Logo Direção Concursos
Pesquisa

Concurso CVM: esta semana será marcada por novo pedido; 121 vagas

Concurso CVM: esta semana será marcada por novo pedido; 121 vagas

O concurso CVM (Comissão de Valores Mobiliários) deve ter fazer novo pedido ao Ministério da Economia esta semana. Uma nova seleção é aguardada desde junho de 2019 e 121 vagas podem ser oferecidas, caso seja aprovado pela pasta do ministro Paulo Guedes.

A entidade confirmou a informação na última sexta-feira (9). O pedido deverá ser encaminhado até o dia 14 de abril, ou seja, quarta-feira. Caso aprovado, o certame deverá ter edital publicado somente em 2022. Confira:

todos os cursos para concursos públicos

Concurso CVM: panorama

Segundo o concurso CVM, as 121 vagas serão divididas entre os cargos de inspetor, analista e agente executivo. A distribuição ficou da seguinte forma:

  • Agente executivo (nível médio), com 49 vagas;
  • Analista (nível superior), com 48 vagas;
  • Inspetor (nível superior), com 24 vagas.

São pagos salários que vão de R$ 7.647,98 iniciais (cargos de nível médio) podendo chegar ao valor de R$ 19.655,06 iniciais (cargos de nível médio).

O concurso CVM teve último edital publicado em 2010, organizado pela finada banca Esaf. As 150 vagas foram destinadas aos cargos supracitados, para lotação nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O cargo de analista exigiu formação específica nas seguintes áreas:

  • Arquivologia;
  • Biblioteconomia;
  • Contabilidade;
  • Recursos Humanos;
  • Mercado de Capitais;
  • Sistemas e Infraestrutura em TI;
  • Planejamento e Execução Financeira.

Etapas

O concurso CVM foi realizado em duas etapas distintas, sendo uma provas objetivas e uma de prova discursiva. A primeira etapa, por cargo, teve a seguinte distribuição (por cargo):

  • Cargo de Inspetor:
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 40 pontos;
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 60 pontos;
    • Prova Discursiva – de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 10 pontos;
  • Cargo de Analista (todas as Áreas de Especialização):
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 40 pontos;
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 60 pontos;
    • Prova Discursiva – de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 10 pontos;
  • Cargo de Agente Executivo:
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 35 pontos;
    • Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 55 pontos;
    • Prova Discursiva – de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 10 pontos.

Esteja entre os PRIMEIROS em Fevereiro

O ano começa antes do carnaval, e você pode ser um dos primeiros a começar a estudar antes de todo mundo!

Spoiler: o nome deles não vai sair no Diário Oficial como aprovado em 2024.

Você que quer estar entre os primeiros e ser aprovado ainda neste ano, só tem uma DIREÇÃO a seguir. Clique na imagem abaixo e mude seu destino:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é OFERTA_FEVEREIRO_Mobile_600x780px.jpg

Resumo concurso CVM

  • situação: aguardando pedido
  • banca: indefinida
  • cargos: agente, analista e inspetor
  • escolaridade: níveis médio e superior
  • salários: entre R$ 7 mil e R$ 19 mil iniciais
  • vagas: 120
  • Último edital neste link

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre editais de concurso público? O Direção Concursos preparou um grupo no Telegram com as principais notícias. Clique aqui e participe.

notícias concurso CVM

 Concursos PúblicosConcurso CVMCONCURSO PÚBLICOConcursos PúblicosCVMconcurso cvmconcurso federalconcursos federaisCVM
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.