Logo Direção Concursos
Pesquisa

Concurso Polícia Penal AL: autorizado; próximo passo é formar comissão

Concurso Polícia Penal AL: autorizado; próximo passo é formar comissão

Antecipando o que foi prometido para o dia 29 de janeiro, o concurso Polícia Penal AL (concurso Agepen AL), para a contratação de 300 profissionais, foi autorizado um dia antes, em edição suplementar no Diário Oficial de Alagoas.

O cargo de policial penal (antigo agente penitenciário) exige nível superior de escolaridade e para um salário inicial de R$ 3,8 mil, podendo chegar ao valor de até R$ 9.359,63.

Confira

Com a autorização, os próximos passos são dar início a formação da comissão que ficará responsável pela seleção, bem como a contratação da banca organizadora e posterior publicação do edital.

Esse concurso Polícia Penal AL (concurso Agepen AL) faz parte de um pacote de certames prometidos pelo governador Renan Filho para este ano de 2021. Alagoas abrirá um leque de possibilidades, para quem sonha com o serviço público.

senado e mais
Confira os cursos do Direção para este concurso

Concurso Polícia Penal AL: panorama

Os novos agentes penitenciários poderão ser lotados em alguns presídios ou penitenciárias localizadas em todo o estado. São 10 unidades na capital Maceió e uma unidade em Girau do Ponciano, Confira:

  • a) Presídio Baldomero Cavalcanti de Oliveira
  • b) Presídio Cyridião Durval e Silva
  • c) Presídio Feminino Santa Luzia
  • d) Casa de Custódia da Capital
  • e) Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy
  • f) Núcleo Ressocializador da Capital
  • g) Presídio de Segurança Máxima
  • h) Penitenciária de Segurança Máxima
  • i) Colônia Agroindustrial São Leonardo
  • j) Presídio do Agreste (Girau do Ponciano)

O último concurso Polícia Penal AL (concurso Agepen AL) teve edital publicado no longínquo ano de 2006 (há mais de 14 anos), para o provimento de 1.200 vagas, sendo 900 para candidatos homens e as demais para candidatas mulheres).

À época, a banca Fadurpe organizou o edital, que contou com uma etapa de prova objetiva contendo 100 questões de múltipla escolha. Dentre as disciplinas exigidas, estavam as seguintes:

  • Português (20)
  • Matemática (10)
  • Informática (5)
  • História geral e do Brasil (10)
  • História de Alagoas (10)
  • Geografia geral e do Brasil (10)
  • Geografia de Alagoas (10)
  • Cidadania e legislação (25)

Vale registrar que, naquele ano, exigia-se apenas a formação em nível médio de escolaridade. Mas isso mudou com a a nova Lei 7.993/2018, que alterou diversos pontos da carreira.

Estude para o concurso Agepen AL com o PDF 2.0

Você já sabe o que o PDF 2.0 que todo mundo está comentando? O professor Ronaldo Fonseca preparou um vídeo com todas as explicações sobre essa ferramenta que vai fazer toda a diferença na sua preparação:

Esteja entre os PRIMEIROS em Fevereiro

O ano começa antes do carnaval, e você pode ser um dos primeiros a começar a estudar antes de todo mundo!

Spoiler: o nome deles não vai sair no Diário Oficial como aprovado em 2024.

Você que quer estar entre os primeiros e ser aprovado ainda neste ano, só tem uma DIREÇÃO a seguir. Clique na imagem abaixo e mude seu destino:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é OFERTA_FEVEREIRO_Mobile_600x780px.jpg

Resumo concurso Polícia Penal AL (concurso Agepen AL)

  • situação: autorizado
  • banca: indefinida
  • cargo: agente penitenciário (policial penal)
  • vagas: 300
  • escolaridade: nível superior
  • salário inicial: R$ 3.800,00
  • cursos completos neste link
notícias concurso Polícia Penal AL (concurso Agepen AL)

Fique por dentro de todas as novidades de concurso público por meio do canal do Direção News, no youtube. Acesse aqui!

 Concursos Públicosagepen alconcurso Agepen ALconcurso polícia penal alConcursos Públicospolícia penal alAgepen ALconcurso agepen alconcurso estadualconcurso polícia penal alConcurso publicoconcursos estaduaispolícia penal al
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.