Logo Direção Concursos
Pesquisa

Concurso SLU DF: publicação retificada; autorização prevê 105 vagas

Concurso SLU DF: publicação retificada; autorização prevê 105 vagas

Publicado no último dia 19 de novembro (leia clicando aqui), a lei que reestrutura a carreira do Serviço de Limpeza Urbana (concurso SLU DF) foi retificada na manhã desta segunda-feira, 23. A republicação se deu por incorreções no documento original.

Na publicação atual, o Diário Oficial traz uma informação relevante deixada de fora daquela primeira publicada: o anexo único, que dispõe sobre o quantitativo de cargos previstos no órgão.

São 1.382 vagas distribuídas entre os cargos de gestor de resíduos sólidos (135), analista de resíduos sólidos (273) e técnico de resíduos sólidos (968). Confira abaixo:

Concurso SLU DF: panorama

As principais alterações no Serviço de Limpeza Urbana foi no tocante à escolaridade e denominação de seus cargos. Agora, os cargos de gestor e analista exigem nível superior e o cargo de técnico exige nível médio.

Vale o registro de que o concurso SLU DF segue autorizado, segundo informou o Jornal Metrópoles. A confirmação foi dada pela assessoria do órgão em agosto deste ano.

A autorização é para o provimento de 105 vagas divididas de seguinte forma: 100 para cargos de nível médio e cinco para cargos de nível superior de escolaridade.

Remuneração

Conforme e lei de cargos e salários do SLU, a cargo horária prevista pode ser de 30h ou 40h semanais, sendo a remuneração paga, a cada cargo, a seguinte listada a seguir:

  • Gestor de Resíduos sólidos
    • 30h: R$ 5.070,00
    • 40h: R$ 6.760,00
  • Analista de Resíduos sólidos
    • 30h: R$ 3.360,00
    • 40h: R$ 4.480,00
  • Técnico de Resíduos sólidos
    • 30h: R$ 2.912,02
    • 40h: R$ 3.882,69

Concurso SLU DF: saiba como foi a última prova

Com edital publicado em janeiro de 2019, o último concurso SLU DF trouxe 50 vagas para provimento imediato no órgão, além de 100 oportunidades em cadastro de reservas.

O cargo ofertado foi de analista de gestão de resíduos sólidos em diversas especialidades. Posteriormente, o cargo de direito e legislação foi retirado e a seleção acabou oferecendo menos vagas.

Dentre os cargos previstos, estavam presentes administração, arquitetura, biologia, ciências contábeis, comunicação social, geografia, informática, serviço social, economia e engenharia (diversas).

Etapas

O concurso SLU DF contou apenas com uma etapa de provas objetivas (de conhecimentos básicos e conhecimentos específicos). A prova teve duração de 3h30 e exigiu conhecimento nas seguintes disciplinas:

  • Português
  • Conhecimentos sobre o DF
  • Legislação
  • Conhecimentos específicos de cada cargo

Já conhece o PDF 2.0?

Você já sabe o que o PDF 2.0 que todo mundo está comentando? O professor Ronaldo Fonseca preparou um vídeo com todas as explicações sobre essa ferramenta que vai fazer toda a diferença na sua preparação:

Um emprego para A VIDA TODA! 💼

Muita gente sequer cogita a possibilidade de realizar um concurso público.

A oportunidade de conquistas a estabilidade e um bom salário é uma ideia distante da maioria dos brasileiros.Mas você sabe que o concurso público é uma forma justa e acessível de conquistar um emprego para sempre.

O que falta para você tomar a decisão que vai mudar de vez a sua vida?

Pare de agir como a maioria. Clique no banner abaixo e garanta sua vaga no evento do dia 10 de março, onde uma grande revelação vai te dar um empurrão rumo ao seu futuro dos sonhos.

Resumo concurso SLU DF

notícias concurso SLU DF

Fique por dentro de todas as novidades de concurso público por meio do canal do Direção News, no youtube. Acesse aqui!

 Concursos PúblicosConcurso SLUConcurso SLU DFConcursos PúblicosSLUSLU DFconcurso estadualConcurso publicoconcurso SLUconcurso slu dfconcursos dfconcursos distritaisconcursos distrito federalconcursos estaduaisconcursos públicosDISTRITO FEDERAL
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.