PM PR

Na segunda fase, as seguintes etapas estão prevista:

  1. a) Exame de Capacidade Física;
  2. b) Exame de Sanidade Física;
  3. c) Avaliação Psicológica; e
  4. d) Investigação Social.

Especificamente para a etapa de Investigação Social, a responsabilidade da realização será de banca designada pela PMPR.

Veja a estrutura das provas

Vamos ver, na imagem, que são 100 pontos totais que podem ser atingidos pelo candidato

Quantas discursivas serão corrigidas?

Serão considerados classificados para a correção da questão discursiva os candidatos que alcançarem, no mínimo, 20 (vinte) pontos no total do conjunto das questões objetivas

O candidato que ficar melhor colocado até determinada posição terá sua discursiva corrigida. Veja:

Prova de Habilidades Específicas

A lista classificatória com o nome dos candidatos classificados para as Provas de Habilidades Específicas será elaborada considerando as posições de classificação conforme quadro disposto abaixo:

As outras etapas são de TAF (Teste de Aptidão Física); Exame de Sanidade Física; Avaliação Psicológica; e Investigação Social.

TAF – Teste de Aptidão Física – concurso PM PR

O TAF é um conjunto de provas compostas de exercícios físicos que avaliam parâmetros de força, coordenação e equilíbrio dinâmico e/ou flexibilidade, potência muscular, capacidade aeróbica e anaeróbica e velocidade.

Esse exame permite classificar o estado físico do candidato a uma vaga no concurso PM PR no momento da execução dos testes em APTO ou INAPTO. o TAF será composto pelo Teste de Suficiência Física (TSF) para os candidatos aos cargos de Soldado PM

O candidato deverá obter, no mínimo, 11 (onze) pontos dos 15 (quinze) possíveis na somatória de pontos dos respectivos testes.

Teste do TAF

Serão exigidos os seguintes testes:

  1. Masculino: 03 (três) testes, sendo: Shuttle Run, tração em barra fixa e corrida de 2.400 metros;
  2. Feminino: 03 (três) testes, sendo: Shuttle Run, isometria em barra fixa e corrida de 2.400 metros.

ShuttleRun

  1. a) Objetivo: avaliação da agilidade neuromotora e de velocidade.
  2. b) Material: 2 (dois) tacos de madeira (cada um medindo 5cm x 5cm x 10cm), 1 (um) cronômetro e espaço livre de obstáculos.
  3. c) Procedimento: O candidato se coloca atrás da linha de largada. Ao comando de voz do avaliador, o candidato inicia o teste com o acionamento concomitante do cronômetro. O candidato corre até os tacos colocados após a linha demarcatória, pega um deles e retorna ao ponto de onde partiu, depositando este taco atrás da linha de partida. Em seguida, sem interromper a corrida, vai buscar o segundo taco, procedendo da mesma forma. O cronômetro é parado quando o candidato deposita o último taco no solo e ultrapassa, com pelo menos um dos pés, a linha final. Ao pegar ou deixar o taco, o candidato terá que transpor pelo menos um dos pés das linhas que limitam o espaço demarcado. O taco não deve ser jogado, mas, sim, depositado ao solo, não podendo ficar sobre as linhas demarcatórias.
  4. d) Número de tentativas: 2 (duas), sendo a segunda opcional. Será considerado válido o melhor tempo.
  5. e) Disposição da pista: a pista do teste deve ter 9,14 metros medidos nas extremidades externas das linhas que limitam o espaço demarcado e os tacos devem estar depositados a 10 (dez) centímetros, posicionados, longitudinalmente, além da linha oposta à da largada, separados lateralmente por uma distância de 30 (trinta) centímetros.
  6. f) Tempo de execução.

