Loading...
Concurso Câmara dos Deputados 2019 depende de reforma administrativa, diz Rodrigo Maia

Concurso Câmara dos Deputados 2019 depende de reforma administrativa, diz Rodrigo Maia

icons
icons
icons
icons
icons

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, comentou sobre a realização do concurso da Câmara dos Deputados. Em entrevista ao Jornal das Dez, da GloboNews, o político falou sobre as chances de novas seleções na casa.

Em longa entrevista dada a jornalistas do Grupo Globo, Maia falou sobre a modernização da Câmara. Ele também lembrou do projeto de criar carreiras que estimulem a produção de serviços de qualidade.

As palavras de Maia corroboram com o projeto de metas prioritárias, apresentado pelo Ministro Onyx Lorenzoni. As diretrizes vinculam a autorização de novos concursos à adição de medidas de eficiência administrativa.

“Pediram, na Câmara, que eu colocasse previsão de concurso. Falei que colocava previsão, mas que, enquanto fosse presidente, só faria novo concurso com base na nova regra”. Ele também criticou o plano de carreira atual da Câmara dos Deputados. “Para que um servidor em cinco ou seis anos chegue ao teto, sem nenhum mérito, prefiro passar dois anos sem nenhum concurso”, continuou.

Em suma, Maia prefere não realizar concursos em seu mandato, caso não haja plano de mudança administrativa concreto.

Confira nossos cursos para a área legislativa

Veja outros trechos da entrevista com o deputado do DEM-RJ

“Fazer a reforma administrativa. O Estado não tem muitos servidores, mas ele é caro”

“O salário do servidor público federal dos três poderes é, em média, 67% maior do que seu equivalente no serviço privado”

“Acabar com a estabilidade daqui pra frente. Não vamos tratar de direito adquirido, para não criar um conflito, mas para os novos concursados é claro que sim

“O plano de cargos e salários do Judiciário de 2005 colou o piso no teto. Hoje não tem mais carreira. Em pouco tempo o servidor, das carreiras típicas de Estado dos três poderes, já está recebendo o teto”

“Não tem nenhum estímulo para que o servidor público federal continue produzindo”

“Nós precisamos mudar isso. Garantindo o Direito daqueles que fizeram concurso com uma regra e construindo um novo ambiente administrativo para Câmara”

“Estou convicto. O melhor para o Brasil é que a gente garanta o mínimo de preocupação com produtividade no setor público”

“É claro que eu não vou comparar a produtividade do serviço público com a produtividade do setor privado nacional”

Análise dos trechos destacados

Em síntese, o presidente da câmara diz ser necessário a reforma administrativa. Na visão dele, a produtividade do setor público está muito aquém daquela vista no serviço privado.

Maia também acredita que há falta de estímulo no setor público federal. Plano de carreira ruim, falta de estímulo e comodidade seriam alguns dos responsáveis.

Interessante observar que Maia propôs uma nova regra sobre a estabilidade no ambiente público. O fim do benefício atingirá os próximos aprovados, não os que já têm carreira vigentes. Vale frisar que os cargos sempre serão preenchidos por concurso público.

A regulamentação visa manter o ocupante do cargo ativo e produzindo, para que o setor público alcance maior qualidade.

Entrevista com o professor Victor Dalton

Victor Dalton, professor e coordenador do Direção Concursos, comentou a entrevista do deputado Rodrigo Maia. Dalton, Analista Legislativo da Câmara, comentou os principais pontos e projetou as chances de novo concurso. Veja:

Quer receber as notícias sobre concursos públicos? Envie uma mensagem com sua área favorita para o nosso Whatsapp!

Câmara dos DeputadosConcurso Câmara dos DeputadosConcursos AdministrativosConcursos LegislativosDFDireção ConcursosNacional
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Cursos Preparatórios para Concursos Públicos em destaque

1 | 15

Receba nossas novidades!

Fique por dentro dos novos editais e de todas as principais notícias do mundo dos concursos.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.