Logo Direção Concursos
Pesquisa

Dá para conciliar os concursos TCU e Receita Federal? Confira!

Dá para conciliar os concursos TCU e Receita Federal? Confira!

Muitos estudantes das áreas de controle e fiscal têm dúvidas quanto ao estudo conciliado entre esses concursos. É comum ver quem diga ser improvável a junção, por se tratarem de seleções cujas competitividade dos candidatos seja tão qualificada. Mas essa união é mais comum do que parece, visto haver uma similaridade peculiar às seleções.

Antes, vale deixar registrado que, para ter um aproveitamento excelente no estudo conciliado, principalmente quando se trata dessas duas áreas bastante específicas (controle e fiscal), o candidato precisa ter concluído TODO o conteúdo de pelo menos uma delas.

Assim, caso você seja alguém que tenha concluído todo o conteúdo previsto para os concursos da área de controle, pode se debruçar com as especificidades que os cargos da área fiscal impõe, aumentando assim a rede de possibilidades de aprovação.

Abaixo, veja rapidamente um vídeo com a auditora Érica Porfírio. Ela responde se ainda é possível começar os estudos para o TCU e chegar competitivo na prova, que deve ocorrer em breve:

Distinções Básicas

De modo geral, uma das diferenças mais marcantes entre as áreas é o modo de cobrança de quatro disciplinas em especial: Direito Tributário, AFO (Administração Financeira e Orçamentária), Contabilidade Geral e Contabilidade Pública.

Nos concursos para a área fiscal, seja de estados, município ou até mesmo da Receita Federal, haverá uma cobrança prioritária nas disciplinas de Direito Tributário e Contabilidade Geral. Já nos concursos da área de controle, a cobrança maior vem nas disciplinas de AFO e Contabilidade Pública.

Isso se dá devido à atuação (a atividade fim do órgão). Os tribunais de conta tem atuação prioritária no controle da atividade pública (órgãos e entidades públicas, bem como empresas que recebam dinheiro público). No caso da atividade fiscal, o controle se dá em atividades privadas, particulares em essência.

Está preparado para ser um candidato que estuda em alto nível para uma das duas áreas, ou até mesmo para as duas? Faça a análise de caso do concurso TCU com o concurso da Receita Federal e confira se há essa possibilidade.

Concurso TCU

As últimas notícias indicam que o concurso TCU está muito próximo. O órgão está na fase de definição da banca, com possibilidade da escolha ser pela banca Cebraspe/Cespe.

Foram autorizadas 20 vagas para provimento imediato, apesar de o órgão possuir cerca de 185 cargos vagos. O salário inicial pago a um Auditor é de R$ 21.947,82 fora os benefícios.

Abaixo, confira quais disciplinas foram exigidas no último concurso TCU, para o cargo de Auditor Governamental:

  • língua portuguesa
  • língua inglesa
  • raciocínio analítico
  • matemática financeira
  • noções de estatística
  • controle externo
  • direito constitucional
  • direito administrativo
  • direito civil
  • direito processual civil
  • direito penal
  • auditoria governamental
  • análise de informações
  • noções de economia do setor público e da regulação
  • contabilidade geral
  • análise das demonstrações contábeis
  • contabilidade de custos
  • contabilidade pública
  • administração financeira e orçamentária
  • administração pública

Concurso Receita Federal

A Receita Federal, por outro lado, não têm expectativa, em curto prazo, de novo concurso público. Isso de deve, pois, apesar de o candidato já ter que começar a sua preparação, não há movimentação no órgão que indique edital em 2020.

Atualmente, o número de cargos vagos no órgão é de mais de 11 mil Auditores e mais de 10 mil Analistas. Só para se ter uma ideia do deficit no órgão, ao longo dos último anos, em 2017, o número de auditores da RFB era de 9.391, ou seja, 1.069 servidores a menos que em 2019 (que é de 8.322).

Um Auditor Fiscal da Receita Federal recebe, hoje, R$ 21.029,09 iniciais, sem contar os benefícios (como bônus de eficiência).

Abaixo, confira quais disciplinas foram exigidas no último concurso Receita Federal, para o cargo de Auditor Fiscal:

  • língua portuguesa
  • língua inglesa
  • raciocínio quantitativo
  • administração pública
  • administração geral
  • direito constitucional
  • direito administrativo
  • direito tributário
  • auditoria
  • contabilidade geral
  • contabilidade avançada
  • legislação tributária
  • comércio internacional e legislação aduaneira

Qual a situação de um novo concurso Receita Federal em 2021?

Em ofício obtido com exclusividade pelo Direção Concursos, a Receita Federal atualizou o número do pedido para um novo concurso Receita Federal, além de solicitar a diminuição do prazo entre o edital e as provas.

No documento, direcionado para a Gestão de Pessoas do Ministério da Economia, a RFB atualizou o pedido de novo concurso Receita Federal com um novo quantitativo de vagas.

Anteriormente, informações divulgadas indicavam que o pedido de novo concurso público seria direcionado para provimento de 2.050 vagas.

Agora, segundo ofício, pedido de concurso Receita Federal seria para provimento de 699 vagas ao todo, sendo:

  • 230 para Auditor-Fiscal; e
  • 469 para Analista-Tributário.

Além disso, ofício traz um ponto importante. No documento, Receita Federal pede para que prazo entre edital e prova seja reduzido para, no máximo, dois meses, ao invés dos quatro meses habituais.

De acordo com uma fonte interna, o concurso Receita Federal tem forte chance de ser autorizado, apesar de que o documento no início desta matéria ainda será submetido à análise.

Em contato com um membro da alta cúpula do Sindifisco Nacional, a resposta dada ao Direção Concursos foi curta, porém animadora: “Esquentando sim”.

Veja todos os detalhes aqui!

Material de estudos para a Receita Federal

Você já viu que a realização do novo concurso está caminhando a passos largos, então, para concorrer de forma justa e competitiva é necessário ter um material completo e acessível.

Por isso o Direção Concursos preparou um material de estudos completo para o novo edital da Receita Federal o conteúdo disponibilizado conta com material para os cargos de Auditor e Analista. Clique na imagem abaixo e confira:

senado e mais

Resumo e situação do concurso

  • Situação: solicitado
  • Vagas: 699 solicitadas
  • Remuneração inicial: Analista Tributário: R$ 12.142,39 (jan/2019, sem bônus); Auditor Fiscal: R$ 21.029,09 (jan/2019, sem bônus).
  • Banca: não definida
  • Escolaridade: Ensino Superior
  • Cargo: auditor fiscal federal e analista
  • Link do último edital
  • Cupom RFB30: 30%OFF até 23/4/2021

Assinatura Ilimitada

Prepare-se para a sua aprovação de maneira mais ágil, enxuta e completa com o incrível PDF 2.0: fruto da parceria entre Direção e Qconcursos, a plataforma proporciona uma nova experiência em estudos para concursos, totalmente integrada, com tecnologia avançada e que te dará a segurança de estar a cada dia mais próximo do seu sonho.

concurso mp am e mais

O Direção Concursos também preparou um grupo no Telegram com as principais notícias voltadas para a área fiscal. Clique aqui e participe!

 Concursos PúblicosConcurso Receita FederalConcurso TCUReceita FederalTCUconcurso receita federalconcurso tcureceita federaltcu
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.