Tração na barra fixa (masculino)

  1. a) Objetivo do concurso PM PR: medir a força muscular de membros superiores.
  2. b) Procedimento: partindo da posição inicial (pegada) na barra, posição pronação, braços estendidos, pés fora do solo, flexionar os braços, ultrapassando o queixo da parte superior da barra e voltar à posição inicial, ficando com os braços completamente estendidos. Para a contagem serão válidas as trações corretamente executadas, encerrando-se o exercício assim que o candidato largar a barra. Serão consideradas as trações realizadas em que o queixo ultrapasse a altura da barra em um ângulo reto e não tenha havido impulso com as pernas, corpo ou qualquer outro auxílio.
  3. c) Não será computada a primeira tração caso o candidato a realize com o aproveitamento do impulso feito durante o salto para a empunhadura de tomada à barra,assim como não é permitido o contato das pernas ou do corpo com qualquer objeto.
  4. d) O avaliado, para tomar a posição inicial do exercício, poderá sair do solo, ou se utilizar de apoio para tal.
  5. e) É permitido ao candidato se utilizar de luvas, ou de pó de magnésio, ou produto similar, exclusivamente para melhorar a aderência das mãos à barra fixa.
  6. f) Número de tentativas: 01 (uma).
  7. g) Número de repetições.

Isometria na barra fixa (feminino)

  1. a) Objetivo: medir a força muscular de membros superiores.
  2. b) Procedimento: a posição inicial do exercício consiste na pegada na barra na posição pronação, braços flexionados, queixo em ângulo reto com o pescoço acima da parte superior da barra. A marcação do tempo se dará com o acionamento do cronômetro no momento em que o queixo da avaliada estiver acima do nível da barra, concomitante com os pés suspensos, sendo considerado o tempo enquanto a candidata permanecer desta forma. Quando a candidata abaixar o queixo do nível superior da barra ou se utilizar de qualquer apoio, o cronômetro será travado e o tempo anotado.
  3. c) Não é permitido apoiar o queixo sobre a barra.
  4. d) A avaliada, para tomar a posição inicial do exercício, poderá sair do solo ou se utilizar de apoio para tal.
  5. e) É permitido à candidata utilizar-se de luvas, ou de pó de magnésio, ou produto similar, exclusivamente para melhorar a aderência das mãos à barra fixa.
  6. f) Número de tentativas: 01 (uma)
  7. g) Tempo de execução.

Corrida de 2.400m

  1. a) Objetivo: verificar a capacidade aeróbica do candidato para o ingresso na PMPR.
  2. b) Procedimento: o candidato deverá percorrer a distância de 2.400m (dois mil e quatrocentos metros) correndo ou andando, não sendo permitido parar durante o percurso. Ao final desse teste, será considerado o tempo levado para percorrer a distância prevista.
  3. c) Durante a execução do teste, os fiscais da prova acompanharão o correto cumprimento do exercício, a distância percorrida pelo candidato e o tempo de sua realização. A responsabilidade de contar as voltas executadas na pista de teste é única e exclusiva do candidato.
  4. d) Número de tentativas: 01 (uma).
  5. e) Tempo de execução: conforme tabela.

Curso de Formação Profissional – concurso PM PR

No Curso de Formação de Praças PM (ou equivalente), que não faz parte do concurso, os candidatos deverão frequentar, na condição de Soldados de 2ª Classe, nos termos definidos em normas próprias da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG).

Onde será realizado?

O Curso de Formação de Praças PM ocorrerá de acordo com a capacidade operacional da Administração Policial Militar do Paraná.

O curso será realizado nas Escolas de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças, no Centro de Ensino e Instrução, assim como poderá ser descentralizado para qualquer OPM no Estado, na Capital e no Interior, preferencialmente na unidade escolhida pelo candidato para a lotação inicial no concurso PM PR.

Conteúdo concurso PM PR

O conteúdo cobrado para Soldado é o seguinte:

concurso pm pr concurso pm pr 2020 concurso pm pr soldado curso concurso pm pr edital pm pr edital pm pr 2020 edital pm pr soldado como estudar pm pr pm pr material concurso

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.