Concursos Abertos Concursos 2020

Edital TCDF RETIFICADO: remuneração de até R$ 16.673,35

Larissa Lustoza Larissa Lustoza comentários
06/03/2020, às 07:51 • 4 meses atrás

O Diário Oficial do Distrito Federal trouxe, na publicação deste dia 6/3/2020, retificações nos subitens 7.4.8.3, 9.13.4, 10.1, 13.19, 13.31 e 13.34.1 do edital publicado em fevereiro.

Dentre os itens corrigidos, vale uma atenção mais minusciosa, por parte dos candidatos, dos itens 10.1 (que trata de discursivas) e 13.34.1 (que trata sobre cobrança de conteúdos).

Item 7.4.8.3

Este item, e seus imediatos posteriores, trata sobre as condições para candidatas que tiverem em período de amamentação e os procedimentos exigíveis pela banca. Houve mudaças pontuais no tópico, como podemos ver nas imagens a seguir:

Como era?

Como ficou?

Item 9.13.4

O item faz referência a recursos.

Como era?

Como ficou?

Entrou a palavra “manutenção” no texto que trata das justificativas que serão divulgadas pela banca.

Item 10.1

O item traz disposições acerca das discursivas.

Como era?

Como ficou?

Além dos conhecimentos específicos, as primeira e segunda partes da prova discursiva poderá versar, também, sobre Direito Administrativo.

Item 13.19

O item fala sobre prorrogação de tempo em favor de candidato.

Como era?

Como ficou?

Foi incluída a ressalva quanto ao afastamento para amamentação, no caso de candidatas nesta condição.

Item 13.31

O item trata sobre a participação em outras fases do concurso, por parte de de candidatos que se declarem com deficiência ou concorram a cotas para negros.

Como era?

Como ficou?

A mudança é autoexplicativa. Foram inclusos no item a categoria de cotista onde antes só estavam candidatos com deficiência.

Item 13.34.1

Este item aborda a questão das cobranças de novas legislações até o dia da prova.

Como era?

Como ficou?

Ou seja, de acordo com o novo entendimento, tanto dos tribunais superiores, como a jurisprudência dos tribunais de contas podem ser cobradas indiscriminadamente.

Confira um apanhado geral sobre o concurso TCDF 2020

O edital TCDF foi publicado com 10 vagas e Cadastro de Reserva para o cargo de Auditor de Controle Externo.

LOA

A Lei Orçamentária de 2020 trouxe, na área de provimentos, 46 vagas para o cargo de Auditor do TCDF. Isso indica que o tribunal recebeu verba o suficiente para chamar mais aprovados.

O projeto de lei que mudava o plano de carreira dos servidores do TCDF foi sancionada pelo governador.

De acordo com o TCDF, esta etapa era necessária para reduzir o impacto orçamentário nas despesas com pessoal com o provimento dos cargos de Auditor.

O cargo exige nível superior completo e a banca organizadora é a Cebraspe.

As inscrições se darão entre os dias 8 de abril e 27 de abril, e as provas serão realizadas no provável dia 31 de maio (2020) No período matutino, provas objetivas com 4h de duração. As discursivas ficam para a tarde, com o mesmo tempo disponível.

Pacotes completos para o TCDF aqui

Confira análise completa AO VIVO

Resumo edital TCDF

  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 10 + CR
  • Cargos: Auditor de Controle Externo
  • Escolaridade: nível superior
  • Remuneração: R$ 16.673,35 iniciais
  • Taxa de inscrição: R$ 140,00
  • Data das provas: 31/05/2020
  • Período de inscrições: 8/04 até 27/04/2020
  • Link para edital TCDF 2020 aqui

TCDFEDITAL30 – 30% até 17/2 nos Pacotes TCDF do Direção

Remuneração TCDF

Com o novo projeto de lei aprovado, a remuneração inicial de um Auditor de Controle Externo é de R$ 16.673,35 e pode chegar até R$ 29.666,35. Além disso, os servidores contam auxílio alimentação (R$ 1.364,06) e auxílio creche (R$ 867,01).

Além disso, os servidores têm direito a adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação.

Provas TCDF

Provas Objetivas

O concurso terá duas etapas: uma de provas objetivas, outra de prova discursiva, como podemos ver abaixo:

São 150 questões, sendo 65 de conhecimentos básicos e 85 de conhecimentos específicos, além da prova dicursiva. Ambas têm caráter eliminatório e classificatório.

As questões virão no padrão comum da banca Cebraspe (Cespe), ou seja, com questões de CERTO e ERRADO, com uma ERRADA eliminando uma CORRETA.

Provas Discursivas

A prova discursiva terá valoração total de 50,00 pontos e contará com duas partes:

  • primeira parte da prova discursiva P3 – duas questões, a serem respondidas em até 20 linhas cada, acerca dos conhecimentos específicos constantes do edital;
  • segunda parte da prova discursiva P3 – uma redação de peça de natureza técnica, de até 50 linhas, acerca dos conhecimentos específicos constantes no edital e de acordo com os modelos contidos no Manual de Redação Oficial do TCDF – 2ª Edição, aprovado pela Decisão Administrativa nº 37/2014.

Critérios de avaliação da discursiva:

Observadas as reservas de vagas previstas no presente edital e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados até a posição especificada no quadro a seguir:

Disciplinas exigidas no concurso TCDF

Serão exigidas as seguintes disciplinas, separadas entre aquelas de cnhecimento básico e aquelas de conhecimentos específicos:

Conhecimentos Básicos:

  • Português;
  • Conhecimentos sobre o DF;
  • Lei Orgânica do DF;
  • Direito Administratio;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Estatística;
  • Raciocínio Lógico.

Conhecimentos Específicos:

  • Controle Externo e Legislação Institucional;
  • Auditoria Governamental;
  • Administração Financeira e Orçamentária;
  • Contabilidade Geral e Análise das Demonstrações Contábeis;
  • Contabilidade Pública;
  • Economia;
  • Matemática Financeira e Finanças Corporativas.

Pacotes completos para o TCDF aqui

concurso tc df 2019 concurso tc df 2020 concurso tcdf 2019 concurso tcdf 2020 edital tc df edital tcdf edital tcdf 2019 publicado edital tcdf 2020 publicado edital tcdf publicado

Larissa Lustoza

Graduada em Jornalismo, já foi estagiária na área de Assessoria de Comunicação na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, repórter por um ano no projeto de extensão da faculdade e estagiária no jornal online Metrópoles. Além disso, possui habilitação em design gráfico e em Lei de Acesso à Informação.