Logo Direção Concursos
Pesquisa
Banner artigos

Concurso Senado Federal – saiba tudo sobre Sessões Legislativas

icons
icons
icons
icons
icons
Imagem do autor do artigo

Carolina Couto23/05/2022

23/05/2022

Fala pessoal! Hoje vamos analisar um assunto relevante para o concurso do Senado Federal: as Sessões Legislativas. Fique atento e revise bastante esse tema pois há uma grande possibilidade de estar em sua prova.

               No âmbito do Poder legislativo, as Sessões Legislativas poderão ser classificadas em:

  • Sessões Legislativas Ordinárias (SLO) e
  • Sessões Legislativas Extraordinárias (SLE)

Sessões Legislativas Ordinárias

Compreende o período de trabalho normal da Casa Legislativa. Durante uma legislatura (período de 4 anos), ocorrem 4 Sessões Legislativas Ordinárias. Veja o que diz o Art. 57 da CF/88:

Art. 57. O Congresso Nacional reunir-se-á, anualmente, na Capital Federal, de 2 de fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro.

Atente-se a que os inícios dos trabalhos legislativos não ocorrem em 1º de janeiro como no Poder Executivo. No Poder Legislativo o início dos trabalhos ordinários ocorre a partir de 2 de fevereiro. O referido dispositivo constitucional estabelece também, por dedução, os períodos de recesso parlamentar. São eles: de 18 de julho à 31 de julho e de 23 de dezembro à 1º de fevereiro.

Cumpre mencionar que, entre a 1ª e a 3ª Sessões Legislativas Ordinárias, ocorrerão as Reuniões Preparatórias para eleger os membros da mesa que irão conduzir o próximo biênio legislativo. Tais reuniões preparatórias ocorrem no dia 1º de fevereiro (antes da 3ª SLO) ou a partir da do dia 1º de fevereiro (antes da 1ª SLO).

Um último importante apontamento é que, segundo a constituição, a sessão legislativa não será interrompida sem a aprovação do projeto de lei de diretrizes orçamentárias.

Agora que conhecemos um pouco da SLO, vamos à análise da Sessão Legislativa Extraordinária (SLE).

Sessão Legislativa Extraordinária

Como foi dito acima, os trabalhos legislativos ordinários ocorrem períodos preestabelecidos constitucionalmente. No entanto, há a possibilidade de ocorrerem trabalhos durante o período de recesso parlamentar. São as chamadas Sessões Legislativas Extraordinárias.

A SLE é uma situação excepcional e há situações constitucionalmente previstas e autoridades competentes para a convocação de uma SLE. Vamos ao Art. 57, §§ 6 e 7º:

§ 6º – A convocação extraordinária do Congresso Nacional far-se-á:

I – pelo Presidente do Senado Federal, em caso de decretação de estado de defesa ou de intervenção federal, de pedido de autorização para a decretação de estado de sítio e para o compromisso e a posse do Presidente e do Vice-Presidente da República;

II – pelo Presidente da República, pelos Presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal ou a requerimento da maioria dos membros de ambas as Casas, em caso de urgência ou interesse público relevante, em todas as hipóteses deste inciso com a aprovação da maioria absoluta de cada uma das Casas do Congresso Nacional.

§ 7º – Na sessão legislativa extraordinária, o Congresso Nacional somente deliberará sobre a matéria para a qual foi convocado, ressalvada a hipótese do § 8º deste artigo, vedado o pagamento de parcela indenizatória, em razão da convocação.

Percebe-se das leituras dos dispositivos constitucionais que o Presidente do Senado será competente para convocar uma SLE, independente de aprovação em plenário, nos casos:

  • decretação do estado de Defesa
  • decretação de intervenção federal
  • pedido de autorização para a decretação do estado de sítio
  • posse do Presidente da República e do Vice-Presidente da República.

Há, também, uma previsão no inciso II do referido dispositivo, das possibilidades de outras autoridades convocar uma SLE, no entanto, somente é permitida em casos de urgência ou interesse público relevante. Ademais, é necessária a aprovação por maioria absoluta de cada uma das casas do Congresso Nacional.

               Cumpre lembrar, também, que a SLE somente irá deliberar e discutir a matéria para a qual foi convocada. No entanto, o próprio §7º do mesmo dispositivo faz uma ressalva a hipótese do §8º. Veja a redação do texto constitucional:

§ 8º – Havendo medidas provisórias em vigor na data de convocação extraordinária do Congresso Nacional, serão elas automaticamente incluídas na pauta da convocação.

               Dessa forma, a única ressalva a exclusividade de deliberação da SLE é a apreciação das Medidas Provisórias em vigor na data de convocação da SLE.

               Vamos ver como esse tema das Sessões Legislativas caiu na prova para o Senado Federal em 2008 para o cargo de Consultor de Orçamentos:

FGV – Senado Federal – Consultor de Orçamentos – 2008

O Senado Federal reunir-se-á:

(A) anualmente, de 01 de fevereiro a 15 de julho e de 1º de agosto a 20 de dezembro.

(B) quando houver convocação ordinária do Congresso Nacional.

(C) anualmente, de 2 de fevereiro a 15 de julho e de 15 de agosto a 22 de dezembro.

(D) anualmente, de 2 de fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro.

(E) em dois períodos, um de 01 de fevereiro a 17 de julho, e outro de 2 de agosto a 20 de dezembro.

               Questão bem simples! Cobrou apenas o conhecimento da literalidade do Art. 57, caput, da CF/88. Nosso gabarito é a LETRA D. Veja mais uma vez o que diz o texto constitucional:

Art. 57. O Congresso Nacional reunir-se-á, anualmente, na Capital Federal, de 2 de fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro.

               Ressalto, por isso, a importância do estudo da lei seca. Não perca pontos em sua prova por deixar de ler os dispositivos constitucionais e legais do seu edital.

               Por hoje vamos ficando por aqui. Não perca os próximos artigos aqui no Direção Concursos. Até a próxima!

Estude para qualquer concurso!

Uma condição especial nas nossas assinaturas está disponível para você que quer aproveitar o melhor momento na história dos Concursos Públicos.

Fizemos valores acessíveis para todos os bolsos!!!

Aqui está um pouco do que te espera:

  • Sistema de Questões: Acelere o seu progresso e tenha um treino focado nas suas reais necessidades.
  • Professores Experientes: Não é só sobre ensinar, é sobre mostrar o caminho da aprovação. Nossos professores concursados já viveram tudo que você está vivendo e vão te guiar.
  • Aulas em vídeo e PDF para mais de 220 concursos (inclusive o Concurso Nacional Unificado) e muito mais!

Não deixe para depois, muitos editais com salários generosos previstos serão publicados a qualquer momento. 

Quanto antes você garantir os melhores recursos para conquistar a aprovação, melhor!

Carolina Couto

Carolina Couto

Aprovada em primeiro lugar no concurso da PCDF. Também foi aprovada nos concursos da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Atualmente, é agente da PF e professora do Direção Concursos.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 11

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.