Concursos Abertos Concursos 2021

Edital TJ SP – visão completa do último concurso

Maurício Miranda Sá Maurício Miranda Sá comentários
14/05/2019, às 11:29 • 1 ano atrás

Vamos tratar, nesta matéria, sobre o edital TJ SP para a capital e região de Campinas, que teve sua última publicação no dia 31 de março de 2017.

Há previsão de lançamento de novo edital do Tribunal de Justiça (TJ) para o corrente ano, ou, no mais tardar, para 2020.

A notícia abaixo tratará de todas as informações do último edital, para que o candidato se prepare e saia na frente no próximo concurso TJ SP:

Banca organizadora

Tradicional em concursos realizados no estado de São Paulo, a VUNESP foi a escolhida para aplicar as provas no concurso TJ SP.

A escolha da banca é bem óbvia, já que desde o concurso de 2006, para Escrevente Técnico Judiciário, a VUNESP é a responsável pela seleção nos seus mais diversos cargos (Escrevente, Administrador, Médico, Enfermeiro, Contador, Juiz, dentre outros).

Portanto, é bom essa constância, para que o aluno, ao resolver questões, priorize a VUNESP e ir pegando o “estilo” da banca.

Cargos e escolaridade

O cargo disponível, à época, foi o de Escrevente Técnico Judiciário, cujas atribuições são:

  • Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça;
  • dar andamento em processos judiciais e administrativos;
  • atender ao público interno e externo;
  • elaborar e conferir documentos;
  • controlar a guarda do material de expediente;
  • atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Para ser nomeado e tomar posse no referido cargo, o candidato precisa possuir o ensino médio completo.

Número de vagas

O concurso TJ SP é um fenômeno. Sabe-se que, nos últimos anos, o número de vagas disponíveis em vários órgãos está cada vez mais reduzidos, muitas vezes constando apenas o cadastro de reservas.

No caso do TJ SP, no edital de 2017, o órgão trouxe 590 vagas para provimento imediato, seno distribuídas da seguinte forma: 400 vagas para a capital paulista e 190 vagas distribuídas pela região de Campinas.

Mas o ponto principal é que, até o presente momento (maio 2019), o TJ SP já nomeou cerca de 1000 candidatos aprovados, e ainda faltam alguns meses de vigência do concurso.

Muitos candidatos esperam que o concurso “zere a lista”, já que esse é um histórico dentro do órgão.

Locais de prova

As provas poderiam ser aplicadas em diversos polos, de acordo com a inscrição do candidato. As 18 localidades foram:

  • São Paulo;
  • Campinas;
  • Mogi das Cruzes;
  • Guarulhos;
  • Itapecerica da Serra;
  • Osasco;
  • Santo André;
  • São Bernardo do Campo;
  • Americana;
  • Amparo;
  • Bragança Paulista;
  • Jundiaí;
  • Limeira;
  • Mogi Mirim;
  • Piracicaba;
  • Pirassununga;
  • Rio Claro;
  • São João da Boa Vista;

Remuneração

No último edital TJ SP, os valores pagos a um Escrevente Técnico Judiciário eram de R$ 4.473,16, além do auxílio-alimentação, saúde e transporte.

Na última atualização do órgão (março 2018) os valores atingem o valor de R$ 6.112,10 (R$ 4.792,10 + R$ 990 de alimentação + R$ 330 de auxílio saúde).

O candidato aprovado ainda pode fazer jus ao adicional por qualificação, que tem os valores de 5%, 7,5%, 10% e 12,5% acrescidos ao vencimento básico.

Estrutura da prova

O concurso TJ SP foi dividido em duas etapas: prova objetiva de conhecimentos e prova prática.

A prova objetiva contou com 100 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, separadas por três blocos, e o candidato teve cinco horas para concluir.

Já a prova prática, de formatação e digitação, teve apenas caráter eliminatório, não tendo o condão de mudar a classificação do candidato e buscou aferir o conhecimento e habilidades, utilizando o editor de texto em computador.

Vale salientar que apenas candidatos melhor habilitados e classificados na prova objetiva puderam realizá-la.

Matérias exigidas

Foram cobradas as seguintes disciplinas na prova objetiva:

  • Português;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Normas da Corregedoria Geral da Justiça;
  • Atualidades;
  • Matemática;
  • Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Noções de Direito das Pessoas com Deficiência.

Se quiser conferir todo o conteúdo cobrado na prova, acesse este link e siga para página 32.

Concorrência

O concurso TJ SP teve sua concorrência fixada por polos, como podemos ver na imagem a seguir:

Nota de corte

Conforme dito anteriormente, a prova objetiva do último concurso PC CE contou com 100 questões de múltipla escolha. Essas valiam um ponto cada, sendo o seu somatório total no valor de 100 pontos.

Confira nas imagens a seguir o ponto de corte para cada localidade disponível, na ampla concorrência:

Para os candidatos que concorreram nas cotas, a pontuação mínima foi:

Resumo do último concurso TJ SP:

  • Concurso: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Concurso TJ SP)
  • Banca organizadora: Fundação Vunesp
  • Cargo: Escrevente Técnico Judiciário
  • Escolaridade: nível médio
  • Número de vagas: 590
  • Remuneração: R$ 4.473,16 + benefícios
  • Previsão p/ publicação do edital: 2019/2020
  • Link do último edital

Confira cursos para o TJ SP neste link

Whatsapp
concurso tj sp concurso tribunal de justiça de são paulo edital tj sp edital tribunal de justiça de são paulo edital tribunal de justica de sp tribunal de justica de sao paulo

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.