Logo Direção Concursos
Pesquisa
Banner artigos

Concurso Polícia Penal DF: como estudar para o edital autorizado?

icons
icons
icons
icons
icons
Imagem do autor do artigo

Marco Tulio18/11/2021

18/11/2021

As notícias de concursos públicos estão cada vez mais quentes, e no âmbito do Distrito Federal não tem sido diferente. Hoje quero tratar essencialmente do concurso Polícia Penal DF (PPDF).

Pouco tempo após as provas da PCDF e da PF, fiz um artigo, que talvez você tenha lido, onde trouxe possibilidades para aqueles que estavam sem rumo após reprovações nesses certames. Entre as opções que listei, a PPDF estava no topo.

A previsão é de que o edital seja publicado ainda neste mês de novembro, com as provas sendo realizadas, provavelmente, em março de 2022. Veja maiores detalhes aqui!

Ou seja, é uma oportunidade excelente, há tempo de sobra para você se preparar, mesmo que seu foco nos últimos meses não tenha sido direcionado a essa prova.

Foram autorizadas 1.179 vagas, sendo 400 imediatas. Em consulta ao portal da transparência, verifiquei que o cargo de Agente de Execução Penal tem como remuneração líquida valores acima de R$ 6.000,00 (seis mil reais), algo que é bastante atrativo.

Vamos às dicas práticas para sua preparação? O primeiro passo é analisar em qual estágio você está.

Se você é um daqueles que estudaram com afinco para grandes concursos da carreira policial, como PRF, PF e PCDF, com certeza já deu um grande passo para uma possível aprovação na Polícia Penal do DF.

No último concurso para Agente de Execução Penal, foram cobradas as seguintes matérias: língua portuguesa, atualidades, ética no serviço público, noções de informática, raciocínio lógico, direito constitucional, direito penal, direito processual penal e direitos humanos.

Praticamente todas essas disciplinas faziam parte do seu plano de estudos, inclusive em um grau ainda mais aprofundado do que o cobrado na Polícia Penal, portanto, seu caminho poderá ser mais fácil que o dos demais concorrentes, desde que haja um planejamento adequado.

De todo modo, caso você ainda não tenha essa bagagem de estudos, ainda há tempo para concorrer com esses candidatos.

Tendo como base o edital passado, acredito que o próximo também não seja muito extenso. Aqui vai uma lista de tópicos primordiais para a sua prova, os quais recomendo que sejam estudados antes mesmo da publicação do novo edital:

  • Português: interpretação de texto; crase; concordância verbal e nominal; reescritura de frases e parágrafos; uso da vírgula;
  • Raciocínio Lógico: lógica proposicional; princípios de contagem e probabilidade;
  • Direito Constitucional: art. 5º; administração pública; poder judiciário; segurança pública;
  • Direito Administrativo: organização administrativa; agentes públicos; poderes administrativos; responsabilidade civil do estado; improbidade administrativa;
  • Direito Penal: aplicação da lei penal; crimes contra a administração pública; disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal; crimes de tortura; abuso de autoridade;
  • Direito Processual Penal: aplicação da lei processual penal; prisão e liberdade provisória; habeas corpus; lei de execução penal;
  • Direitos Humanos: declaração universal; regras mínimas para o tratamento de pessoas presas;
  • Quanto às disciplinas de atualidades, ética e informática, não vejo necessidade de aprofundamento neste momento. Mas após a publicação do edital, também tornam-se importantes.

O certame ainda está em fase de definição de banca organizadora, portanto, ainda não é possível direcionar a resolução de questões para uma banca específica.

Você deve se concentrar nesse momento em entender o conteúdo, sobretudo em relação aos tópicos indicados acima.

Após a publicação do edital, faça as suas revisões de modo adequado e resolva muitas questões da banca escolhida, de modo que você consiga mapear aquilo que é mais importante, e não gaste muito tempo com conteúdos exaustivos jamais cobrados.

Por fim, ressalto que muitas dessas dicas que trouxe também valem para outras provas de Polícia Penal, como a de Minas Gerais, por exemplo, que se encontra com 2.420 vagas abertas e inscrições até 21 de novembro, sendo também uma excelente oportunidade! Veja maiores detalhes aqui!

Estude para qualquer concurso!

Uma condição especial nas nossas assinaturas está disponível para você que quer aproveitar o melhor momento na história dos Concursos Públicos.

Fizemos valores acessíveis para todos os bolsos!!!

Aqui está um pouco do que te espera:

  • Sistema de Questões: Acelere o seu progresso e tenha um treino focado nas suas reais necessidades.
  • Professores Experientes: Não é só sobre ensinar, é sobre mostrar o caminho da aprovação. Nossos professores concursados já viveram tudo que você está vivendo e vão te guiar.
  • Aulas em vídeo e PDF para mais de 220 concursos (inclusive o Concurso Nacional Unificado) e muito mais!

Não deixe para depois, muitos editais com salários generosos previstos serão publicados a qualquer momento. 

Quanto antes você garantir os melhores recursos para conquistar a aprovação, melhor!

 Concursos PúblicosConcursos 2021agepen dfedital polícia penalpolícia penal mgPPDF
Marco Tulio

Marco Tulio

Marco tem 22 anos, é servidor do TJDFT, formado em Gestão Pública. Ingressou no serviço público aos 19 anos, pela Secretaria de Educação do Distrito Federal, e coleciona aprovações em concursos de âmbito federal, como: MPU, TST, STJ, STM. Um aluno que era mediano, mas decidiu mudar a sua vida através dos estudos.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 11

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.