Logo Direção Concursos
Pesquisa

Concursos Públicos: novo entendimento facilita reposição de cargos vagos

Concursos Públicos: novo entendimento facilita reposição de cargos vagos

A PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional) acolheu solicitação do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e reposição de quaisquer cargos vagos, independentemente de quando tenha ocorrido tal vacância, está permitida através de concursos públicos.

Antes, a interpretação da PGFN, devido à publicação da LC 173/2020, era de que apenas os cargos vagos entre os dias 28 de maio e 31 de dezembro poderiam ser providos pelos órgãos e entidades no país.

Agora, com o novo parecer, a PGFN indica que a interpretação da LC 173/2020 ser ser literal (clique e acesse), “de modo a considerar que toda e qualquer vacância de cargo efetivo ou vitalício, independente de quando tenha ocorrido”.

Previsão de muitas vagas

Muitos órgãos, sejam nacionais (como o Senado e o TCU, por exemplo), como estaduais, municipais e do Distrito Federal, os quais têm MUITOS CARGOS vagos anteriores ao período restritivo do antigo parecer (28/5 a 31/12/2020) poderão realizar concursos públicos e prover esses cargos.

Concursos Públicos: novo entendimento permite provimento

  • Parecer público. Ausência de informação pessoal protegida pela cláusula de acesso restrito. LAI – Art. 31 da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011.​
  • Ao elencar “as reposições decorrentes de vacâncias de cargos efetivos ou vitalícios” como uma das exceções à regra de vedação de admissão ou contratação de pessoal, a qualquer título, a redação do inciso IV do art. 8º da LC nº 173, de 2020, não delimitou, de modo expresso, o momento no qual essas vacâncias devem ocorrer para que possam ser preenchidas durante o período restritivo de que trata o caput também do art. 8º da LC nº 173, de 2020.
  • Por essa razão, entende-se que o mais adequado é adotar uma interpretação estritamente literal do dispositivo em questão, de modo a considerar que toda e qualquer vacância de cargo efetivo ou vitalício, independente de quando tenha ocorrido, poderá ser preenchida durante a vigência do regime restritivo de que trata o caput do art. 8º da LC nº 173, de 2020.

Concursos Públicos: oportunidades

Alguns dos maiores e mais importantes órgãos e entidades do país estão repletos de cargos vagos. Só para citar alguns exemplos, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a Receita Federal do Brasil e IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) são alguns deles.

Além dos concursos públicos citados acima, outros tantos já pediram, foram ou aguardam autorização dos seus certames, como é o caso do próprio MAPA, ICMBio, Polícia Federal e PRF.

Com o novo parecer da PGFN, esses e outras instituições poderão ter editais autorizados e preencher suas vagas, sem limitar o quantitativo ao período anteriormente delimitado.

Confira, a seguir, as principais informações desses e demais concursos.

Concursos Públicos

  • PRF: a PRF confirmou que enviou pedido para mais de 2,6 mil vagas para Policial Rodoviário Federal. O pedido foi feito à Economia e o presidente Bolsonaro já confirmou novo edital. Mais informações aqui.
  • IBGE: as seleções para temporários ficaram para 2021 devido ao surto do coronavírus. Inscrições serão reabertas e candidatos interessados terão novas oportunidades.
  • Polícia Federal: novos editais podem ser publicados ainda em 2020, mas a realização das provas podem ocorrer somente em 2021. O edital deve trazer cerca de 2 mil vagas. Saiba todos os detalhes aqui.

Mais…

  • INSS: a autarquia afirmou que novas seleções devem ser pensadas somente a partir de 2022.
  • Funai: o órgão confirmou que realizou um novo pedido para 826 vagas de nível médio e nível superior. O governo federal deseja um certame em breve. Confira!
  • Ibama: um novo pedido será enviado ao Ministério da Economia. O governo federal já confirmou o desejo de um novo edital. Veja aqui!
  • ICMBio: o governo já mostrou que deseja realizar novo certame para o órgão.
  • Incra: por meio do vice-presidente Hamilton Mourão, o governo manifestou interesse em soltar novo edital.
  • ANS: a agência vai readequar o pedido anterior para enviá-lo outra vez ao Ministério da Economia.
  • CVM: foram pedidas 115 vagas, sendo 21 para Inspetor, 25 de Analista e 29 de Agente Executivo.
  • Bacen: o órgão avalia enviar um novo pedido, uma vez que o anterior foi negado. A requisição anterior requeria 260 vagas

E mais…

  • Mapa: o ministério irá reiterar o pedido realizado no ano passado para provimento de 280 vagas
  • STN: órgão solicitou 120 vagas para Auditor Federal de Finanças, cargo de nível superior.
  • ANVISA: informações da entidade indicam que o pedido foi protocolado junto ao Ministério da Economia. A previsão é de 89 vagas, para níveis médio e superior.

Conjuntamente com os concursos públicos apresentados acima, outros tantos podem ter editais publicados em 2020/2021. É o caso dos concursos para Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs).

Festival de novidades

No dia 2 de setembro, a partir das 19h, o Direção Concursos em parceria com o QConcursos vai realizar um verdadeiro festival de novidades.

Até o dia da live, uma novidade será revelada diariamente e uma GRANDE surpresa estará guardada para o dia da transmissão ao vivo. Veja abaixo qual foi a novidade desta quinta-feira (27/8):

novidades direção concursos

Por isso, não perca! Clique na imagem abaixo, inscreva-se e acompanhe o que o Direção Concursos e o QConcursos preparou para você:

novidades direção concursos

Assinatura ilimitada

Com a Assinatura Ilimitada, você terá acesso a vários pacotes completos de cursos para concursos públicos de diversos órgãos e esferas.

Não só isso, mas você utilizará da nossa ferramenta inédita e exclusiva: o PDF 2.0. Todos os problemas que um concurseiro pode imaginar, o PDF 2.0 resolve. Ainda há a opção de pagamento recorrente!

Então, clique abaixo e confira:

assinatura ilimitada concursos públicos
notícias direção concursos
 Concursos PúblicosConcursos Públicosconcurso estadualconcurso federalConcurso Municipalconcursos estaduaisconcursos federaisconcursos municipaisconcursos públicosparecer pgfn
Maurício Miranda Sá

Maurício Miranda Sá

Jornalista no Direção Concursos e Servidor Público Federal lotado no TSE (Tribunal Federal Eleitoral), estudou Jornalismo, Rádio e TV na UFRN, Publicidade na UNP, Gerenciamento de Projetos pela ESPM e atuou como assessor de comunicação em diversos órgãos e instituições, como o Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contras as Secas), Sindifern (Sindicato dos Auditores Fiscais do RN) e, por cinco anos, foi responsável pela divisão de comunicação da empresa Temos Casa e Art Design, produtos que desenvolveu, produziu e dirigiu no Rio Grande do Norte, sendo um complexo de comunicação com programa de TV, programete de Rádio, revista e portal na internet.

Tenha acesso completo a todo o conteúdo do Direção Concursos

Acesse todas as aulas e cursos do site em um único lugar.

Utilizamos cookies para proporcionar aos nossos usuários a melhor experiência no nosso site. Você pode entender melhor sobre a utilização de cookies pelo Direção Concursos e como desativá-los em saiba mais.